• Últimas Notícias

    segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

    Militantes invadem 100 fazendas em 12 Estados

    Militantes invadem 100 fazendas em 12 Estados
    Integrantes da Frente Nacional de Luta Campo e Cidade (FNL) invadiram cem fazendas em 12 Estados, entre a madrugada de sábado, 18, e a manhã deste domingo, 19, na ação chamada “Carnaval Vermelho” pela reforma agrária. O líder da frente, José Rainha Junior, afirma ser “uma das maiores jornadas de luta em ocupações de terra no Brasil”. Segundo ele, estão mobilizados mais de 10 mil militantes.

    Os comandos locais da Polícia Militar confirmavam ocupações em São Paulo, Mato Grosso do Sul, Bahia, Alagoas, Pernambuco, Sergipe, Mato Grosso e Distrito Federal. Em outros Estados, a PM não tinha sido informada das ações. “As ocupações têm como objetivo chamar a atenção do governo para o descaso com que vem tratando a reforma agrária, que está paralisada”, informa nota distribuída pela FNL.

    Em São Paulo, ao menos 16 propriedades foram invadidas nas regiões de Itapetininga, Andradina, Araçatuba, Bauru e no Pontal do Paranapanema. Só no Pontal, foram ocupadas dez fazendas.

    O presidente da União Democrática Ruralista (UDR), Luiz Antonio Nabhan Garcia, disse que a entidade vai entrar com representação civil e criminal contra os líderes da FNL. “Invasão é crime e José Rainha já foi condenado a mais de 30 anos de prisão, no entanto, continua sua atividade criminosa.”

    Ex-dirigente do Movimento dos Sem Terra (MST), Rainha Junior foi condenado a 31 anos e cinco meses de prisão, em primeira instância, por crimes de extorsão, formação de quadrilha e estelionato. Ele espera o julgamento do recurso em liberdade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.