• Últimas Notícias

    domingo, 12 de fevereiro de 2017

    Ditadura Bolivariana: Jornalistas brasileiros são soltos na Venezuela após serem presos durante reportagem sobre Odebrecht.

    O Globo 
    Presos no sábado por autoridades venezuelanas, os jornalistas da TV Record Leandro Stoliar e Gilson Souza foram soltos na madrugada do domingo, após prestarem depoimento na sede do Serviço Bolivariano de Inteligência Nacional (Sebin), em Maracaibo. A equipe apurava uma reportagem sobre pagamento de propina pela Odebrecht a autoridades do país para a construção de uma ponte sobre o Lago Maracaibo, obra iniciada em 2005 por Hugo Chávez e nunca concluída.
    A assessoria de imprensa da emissora informou, por meio de nota, que os dois funcionários serão levados a Caracas, de onde embarcam para o Brasil e devem chegar a São Paulo nesta segunda: “A RecordTV informa que os jornalistas Leandro Stoliar e Gilson Oliveira foram liberados de madrugada e puderam dormir em um hotel, em Maracaibo , no estado de Zulia, na Venezuela. 
    A RecordTV segue acompanhando o retorno dos seus profissionais junto com as autoridades do governo brasileiro e entidades de direitos humanos venezuelanas porque policiais ainda permanecem vigiando os deslocamentos dos dois jornalistas. A previsão é que Leandro e Gilson desembarquem no Brasil, nesta segunda feira, 05:50 da manhã, pela Avianca, no Aeroporto Internacional, em Guarulhos”.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.