• Últimas Notícias

    quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

    Citado na Lava Jato, Eunício de Oliveira assume presidência do Senado e prega união

    Foto: Lúcio Bernardo Júnior/Agência Senado
    O senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) foi eleito nesta quarta-feira (1) o novo presidente do Senado com 61 votos e um discurso de conciliação. Citado nas delações premiadas do ex-senador Delcídio do Amaral e do ex-vice presidente da Odebrecht Cláudio Melo como beneficiário de propina, o parlamentar pregou união, a necessidade de resgatar a confiança da sociedade no parlamento e prometeu, na nova função, reaproximar o governo e o Congresso da sociedade.

    “Quero ser o presidente de um Senado unido, de uma Casa focada na difícil missão de acalmar as águas desse mar revolto da política brasileira a que assistimos hoje”, discursou Eunício. Ele venceu o concorrente José Medeiros (PSD-MT) que obteve apenas 10 votos. Outros 10 senadores votaram em branco. Eunício substitui Renan Calheiros (PMDB-AL) e o PMDB mantém o poder na Casa. (Congresso em Fico)

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.