• Últimas Notícias

    domingo, 12 de fevereiro de 2017

    Anderson luta com seriedade, vence Brunson e se emociona no UFC 208

    Anderson Silva Derek Brunson UFC 208 (Foto: Getty Images)
    Anderson comemora, e Derek Brunson lamenta o anúncio do resultado da luta no UFC 208 (Foto: Getty Images)
    Uma sucessão de derrotas e questionamentos sobre o seu futuro foram situações que Anderson Silva precisou aprender a lidar nos últimos dois anos. Acostumado a enfileirar adversários, Spider não vencia uma luta desde 2012. Sem o cinturão do Ultimate, passou a semana dizendo que atua por prazer e amor ao esporte que pratica desde a adolescência. 

    E, aos 41 anos de idade, fez sua habilidade e sua experiência superarem a juventude e o porte físico de Derek Brunson, dando ainda lampejos dos seus grandes momentos, por meio de chutes rodados e domínio no octógono. A vitória por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27) na co-luta principal do UFC 208, no Brooklyn, em Nova York, levou o brasileiro a quebrar um jejum de quatro anos e quatro meses e o recolocou no caminho trilhado desde o início de sua trajetória na modalidade.

    Globo Esporte

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.