• Últimas Notícias

    quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

    Vice-presidente do Flamengo é preso em nova fase da Lava-Jato no Rio

    Flávio Godinho foi preso na nova fase da Lava-Jato
    Flávio Godinho, atual vice-presidente de futebol do Flamengo, foi preso na manhã desta quinta-feira em nova fase da Operação Lava-Jato no Rio de Janeiro.

    Godinho foi, até 2013, sócio de braço-direito de Eike Batista, um dos principais alvos desta nova fase, chamada de Operação Eficiência. No ano passado, ele já havia sido levado coercitivamente para prestar depoimento na primeira fase carioca da Lava-Jato. À época, havia minimizado o fato dizendo que havia sido chamado apenas para falar de terceiros.

    A prisão dele nada tem a ver com o trabalho dele no Flamengo. Ele é acusado de ser um dos operadores do esquema das empresas de Eike, através da ocultação e lavagem de dinheiro das propinas que eram recolhidas das empreiteiras que faziam obras públicas no Rio de Janeiro.

    Ainda pela manhã, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, preferiu ainda não se posicionar sobre o caso em entrevista ao jornal O Globo. "Acabei de acordar. Ainda estou avaliando a situação para poder me posicionar oficialmente", disse.

    Mais tarde, em nota oficial, a diretoria afirmou que Bandeira de Mello acumulará a vice-presidência de futebol.

    Por ESPN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.