• Últimas Notícias

    quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

    Repercussão no exterior: Cantora Loalwa Braz, do grupo Kaoma, é encontrada morta carbonizada

    A cantora Loalwa Braz, voz do hit 'Chorando Se Foi'
    Foto via Facebook
    A morte da cantora Loalwa Braz Vieira, que teve o corpo carbonizado encontrado dentro de um carro, em Saquarema, no Rio de Janeiro, teve grande repercussão na Europa, onde ela fez muito sucesso no fim dos anos 1980. As circunstâncias do crime ainda estão sendo investigadas.

    Resultado de imagem para cantora Loalwa Braz VieiraNa França, onde ela morou por alguns anos, a versão online do jornal Le Figaro lembrou que o grupo Kaoma, do qual ela era vocalista, vendeu 700 mil cópias no país.

    Em 1989 o hit Chorando se foi se espalhou pela Europa e até hoje é considerado um dos hinos da lambada, como ficou conhecido o ritmo musical.

    A reportagem do Le Figaro lembra que o clipe da música, repetidamente transmitido pelas televisões locais, fez com que ela ficasse no Top 50 da França por 27 semanas, 12 delas na liderança. A matéria classifica a música como uma das mais populares de todos os tempos.

    O site da BBC diz que Chorando se Foi, com sua batida cativante e letra sensual, continua a inspirar músicos até hoje.

    A rede britânica lembra que a cantora pop americana Jennifer Lopez usou a melodia no sucesso On The Floor, de 2010. O grupo britânico Spice Girls mencionou a lambada pelo nome em seu single Up Your Lifede 1998.

    O grupo eletrônico britânico Clean Bandit também citou a música como inspiração. “Foi muito inspirador para nós. Tem uma mistura de euforia, mas também melancolia e beleza, que tentamos recriar.”
    De acordo com o ‘Guinness Book’, graças a Chorando se foi, a voz de Loalwa foi uma das 20 mais escutadas no mundo. Foram mais de 30 milhões de discos vendidos. Com informações Veja

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.