• Últimas Notícias

    sábado, 29 de outubro de 2016

    Homem é executado com vários tiros próximo a feira livre em Santo Antônio

    Um homem foi morto a tiros na manhã desse sábado na cidade de Santo Antonio, na região agreste do RN. Segundo informes policiais, o fato aconteceu nas proximidades da feira do gado, quando dois homens em uma moto chagaram próximo a vítima e efetuaram vários tiros. A vítima veio a óbito no local.

    Ainda segundo a Polícia, a vítima foi identificada pelo nome de Luís Honório Maia, vulgo Lula, que residia no Sítio Cajazeira, município de Santo Antonio. 

    Após o homicídio os suspeitos fugiram do local com destino ignorado, um veículo HB20 foi visto por testemunhas dando cobertura a fuga dos acusados.

    O caso será investigado pela Polícia Civil


    Natal lidera ranking de capital mais violenta do Brasil

    Natal é a capital mais violenta do país, segundo dados, no ano passado, houveram 78,4 assassinatos por 100 mil habitantes — um crescimento de 97% em relação a 2014, quando ocorreram 39,8 mortes/100 mil habitantes. Esse foi o maior aumento entre capitais de 2014 para 2015. A elevação fez com que o município pulasse da 13ª posição no ranking em 2014 para a liderança em 2015. 

    Fora de controle: Quadrilhas explodem caixas em duas cidades do RN; base e carro da PM são metralhados

    Em Montanhas, alvo foi um terminal do Bradesco. Já em Tibau do Sul, além de explodirem o caixa do Banco do Brasil, os criminosos ainda metralham a base e um carro da PM (Foto: PM/Divulgação)
    Em Montanhas, alvo foi um terminal do Bradesco. Já em Tibau do Sul, além de explodirem
     o caixa do Banco do Brasil, os criminosos ainda metralham a base e um carro da PM
    Quadrilhas especializadas em arrombamentos de terminais bancários voltaram a agir na madrugada deste sábado (29) e causaram pânico a moradores de duas cidades no interior do Rio Grande do Norte. Por volta das 2h45, o alvo foi um caixa eletrônico do Bradesco na cidade de Montanhas, que fica a 90 quilômetros de Natal. Menos de uma hora depois, foi a vez de o caixa eletrônico do Banco do Brasil de Tibal do Sul, a pouco mais de 70 quilômetros da capital potiguar, também ir pelos ares. Lá, os criminosos ainda cercaram a base da Polícia Militar e metralharam o prédio e um carro da corporação. Ninguém ficou ferido.

    Por causa da distância entre as cidades, a PM não acredita que os ataques às duas agências tenham sido feitos por uma mesma quadrilha. “De Montanhas para Tibau do Sul dá uns 60 quilômetros. Pode até ser que um bando tenha se dividido, mas eu não acredito nessa possibilidade”, ressaltou o tenente Daniel Costa, comandante do policiamento militar em Tibau do Sul.

    Na primeira explosão, em Montanhas, a PM ressaltou que são poucas as informações sobre como aconteceu o crime. Há apenas relatos de que os criminosos teriam usado dois carros na fuga.

    Já em Tibau do Sul, a quadrilha abandonou um Ford EcoSport na saída da cidade. Os criminosos ainda jogaram grampos metálicos para dificultar qualquer possibilidade de perseguição. "No momento da explosão, parte do bando foi para a frente do destacamento da PM e começou a atirar no prédio e na viatura. Foram mais de 40 disparos. O objetivo foi evitar que os policiais que estavam na base saíssem”, explicou o tenente Daniel.

    Nos dois casos, não há confirmação sobre os valores que tenham sido saqueados. A PM ainda fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.

    Com informações do Portal G1/RN

    App no celular poderá dar desconto de até 40% em multas de trânsito

    O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) lançará na próxima terça-feira (1º) um aplicativo para smartphones que dará desconto de até 40% em multas de trânsito para os usuários.

    Quem instalar o app e se cadastrar fará parte do novo Sistema de Notificação Eletrônica (SNE) de multas, regulamentado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em setembro.

    Para que o benefício funcione, é preciso que os órgãos de trânsito passem a fazer notificações eletrônicas.

    Não existe um prazo para cada estado ou município adotar o sistema.

    Com recurso, não há desconto

    Segundo o governo, a modernização tem como objetivo agilizar o processo de notificação, que atualmente é feito por meio de cartas. Caso opte pelo sistema eletrônico, o cidadão não receberá mais a carta de notificação da infração e nem a multa pelos Correios.


    O desconto, porém, só será possível se o motorista não apresentar defesa prévia, nem recurso, reconhecendo o cometimento da infração. O abatimento de 40% vale em qualquer fase do processo, com pagamento até a data de vencimento, assim como ocorre atualmente, mas com desconto de apenas 20%.

    Com o novo valor de punições, que entra em vigor também em 1º de novembro, uma infração média poderá custar apenas R$ 78,10, em vez de R$ 130,16 do valor “cheio”.

    Já uma infração grave, que subirá para R$ 195,23, custará R$ 117,14 com o desconto de 40%, enquanto a gravíssima ficará em R$ 176,08, em vez de R$ 293,47.

    O app estará disponível para os sistemas operacionais Android e iOS e poderá ser baixado na Google Play e na Apple Store.

    Por Globo Auto Esporte

    Prepare o bolso: Conta de luz terá acréscimo em novembro

    Resultado de imagem para papel da conta de luz cosernA bandeira tarifária que será aplicada nas contas de luz no mês de novembro será a amarela, com custo de R$ 1,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A medida se deve às condições hidrológicas menos favoráveis, o que determinou o acionamento de usinas termelétricas, mais caras.

    Desde abril deste ano, a bandeira tarifária estava verde, ou seja, não havia custo extra para os consumidores. No ano passado, todos os meses tiveram bandeira vermelha, primeiramente com cobrança adicional de R$ 4,5 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos e, depois, com a bandeira vermelha patamar 1, que significa acréscimo de R$ 3 a cada 100 kWh.

    A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia elétrica em função das condições de geração de eletricidade. 

    Pessoas físicas podem financiar construção no Minha Casa até dezembro de 2017

    Pessoas físicas poderão financiar construção de unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida até 2017. A Portaria 539/2016, publicada ontem, sexta(28) no Diário Oficial da União, estabelece regras de transição para financiamento de construção de unidades habitacionais para pessoas físicas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

    Até 31 de dezembro de 2017, os empreendimentos que apresentarem alvará de construção concedido até 31 de dezembro deste ano e tenham sido vistoriados ao menos uma vez pelo agente financeiro, poderão fazer contratação individual no Minha Casa, Minha Vida.

    O ministro das Cidades, Bruno Araújo, informou, por meio de nota, que a medida atende às diversas manifestações realizadas no Brasil, especialmente de pequenos construtores, que alegaram preocupação com as regras estabelecidas pelo governo anterior.

    "Nosso objetivo é garantir segurança jurídica para aqueles que já fizeram investimentos contando com o apoio da União. Queremos tranquilizar o setor na construção de unidades habitacionais à população, preservando a geração de empregos", disse.

    O prazo também foi estendido para a venda de unidades habitacionais do programa. Para aqueles que já possuem "habite-se" ou documento equivalente concedido pelo órgão municipal competente, a aquisição deverá ocorrer no prazo máximo de 180 dias, contados a partir da expedição do "habite-se", dispensando a vistoria preliminar do agente financeiro do FGTS. 

    Por Agência Brasil

    Edilson Junior recebe troféu como prefeito eleito mais jovem do RN em evento da Record News

    Durante evento promovido pela Record News no bar e restaurante potiguares em Natal na noite desta Quinta-Feira (27) onde foi realizado um jantar de confraternização entre os prefeitos eleitos no pleito de 2016 no Rio Grande do Norte.


    O prefeito eleito de Sítio Novo, RN Edilson Junior recebeu o troféu como o prefeito eleito mais jovem do Rio Grande do Norte.

    Por Sítio Novo em Foco