• Últimas Notícias

    segunda-feira, 10 de outubro de 2016

    Eleições 2016: Chapa ‘contaminada’ em Portalegre

    O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, em decisão proferida hoje, cassou o registro do vice-prefeito eleito de Portalegre, Ecinar, que integra a chapa vencedora com o prefeito eleito Neto Freitas (PP). No entanto, como a cassação do vice contamina toda chapa, o prefeito eleito, portanto, está com o registro indeferido.

    Ele poderá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral.

    No TRE, na decisão desta tarde, prevaleceu o entendimento de que Ecinar era ficha suja, já que figura na lista do Tribunal de Contas do Estado, por suposta irregularidade em processo licitatório quando foi presidente da Câmara de Portalegre.

    A votação de hoje do TRE foi 4 a 1, o voto vencido foi do juiz Wlademir Capistrano.

    Por Política em Foco

    Depois de incêndios e explosões a Samsung joga a toalha: “desligue seu Galaxy Note 7 agora”

    Usuário mostra aparelho Samsung Galaxy 7 que pegou fogo enquanto a bateria era recarregadaEm mais um capítulo negativo do problemático histórico do smartphone Galaxy Note 7, a Samsung, fabricante do aparelho, orientou seus consumidores a desligar o celular imediatamente. Após uma série de casos de combustão espontânea de smartphones Galaxy Note 7 enquanto eles eram recarregados, a Samsung anunciou um recall para substituir os aparelhos – mas casos de incêndios e explosões também foram registrados entre os novos celulares.

    “Como a segurança dos consumidores continua sendo nossa maior prioridade, a Samsung vai solicitar em escala global a todos os revendedores e parceiros varejistas que interrompam as vendas e substituições do Galaxy Note 7 enquanto as investigações estiverem em andamento”, disse a empresa, em nota. “Consumidores com um Galaxy Note 7 original ou substituto devem desligar o aparelho e interromper seu uso.” Orientação semelhante foi dada pela Comissão de Segurança de Produtos de Consumo (CPSC, na sigla em inglês).

    Mais cedo, também nesta segunda-feira, a companhia coreana já havia informado que faria um “ajuste nos volumes de produção” do aparelho. No fim do dia, no entanto, surgiu o comunicado mais enfático, que orienta a interrupção do uso.

    Em setembro, a Samsung anunciou o recall de 2,5 milhões de aparelhos. Houve registros de casos de incêndios nos aparelhos inclusive dentro de aviões, como os ocorridos na Índia e nos Estados Unidos.

    As imagens de telefones carbonizados inundaram as redes sociais de todo o mundo nas últimas semanas, um dano grave na imagem de uma marca que se vangloria de ser o campeão da inovação e da qualidade. Analistas calculam que o custo do recall oscila entre 1 e 2 bilhões de dólares.

    Por Veja

    Governador trata da federalização de hospitais com presidente da EBSERH

    O governador Robinson Faria (PSD) se reuniu na tarde desta segunda-feira (10), com o presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), Kleber de Melo Morais, em Brasília.

    O objetivo do encontro foi tratar do processo de federalização dos hospitais regionais de Caicó, Currais Novos e Santa Cruz, que passariam a funcionar nos moldes do Hospital Universitário Onofre Lopes, referência nacional.

    Nos três hospitais, já funcionam residências médicas. Do encontro, ainda participaram a subsecretaria estadual de Saúde Pública, Ederlinda Dias, e a reitora da UFRN, professora Ângela Paiva. 

    Marinha oferece 450 vagas de nível superior; remuneração é de R$ 8 mil iniciais

    Resultado de imagem para Marinha oferece 450 vagas de nível superior; remuneração é de R$ 8 mil iniciaisA Marinha do Brasil lançou editais do processo seletivo para Oficiais Temporários de 2ª Classe da Reserva da Marinha (RM2), para ambos os sexos, totalizando 450 vagas de ensino superior em diversas áreas, tais como Saúde, Humanas e Exatas.

    As inscrições estarão abertas entre os dias 13 de outubro e 11 de novembro.

    Os interessados devem ter mais de 18 anos e menos de 45 em 2017. As 450 oportunidades estão distribuídas pelos nove Distritos Navais, sendo a maior parte para o 1º Distrito Naval, com 273 vagas, abrangendo RJ, ES e parte de MG.
    Os oficiais temporários vão servir em um dos estados englobados pelo Distrito Naval escolhido e o contrato é renovado a cada ano, podendo chegar até oito anos.

    Os interessados devem acessar o site www.ingressonamarinha.mar.mil.br, clicar em “Serviço Militar Voluntário”, escolher o Distrito Naval para o qual desejam concorrer e acessar o link de inscrição. A taxa é de R$ 55,00. Os candidatos farão uma prova com 50 questões objetivas divididas em Língua Portuguesa (25) e Formação Militar-Naval (25). 

    Para os médicos, serão 25 questões de Português e 25 de Conhecimentos Profissionais. A prova para todos os candidatos está prevista para 08 de janeiro.

    Câmara aprova em 1º turno PEC que define teto de gastos públicos nos próximos 20 anos

    Projeto do governo teve 366 votos favoráveis e 111 contrários à proposta | Foto: Luis Macedo / Agência Câmara / CP
    Projeto do governo teve 366 votos favoráveis e 111 contrários à proposta 
     Foto: Luis Macedo / Agência Câmara / CP
    A Câmara dos Deputados aprovou, em primeiro turno na noite desta segunda-feira, o projeto que instaura um teto de gastos para os próximos 20 anos na administração pública. A PEC 241 foi aprovada com 366 votos favoráveis, 111 contrários e duas abstenções. A proposta ainda terá de ser votada em 2º turno na Câmara, antes de ser encaminhada ao Senado.

    Após a aprovação, muitos deputados e parte das galerias comemoraram, entre gritos de "fora PT, fora PT". Outro grupo, nas galerias, vaiou e fez um forte coro de "golpistas, fascistas, não passarão".

    A PEC 241 propõe limitar pelos próximos 20 anos o aumento dos gastos públicos de um ano à inflação do ano anterior. A medida é defendida pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e foi anunciada por ele ainda no primeiro dia do governo interino, em maio. O argumento do governo é de que a medida aumentará a credibilidade para investimentos do país e evitará o aumentos de impostos. A oposição salienta o impacto que a decisão poderá ter nos investimentos básicos à população, principalmente em saúde e educação.

    Os deputados começam agora a analisar os destaques apresentados ao texto pelos partidos. O primeiro deles, do PT, pretende aprovar emenda da deputada Erika Kokay (PT-DF) para incluir no texto limite ao pagamento de despesas com a dívida pública e para excluir do teto de gastos as despesas com saúde, assistência social, educação, ciência e tecnologia, segurança pública, saneamento e outras.

    Agência Câmara

    Facebook cumpre decisão judicial e garante que não será bloqueado

    Resultado de imagem para Em nota divulgada à imprensa, o Facebook confirmou que não será bloqueado no Brasil por 24 horas
    Em nota divulgada à imprensa, o Facebook confirmou que não será bloqueado no Brasil por 24 horas, como havia decretado um juiz eleitoral de Santa Catarina. A Justiça pediu que a rede social tirasse uma página do ar e, segundo a assessoria da empresa, a ordem foi cumprida “integralmente”.

    “O Facebook tem profundo respeito pelas decisões da justiça brasileira e cumpriu a ordem judicial dentro do prazo estabelecido”, disse o Facebook em nota. A assessoria, procurada pelo Olhar Digital, acrescentou ainda que o cumprimento da decisão já foi protocolado e encaminhado ao juiz do caso.

    De acordo com Renato Roberge, juiz eleitoral de Joinville (SC), o Facebook teria se recusado a tirar do ar um perfil falso que tirava sarro de um candidato à prefeitura, Udo Döhler (PMDB). A Justiça também exigiu que a rede social revelasse o IP do administrador do perfil “Hudo Caduco” e que oferecesse direito de resposta ao político ofendido.

    Com informações do Olhar Digital

    Governo federal demite 6 mil servidores públicos, a maioria por corrupção

    O governo federal expulsou aproximadamente 6 mil agentes públicos por envolvimento em atividades contrárias à Lei nº 8.112/1990 (Regime Jurídico dos Servidores). O dado consta do último levantamento realizado pelo Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU), divulgado nesta segunda-feira (10).

    O relatório registra que, de 2003 a setembro de 2016, já foram aplicadas 5.043 demissões; 467 cassações de aposentadorias; e 532 destituições de ocupantes de cargos em comissão. Os dados não incluem empregados de estatais como a Caixa Econômica Federal, dos Correios e da Petrobras. 

    Segundo o ministério, o principal fundamento das expulsões foi a comprovação da prática de atos relacionados à corrupção, com 4.013 das penalidades aplicadas ou 65,4% do total.

    Não ao preconceito: Para preservar a cultura e o esporte do nordestino, digo sim a vaquejada!

    vaqueiro

    Com fome, três mil venezuelanos invadem o Brasil

    Mais de 3 mil venezuelanos já atravessaram a pé a fronteira com o Brasil e entraram em Roraima, na região de Pacaraima. O lugar conta com uma pequena favela.

    O principal motivo para migração, é a crise humanitária que está instalada no país latino americano. Segundo o jornal O Dia, o perfil é composto por jovens, adultos e até famílias com crianças.


    Os grupos chegam em número maior a cada dia e utilizam a BR-174, que corta o Estado até o Norte, na fronteira. Eles usam a cidade venezuelana Santa Helena de base.

    Do Blog. Esse era o modelo Bolivariano que queriam implantar no Brasil. 

    Clientes enfrentam longas filas pós-greve nos bancos em Santa Cruz

    Crédito da Foto por Édipo Natan
    As agências Bancárias de Santa Cruz amanheceram lotadas, nessa segunda-feira (10). Eram os clientes que esperaram durante mais de 30 dias o fim da greve da categoria para resolver várias pendências nos bancos. 

    Os clientes e correntistas da Caixa prejudicados pela greve de 31 dias dos bancários ganharam tempo extra para acertar as contas com o banco. As agências da instituição financeira abriram uma hora mais cedo hoje (10) e amanhã, terça-feira (11) para agilizar o atendimento.

    Muitos dos clientes são oriundos de municípios vizinhos, afetados pelo funcionamento parcial dos Correios e caixas de autoatendimento explodidos em ações criminosas.

    O Paralelo

    3º BPM prende suspeitos de assaltos e tráfico de drogas na Grande Natal

    Policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar (3ºBPM) prenderam na noite do último sábado (8) dois homens após praticarem um roubo a uma residência no bairro de Santos Reis, em Parnamirim.

    A PM patrulhava o local quando visualizaram João Vitor Silva dos Santos e Walter Silva do Nascimento Júnior, ambos de 18 anos, em atitude suspeita. Ao serem abordados, foi encontrado com eles uma certa quantia em dinheiro, dois aparelhos celulares e um simulacro de pistola. A dupla, que na tentativa de fuga utilizou o veículo da própria vítima pra deixar a residência com diversos materiais eletrônicos, acabou detida e conduzida à Polícia Civil.

    Em Nísia Floresta, o 3º BPM em ação conjunta com o Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) prendeu um homem suspeito de comandar o tráfico de drogas na cidade. Jelson Luiz do Nascimento, mais conhecido por "Gerson", foi detido na sua própria residência de posse de dinheiro fracionado, entorpecentes, embalagens, um caderno de contabilidade do tráfico e um revólver calibre 32 com a numeração raspada. "Gerson" que também é suspeito de envolvimento em outros crimes, foi conduzido à Polícia Civil de Nísia Floresta para os procedimentos cabíveis.

    Em crise, governo do estado emite nota à população norte-rio-grandense

    As finanças do Estado são compostas pela arrecadação própria e por repasses do Governo Federal. De janeiro de 2015 a setembro de 2016 o Rio Grande do Norte já deixou de receber R$ 980 milhões previstos nos orçamentos para os dois anos. Somente em transferências federais, a frustração chega a R$ 691 milhões em relação à previsão orçamentária. Além disso, as receitas dos royalties do petróleo apresentaram redução em mais de 61% em comparação a 2014.

    Destes recursos, o Governo do Estado repassa obrigatoriamente, todos os meses, o dinheiro para a manutenção dos poderes Legislativo, Judiciário, do Ministério Público e do Tribunal de Contas. No mês de setembro, esse valor somou R$ 126,5 milhões.

    O Executivo age em diversas frentes para contornar a situação: renegocia contratos, reduz drasticamente despesas de custeio, realizou auditoria na folha e censo do servidor corrigindo possíveis distorções e trabalha com uma máquina mais enxuta e mais eficiente. Encaminhou projeto à Assembleia para vender ativos imóveis do Estado e tem realizado ações para crescer a arrecadação estadual.

    O governador Robinson Faria está coordenando as negociações com o Governo Federal para garantir compensações financeiras diante das perdas milionárias que prejudicam pelo menos 20 dos 26 estados da federação. A expectativa é que o RN receba recursos federais para reequilibrar as finanças.

    Apesar dos esforços na redução de despesas em todas as áreas e de um controle mais rigoroso na aplicação dos recursos, a crise ainda impede o pagamento em dia dos compromissos com os servidores.

    O RN tem hoje 103.866 servidores entre ativos, inativos e pensionistas, que geram uma folha salarial em torno de R$ 420 milhões. Os cargos comissionados representam apenas 0.5% dessa folha, o segundo menor percentual do país.

    Para garantir a total transparência, foram instituídas, pela primeira vez, reuniões periódicas com um fórum de servidores para, junto deles, deliberar sobre o calendário de pagamento.

    O atraso na folha do servidor não é uma escolha do Governo. A prioridade do governador Robinson Faria é honrar o compromisso com o servidor. Para isso, não tem medido esforços para diminuir os impactos negativos da crise que afeta os estados ao mesmo tempo em que busca caminhos para amenizar, de maneira mais rápida, essa grave situação.

    É importante que a população acompanhe de perto as finanças e as ações que estão sendo conduzidas. Com determinação, transparência e o apoio do povo potiguar sairemos desta situação fortalecidos e prontos para retomar o crescimento do Rio Grande do Norte.

    Governo do Estado do RN