• Últimas Notícias

    segunda-feira, 19 de setembro de 2016

    Homem foge da morte, invade altar de igreja em Almino Afonso e provoca correria e desespero nos fiéis

    00000
    Um homem perseguido por pistoleiros invadiu uma igreja no município de Almino e causou correria e desespero dos fieis que assistiam a missa do padroeiro Sagrado Coração de Jesus.

    A perseguição a vítima começou na área externa. O homem conhecido apenas como Didi se refugiou dentro da igreja para não levar mais tiros. Ele correu para o local e pediu socorro ao padre.
    A missa estava sendo transmitida ao vivo pelo Facelive e gravou a correria das pessoas que estavam dentro da igreja no momento da distribuição da hóstia sagrada. Na correria adulto e crianças se machucaram. JORNAL DE FATO / MOSSORÓ

    Islândia vai pagar U$ 5mil por mês para quem casar com uma islandesa?

    Falta de homens teria feito o Governo oferecer um salário mensal para imigrantes do sexo masculino! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)
    Será verdade que o Governo da Islândia vai dar um benefício mensal para imigrantes que se casarem com as mulheres daquele país? 

    A notícia ganhou força na internet aqui no Brasil no final da primeira quinzena de setembro de 2016 e mostra a decisão do governo islandês que, preocupado com a escassez de homens no país, teria pedido para que pessoas do sexo masculino de outros países se ofereçam para se casar com as belas islandesas.

    A manchete ainda diz que a Islândia irá pagar um salário mensal de U$ 5mil, cerca de 15 mil reais para os noivos que aceitarem esse “desafio”.

    Desmentido oficial  
    O boato foi tão grande que a Embaixada da Dinamarca no Egito (que trata de assuntos relacionados à Islândia) fez uma postagem em sua página do Facebook desmentindo essa história toda:
    iceland-ad

    Fonte http://www.e-farsas.com/

    Ministra Rosa Weber nega mais duas ações contra fatiamento do impeachment

    A Ministra Rosa Maria Weber (Foto:  Ailton de Freitas / Agência O Globo)
    A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou mais duas ações que questionavam o fatiamento do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Com isso, ela continua autorizada a ocupar outros cargos na administração pública. A íntegra das decisões não foi divulgada ainda pelo STF. Nos dias 8 e 9 de setembro, Rosa Weber já tinha negado outras 12 ações que pediam a mesma coisa.

    Das duas últimas ações negadas pela ministra, uma foi protocolada em 12 de setembro por Nilton Masi Caccáos Junior e Raphael Antonio Garrigoz Panichi, integrantes do Conselho do Movimento Avança Brasil Maçons.BR. A outra foi apresentada em 14 de setembro pelo senador Magno Malta (PR-ES). No primeiro caso, a ministra não deu seguimento à ação. No segundo, negou o pedido de liminar, não havendo prazo para o julgamento definitivo da causa.

    Em 31 de agosto, o Senado separou a votação do impeachment em duas. Na primeira, cassou o mandato de Dilma, mas na segunda, a ex-presidente saiu vitoriosa e manteve o direito de ocupar outros cargos na administração pública e disputar novas eleições. O fatiamento teve aval do ministro Ricardo Lewandowski que, na época, era presidente do STF e do julgamento do impeachment.

    André de Souza, O Globo

    Campanha de Multivacinação em todo o RN começa hoje (19)

    Começa hoje em todo o país e vai até o dia 30 a campanha de multivacinação. Crianças e adolescentes com idades entre 6 meses e 14 anos poderão atualizar os calendários básicos de vacinação da criança e do adolescente. As vacinas de rotina do adulto também permanecem à disposição nos postos da Secretaria Municipal de Saúde, para os adultos que quiserem aproveitar para atualizar seus esquemas vacinais.


    Para crianças com menos de 5 anos estarão disponíveis as vacinas BCG, Hepatite B, Pentavalente, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Tríplice Viral, Varicela, DTP infantil, Poliomielite e Hepatite A, entre outras.

    38 veículos são roubados e furtados em 24 horas na grande Natal

    Policiais civis das delegacias de plantão zona Norte e zona Sul, registraram neste sábado (17), 38 casos de roubo e furto de veículos em Natal e grande Natal. As vítimas procuraram a polícia para prestar queixa; nenhum suspeito foi preso.

    Ainda segundo a polícia a maioria dos veículos roubados e furtados é usada para a prática de outros crimes, como assaltos e assassinatos. Após os registros a Polícia Militar realizou diligências, mas nenhum suspeito foi preso. (Portal BO)

    Mulher invade casa, ataca casal e bebê com ácido, tenta fugir, mas é presa

    Um homem de 38 anos, uma mulher de 25 e um bebê de dois meses foram atacados com ácido dentro de casa no bairro de Paripe, em Salvador, na manhã deste sábado (17). A mulher suspeita de cometer o crime foi presa e encaminhada para a Central de Flagrantes.
    Segundo informações da Central de Polícias, as vítimas deram entrada no Hospital do Subúrbio por volta das 8h30, logo após o ataque. A residência onde o caso ocorreu fica localizada na Avenida Afrânio Peixoto.
    A suspeita, de prenome Patrícia, teria invadido a casa e jogado o ácido contra o casal, que estava com o bebê no colo, segundo informações passadas por testemunhas à 19ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). Ainda não há informações sobre a motivação do ataque.
    O homem e a mulher feridos foram identificado como Fábio Santos Silva e Adriana Pereira Borges, que é companheira de Fábio.  A polícia não soube informar se o bebê é filho do casal. Também não há informações sobre o estado de saúde dos três.
    Após o ataque, segundo a Polícia Militar, a suspeita tentou fugir, mas foi detida por familiares das vítimas e, em seguida, presa por policiais militares. O caso será investigado pela 5ª Delegacia de Periperi.

    Por G1 

    Rio Grande do Norte é o segundo estado brasileiro na lista de óbitos por Chikungunya

    O ParaleloO Ministério da Saúde revelou que o Brasil registrou 91 mortes por chikungunya desde o início de 2016. Isso representa um aumento de 1.417% em relação ao ano passado, quando foram registrados somente seis óbitos, disse o ministério em seu boletim epidemiológico.
    As mortes devido à infecção, transmitidas pelos mosquitos que também difundem o vírus da dengue e zika, ocorreram em nove estados, mas a incidência maior foi em Pernambuco (46) e Rio Grande do Norte (19). Os demais são Paraíba (7), Ceará (6), Rio de Janeiro (4), Bahia (4), Alagoas (2), Maranhão (2) e São Paulo (1).
    O número de infecções causadas pelo vírus chikungunya também aumentou 463% entre janeiro e agosto deste ano, comparando com o mesmo período de 2015 (de 38.332 para 216.102 casos).
    De acordo com as autoridades, a maior parte das mortes ocorreu em fevereiro e março, período de maior proliferação do mosquisto Aedes aegypti. Os sintomas da infecção causada pelo chikungunya, que aparecem normalmente após um período de incubação de três a sete dias, são febre, dores nas articulações, dor de cabeça e erupções cutâneas.


    *Por Brasil 247