• Últimas Notícias

    sábado, 3 de setembro de 2016

    Ação pró-Dilma avisada a Lewandowsiki 9 dias antes

    Por Josias de Souza
    No último dia 22 de agosto, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, abriu uma fenda na agenda para encaixar uma visita. Recebeu em seu gabinete a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Autorizada pela amiga Dilma Rousseff, Kátia foi conversar sobre a sessão de julgamento do impeachment, que ocorreria dali a nove dias, na manhã do dia 31.

    Ex-ministra da Agricultura de Dilma, a senadora informou a Lewandowski que apresentaria um requerimento inusitado aos 45 minutos do segundo tempo do julgamento do impeachment. Queria votar separadamente a deposição de Dilma e a punição que poderia bani-la da vida pública por oito anos. Confirmando-se o afastamento da presidente, Kátia tinha a esperança de livrá-la do castigo adicional.

    A senadora foi à presença de Lewandowski acompanhada de João Costa Ribeiro Filho, um personagem cujo anonimato não faz jus ao protagonismo que desempenhou no enredo que produziu mais uma jabuticaba brasileira: o impeachment de coalizão, no qual o PMDB, partido do “golpista” Michel Temer, juntou-se ao PT para suavizar a punição imposta à “golpeada” Dilma, preservando-lhe o direito de ocupar funções públicas mesmo depois de deposta.

    Ministério das Cidades vai recorrer de suspensão da Lei do Farol Baixo

    farol baixo
    O Ministério das Cidades vai entrar com pedido de suspensão da liminar que torna sem efeito a Lei do Farol Baixo (Lei 13.290).  A Advocacia-Geral da União foi notificada ontem (2) do teor da decisão, proferida pela Justiça Federal no Distrito Federal, que determinou a suspensão da aplicação de multas referentes à lei.

    A Lei do Farol Baixo obrigava condutores de todo o país a acender o farol do veículo durante o dia em rodovias. Na decisão, o juiz Renato Borelli, da 20ª Vara Federal em Brasília, entendeu que os condutores não podem ser punidos pela falta de sinalização sobre a localização exata das rodovias.


    A consultoria jurídica do Ministério das Cidades, juntamente com a Procuradoria Regional da União-1ª Região, promete apresentar na próxima semana ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região pedido de suspensão de liminar, para que a lei volte a vigorar. O entendimento dos dois órgãos é de que a liminar não leva em consideração o bem coletivo e a segurança no trânsito.

    Agência Brasil

    Detran irá realizar nesse mês de setembro testes de direção no interior do RN

    O Detran/RN pretende realizar 3.000 exames práticos de direção veicular durante este mês de setembro no interior do Estado. O cronograma com as cidades que vão receber as equipes de examinadores contempla 26 municípios polos, além de outros situados em suas proximidades.
    Os examinadores iniciaram a bateria de testes pela cidade de Caicó, que vem tendo seus candidatos a motoristas avaliados desde a quinta-feira, 1º de setembro. O cronograma segue com aplicação de exames práticos nas cidades de Goianinha, no próximo dia 05. Já as cidades de Santa Cruz e Jardim do Seridó receberão as equipes no dia 06.

    Quatro jovens morrem em disputa de racha entre motos na zona rural de Carnaubais

    Fotos via redes sociais
    Segundo informações que circula na mídia local, um acidente envolvendo três motos aconteceu no final da noite de sexta-feira, 02, nas proximidades do sitio Casinhas, zona rural de Carnaubais, fato esse que terminou com cinco vítimas das quais quatro mortes foram confirmadas. 

    fotos via redes sociais
    Ambulâncias das cidades vizinhas participaram do socorro as vítimas, onde constatou-se que duas das vítimas já estavam em óbito, outras três vítimas foram socorridas, mas duas já deram entrada no hospital sem vida.

    As vítimas fatais foram identificadas como sendo; 
    José Adailton da Silva júnior, 25 anos, 
    Alexandro Santana da Silva, 19 anos, além dos irmãos; Márcio Antônio Fernandes Vieira, 21 anos e Mônica Adriana Fernandes. Uma quinta vítima foi socorrida em estado grave.

    Três jovens são executados com tiros de 12 e pistola em Afonso Bezerra/RN

    No final da noite de ontem, 02 de setembro, três pessoas foram mortas a bala no centro comercial de Afonso Bezerra, região Central do Rio Grande do Norte. 

    De acordo com as informações os três amigos se encontravam bebendo em frente ao mercado público do município e foram surpreendidos por criminosos encapuzados que chegaram em um veículo tipo Vectra de cor branca. 

    Eles ordenaram que os três se deitassem no chão, mandaram que as demais pessoas presentes deixassem o local e abriram fogo contra os rapazes. 

    Testemunhas relatam que foram efetuados mais de 15 disparos. 

    As vítimas que foram identificados como Marcus Emílio Paiva Henson de 20 anos de idade, João Batista Oliveira Neto de 28, e Agenor Neto foram baleados e morreram no local. Não se tem informações sobre a motivação da ação criminosa e nem quem são os suspeitos. 

    A Polícia Militar isolou o local de crime até a chegada do até a chegada do Instituto Técnico-Científico de Perícia, para os procedimentos. 

    As informações do Diário de Afonso Bezerra 

    Casal é preso após tentar fazer empréstimo com documentos falsos em Monte Alegre

    Um casal identificado como José Wilson Holanda Cavalcante, de 54 anos e Eliane Nascimento de Almeida, de 29 foi preso após tentar realizar um empréstimo em uma agência bancária usando documentação falsa. A ação criminosa foi notada por funcionários do Banco que acionaram a polícia e cercaram o local.
    De acordo com o chefe de investigação da delgacia da cidade, Maykson Cardoso os suspeitos já tinham providenciado todos os documentos necessários e já estavam prontos para receber o dinheiro."Recebemos a informação por parte do gerente do banco e ficamos de campana aguardando a chegada dos dois. Quando eles entraram nós também fomos até a agência e demos voz de prisão", disse.
    O policial ainda informou que José Wilson responde processo por ter praticado há alguns meses o mesmo crime. Ambos foram autuados por estelionato.
    Portal BO

    Duque relata à Lava Jato reuniões com Lula para discutir propina

    Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, declarou ter se reunido com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula, a fim de debater divisão de propina em contratos da petrolífera. A informação foi revelada em reportagem do Valor Pro, do jornal Valor Econômico.

    Segundo o depoimento de Duque, indicado pelo PT ao cargo da companhia, essas reuniões ocorreram na sede do instituto, no bairro do Ipiranga, em São Paulo. Ele está em negociações avançadas de um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF) em Curitiba e disse ter como provar o que relata.

    De acordo com a reportagem, o ex-executivo “já prestou informações escritas aos investigadores por meio de anexos elaborados por seus advogados” e o “material é considerado relevante”. Os procuradores da força-tarefa devem receber outros papéis com novas informações a partir de 8 de setembro.

    Por Veja

    Secretaria divulga plano de operações para passagem da Tocha Paralímpica no RN

    Resultado de imagem para tocha paralímpica
    A Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) divulgou ontem, sexta-feira (02) o plano de operações a ser executado pela pasta durante a passagem da Tocha Paralímpica no RN.

    A ação tem por objetivo garantir a segurança do público que irá participar diretamente do evento, bem como, àquele que irá prestigiar a ação, destaca nota distribuída pela assessoria de comunicação da Sesed, na capital do estado.

    A operação está sendo desenvolvida a partir das 6h deste sábado (03), com a chegada da Tocha Paralímpica no Aeroporto Internacional Governador Aluizio Alves, em São Gonçalo do Amarante, até às 6h do domingo (04) quando será embarcada, no mesmo aeroporto, para outro destino.

    Estão previstas visitação aberta ao público, na manhã do sábado, no Palácio dos Esportes, e revezamento nas ruas da capital, no turno da tarde.

    Cerca de 180 profissionais e 48 viaturas da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Serviço Móvel de Urgência (SAMU), STTU, Semsur, Guarda Municipal, Polícia Rodoviária Federal e Exército Brasileiro serão envolvidos na operação.