• Últimas Notícias

    sexta-feira, 19 de agosto de 2016

    Pastor que diz que Deus pune gays com desastres naturais tem casa destruída por inundação

    Um pastor americano conhecido por afirmar que desastres naturais são enviados por Deus para punir gays teve a casa inundada por uma enchente, na Luisiana.

    Tony Perkins contou que foi obrigado a deixar sua casa em uma canoa com sua família. Ele compartilhou fotos no Facebook e falou sobre o caso em um podcast. “Isso é uma enchente de proporções quase bíblicas”, disse Perkins ao grupo cristão Family Research Council, polêmico por sua agenda anti-LGBT. 

    “Tivemos que escapar da nossa casa no sábado de canoa. Havia cerca de 3 metros de água na saída da garagem. Nossa casa encheu, nossos carros encheram”, disse.
    Enchentes
    A Cruz Vermelha descreveu a enchente em Luisiana como o pior desastre natural nos EUA desde o furacão Sandy, em 2012.
    Treze pessoas morreram nos EUA e milhares ficaram presas em suas casas e carros.
    A cantora Taylor Swift doou US$ 1 milhão para as vítimas.
    “O fato de tantas pessoas serem obrigadas a deixar suas casas nesta semana em Louisiana é que partir o coração”, disse ela.


    Por G1 

    Coisa de maluco: Estudante de Engenharia pira caçando Pokémon Go dentro de Banco em Natal (video)

    Um jovem estudante de engenharia da UFRN surtou na tarde desta sexta-feira 19, quando estava na caça aos monstrinhos de um jogo chamado Pokémon Go. 

    A cena idiota ocorreu dentro de uma agência do Banco do Brasil, no Centro de Convivência da UFRN, em Natal. Gritando "Pokémon" o estudante quebrou um monitor de um computador e lesionou uma professora na perna além de assustar as pessoas dentro da agência sendo o maluco contido por seguranças da própria agência. 

    O estudante foi levado a uma delegacia e precisou pagar fiança de 400 reais para ser liberado. Ele irá responder em liberdade a dois processos

    Veja o vídeo

    Igreja Universal é investigada por suspeita de obrigar pastores a fazer vasectomia

    A Igreja Universal do Reino de Deus poderá ter que se explicar na Justiça sobre a acusação de que obriga pastores e bispos a se submeterem a vasectomias. A unidade do MPT (Ministério Público do Trabalho) em Osasco tenta reunir detalhes para entrar com uma ação civil pública contra a instituição. A informação é da jornalista Mônica Bérgamo, da Folha.

    A Universal se recusa a assinar o compromisso de interromper a prática de esterilização, proposto pelo MPT, porque diz que ela não existe. Numa audiência, a igreja afirmou saber de dez processos contra ela, num total de 10 mil pastores no país. Disse também que filhos dificultam o trabalho das lideranças de “propagar o evangelho pelo mundo”, mas que a decisão de tê-los ou não é livre.

    O Ministério Público do Estado de SP também tem uma apuração na área criminal sobre as denúncias. Ela foi iniciada a partir de uma derrota da igreja no Tribunal de Justiça, com a condenação de indenizar em R$ 150 mil um pastor que disse ter sido obrigado a fazer a cirurgia como condição para exercer a função.


     Crise financeira leva banda Aviões do Forró a dispensar dançarinas

    A banda Aviões do Forró encerrou ontem, quinta-feira (18) mais um ciclo em sua carreira. O grupo cearense dispensou todas as suas bailarinas. Nas redes sociais a repercussão já ganha proporções.

    As meninas fizeram tanto sucesso que chamaram atenção da revista Playboy.


    De vítima a ré: Polícia indicia Patrícia Lelis por falsa acusação contra Marco Feliciano

    A polêmica envolvendo o deputado federal Marco Felicianoe a estudante de jornalismo Patrícia Lelis, de 22 anos, moradora de Brasília (DF), ganha mais um "capítulo". Segundo matéria divulgada no jornal SBT Brasil na quinta, dia 18 de agosto, a Polícia Civil de São Paulo estaria seguindo uma nova linha de investigação sobre a acusação de que o parlamentar teria cometido assédio sexual e tentativa de estupro contra a jovem. Segundo o delegado responsável pelo caso em SP, Luiz Roberto Hellmeister, em entrevista ao telejornal, Patrícia Lelis sofre de mitomania, uma condição mental que faz a pessoa mentir compulsivamente.

    A polícia paulista está usando imagens de câmeras de vigilância e novos depoimentos para contrapor a acusação da estudante de que teria sido vítima de cárcere privado em São Paulo, sob os cuidados do assessor de Marco Feliciano, Talma Bauer, entre os dias 30 de julho e 5 de agosto. Um dos vídeos obtidos pelos investigadores mostra Patrícia conversando com o assessor de forma descontraída no lobby do mesmo hotel.

    Quem também ajudou a contrapor a versão da jovem foi o ex-namorado dela, Rodrigo Simonsen. Ele prestou depoimento ao delegado Luiz Hellmeister e contou que no período citado pela ex-namorada, eles ficaram juntos por quatro noites na capital paulista e não teriam encontrado com Talma Bauer em momento algum.

    O responsável pela investigação revela ainda ao SBT Brasil que a estudante de jornalismo teria sido diagnosticada com mitomania em 2015, após ter feito outra denúncia de estupro à polícia em Brasília. Ainda segundo o delegado, Patrícia Lelis está sendo indiciada por falsas acusações e tentativa de extorsão.

    Revista Encontro

    Justiça Eleitoral pode barrar 4,8 mil candidatos ficha-suja em todo país

    Resultado de imagem para ficha sujaAo menos 4.849 políticos que tentam concorrer nas eleições municipais deste ano no país podem ter os registros de candidatura impugnados por serem considerados ficha-suja perante a Justiça Eleitoral, segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo. A análise foi realizada sobre as 467.074 candidaturas já validadas pelo Tribunal Superior Eleitoral até quinta-feira.

    Aprovada em 2010 com o intuito de evitar que políticos condenados disputem cargos públicos, a Lei da Ficha Limpa tornou-se alvo de controvérsias neste início de campanha eleitoral. Parte delas ocorre por uma decisão do Supremo Tribunal Federal, que deu ao Legislativo a palavra final sobre a reprovação de contas de gestores públicos para fins de torná-los inelegíveis.

    Além da reprovação de contas, entre as irregularidades que podem enquadrar um político como ficha-suja estão condenações em segunda instância por crimes como lavagem de dinheiro, corrupção, peculato ou improbidade administrativa. O Estado de S. Paulo

    Putz: Galvão Bueno pede ao vivo que cadeirante fique de pé para ouvir o hino da Jamaica

    Cala_a_boca_Galvao
    Galvão Bueno cometeu uma tremenda gafe após a final da corrida dos 200m de atletismo, que terminou com Usain Bolt conquistando a medalha de ouro. No estúdio da Globo, o narrador pediu que todos ficassem de pé para que pudessem cantar o hino da Jamaica, em homenagem a Bolt. O problema é que os atletas paraolímpicos, Fernando Fernandes e Lars Grael, estavam presentes no momento e claramente ficaram constrangidos.

    O humorista Marcelo Adnet também estava no estúdio e se propôs a cantar o hino da Jamaica após a vitória de Bolt. Foi quando o narrador pediu que todos se levantassem. Envergonhados com a situação, os comentaristas e convidados ficaram de pé, de maneira tímida, e depois se sentaram rapidamente ao “lembrar” da presença dos atletas paraolímpicos. Quem acompanhou a cena no Twitter não perdeu a oportunidade de detonar Galvão. 

    TSE disponibiliza consulta ao financiamento de campanhas das eleições 2016

    Já está disponível no Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) consulta ao financiamento das eleições 2016. Com a edição da Reforma Eleitoral (Lei nº 13.165/2015), candidatos e partidos políticos são obrigados a enviar à Justiça Eleitoral o relatório financeiro de campanha, a cada 72 horas, contadas a partir do recebimento da doação.
    A página de divulgação do financiamento eleitoral será atualizada diariamente com o recebimento do relatório financeiro de campanha, oportunidade em que os gastos eleitorais registrados na prestação de contas também serão divulgados.
    Acesse aqui a consulta ao financiamento


    Processo envolvendo atrasados em soldos de PMs entra em fase de cumprimento de sentença

    Após cumprir decisão de segundo grau, do desembargador Gilson Barbosa, para apresentar os contracheques de cerca de 10 mil policiais militares da ativa, da reserva, pensionistas e herdeiros, o Estado do RN deverá efetuar o pagamento atualizado de valores devidos dos soldos de aluno soldado a coronel, referentes a abril e maio de 1997.

    Aproximadamente um terço dos beneficiados pela medida ainda está na ativa, destaca nota publicada pelo site do Tribunal de Justiça do RN nesta sexta-feira (19).

    Após mais duas medalhas, atletas das Forças Armadas do Brasil superam meta

    ii
    Foto: Petr David/Associated Press
    O programa de incentivo aos atletas das Forças Armadas do Brasil tinha uma meta para os Jogos Olímpicos do Rio: que os atletas militares conseguissem ao menos dez medalhas para o país.

    A Olimpíada ainda tem mais três dias de competições, mas o número já foi superado após dois ouros conquistados nesta quinta-feira (18). O número de láureas proveniente de Atletas das Forças Armadas é de 80% do total de medalhas —12 das 15.

    O objetivo foi superado depois de uma disputa emocionante na vela. Militares da Marinha, as velejadoras Martine Grael e Kahena Kunze conseguiram ultrapassar as adversárias da Nova Zelândia na reta final da prova e puderam ouvir o hino nacional no lugar mais alto do pódio à beira da Marina da Glória com o gesto da continência.

    Na madrugada de quinta para sexta, a dupla do vôlei de praia Bruno e Alison não bateu continência durante o hino, mas ficaram em posição de sentido. Ao fim da execução, porém, fizeram reverência à bandeira do Brasil.

    As duas demonstrações de respeito não foram exclusivas das duplas. O atirador Felipe Wu (prata), o judoca Rafael Silva (bronze), os ginasta Arthur Nory (bronze) e Arthur Zanetti (prata), Thiago Braz, do salto com vara (ouro), o boxeador Robson Conceição (ouro) e a dupla do vôlei de praia Ágatha e Bárbara (prata) prestaram continência no pódio. Já as judocas Rafaela Silva, campeã olímpica, e Mayra Aguiar, bronze, e a nadadora Poliana Okimoto (bronze), não.

    No Pan de Toronto, todos os medalhistas realizaram o cumprimento militar, e a atitude gerou polêmica.


    Fonte: Com informações da Folha

    Homem é autuado por convidar pessoas a comerem “peba” em bar em Nova Parnamirim

    18.08 Homem com pebaPoliciais civis da Delegacia Especializada em Proteção ao Meio Ambiente (DEPREMA) autuaram, nesta quinta-feira (18) em Nova Parnamirim, Wesley Wagner Pontes de Oliveira, 31 anos, por apologia ao crime, quando o mesmo postou nas redes sociais de seu bar, uma imagem sua com um “peba”, onde o homem incita pessoas a comparecerem ao seu estabelecimento para se alimentarem do animal. 

    Após o cumprimento de mandado de busca, sendo nenhum vestígio encontrado, ele foi autuado em Termo Circunstanciado de Ocorrência por apologia ao crime. Wesley foi multado por fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) no valor de R$ 15.000. *Por AgoraRN

    OEA pede explicações ao governo sobre impeachment de Dilma

    A Organização dos Estados Americanos (OEA) solicitou ao governo do presidente em exercício Michel Temer, explicações sobre o processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff.

    O pedido, foi uma resposta da OEA sobre a solicitação do PT, feita na semana passada, para suspender o processo que levou ao afastamento da presidente.

    Entre os pedidos da OEA, está que o governo apresente as suas observações sobre o pedido do PT, explique o que foi feito para manter a legalidade do processo e quais seriam os efeitos do afastamento definitivo da petista.

    O governo foi notificado na terça-feira, dia 16, e tem sete dias para se manifestar. 


    O julgamento final do impeachment está marcado para começar na próxima quinta-feira.

    FPM de agosto será de R$ 644,6 milhões e crédito ocorre nesta sexta-feira

    As prefeituras brasileiras recebem nesta sexta-feira (19), o segundo repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) deste mês.

    O montante será de R$ 515,7 milhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

    Se inclusa a retenção, o repasse chega a R$ 644,6 milhões, observa informação obtida no site da Confederação Nacional dos Municípios (CNM).