• Últimas Notícias

    sábado, 6 de agosto de 2016

    Vox Populi: só 13% consideram positiva a gestão de Michel Temer

    Dados da pesquisa CartaCapital/Vox Populi, realizada entre 29 de julho e 1º de agosto, revelam que só 13% dos brasileiros avaliam como positiva a gestão de Michel Temer (PMDB-SP) como presidente interino do Brasil. 

    Estimulados a classificar o desempenho de Temer, 38% consideram regular, 35% negativo e 14% não sabem ou não quiseram opinar. A gestão só é considerada positiva para 13%. 

    Voo de drones sobre o Maracanã provoca tensão entre seguranças de autoridades

    RIO DE JANEIRO (Reuters) - Agentes de segurança responsáveis por proteger a tribuna das autoridades do Maracanã, inclusive o presidente interino Michel Temer, demonstraram apreensão com a presença de drones sobrevoando o estádio durante a cerimônia de abertura dos Jogos Rio 2016, nesta sexta-feira, e ao menos uma aeronave não tripulada foi apreendida pelas forças de segurança.

    Com Temer e outros 27 chefes de Estado presentes à festa, um forte esquema de segurança foi montado para a abertura da Olimpíada, com rígida revista de todas as cerca de 50.000 pessoas presentes ao evento, além de bloqueios de ruas no entorno do estádio e forte presença.

    Também foi imposta uma restrição aérea na região do Maracanã, mas pelo menos dois drones foram vistos pela reportagem da Reuters sobrevoando o Maracanã durante o desfile das delegações de atletas olímpicas.

    Seguranças que acompanhavam o presidente interino Temer olhavam continuamente para o céu e demonstravam certo nervosismo. Uma fonte ligada à Força Nacional de Segurança disse, sob condição de anonimato, que uma aeronave não-tripulada foi apreendida nos arredores do estádio.
    Segundo uma outra fonte, essa da Polícia Federal, disse que houve "momentos de tensão" entre as autoridades de segurança devido à presença de drones não autorizados a voar na região do Maracanã.

    Bonner tenta esconder reflexo de homem no "JN" e se desculpa: "Paguei mico"

    William Bonner pagou mico na transmissão do "Jornal Nacional" no Maracanã, local da abertura dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro na noite desta sexta-feira (5). O apresentador foi flagrado tentando esconder o reflexo de um profissional de TV no estúdio do telejornal e não percebeu que havia voltado do intervalo.
    Bonner usou as mãos para tapar o homem. Renata Vasconcellos tentou alertar o colega, mas Bonner deu risada e insistiu usando uma folha de papel. Após uma conversa ao vivo com a repórter Mariana Gross, ele reconheceu o mico e pediu desculpas ao público.