• Últimas Notícias

    sexta-feira, 29 de julho de 2016

    Santa Cruz não escapa da onda de violência no RN e tem ônibus incendiado na noite desta sexta (29)

    Santa Cruz é uma das cidades que também teve registro de incêndio a ônibus na escalada de violência que assola o RN, o fato ocorreu no bairro do Maracujá, dentro de instantes mais detalhes. 

    Após ataques a fogo, STTU anuncia recolhimento dos ônibus em Natal

    ônibus da empresa Guanabara foi incendiado na Cidade da Esperança, Zona Oeste de Natal (Foto: PM/Divulgação)
    Foto divulgação/PM
    A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) informou que as empresas de transporte público estão recolhendo todos os ônibus que circulam na cidade, tudo em razão dos ataques a fogo aos veículos que vêm ocorrendo nesta sexta-feira (29)

    De acordo com o subsecretário Clodoaldo Trindade, a decisão pelo recolhimento foi tomada após cinco ônibus e um micro-ônibus serem incendiados criminosamente. Portal G1/RN

    Sejuc instala bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim

    Bloqueadores de celular foram instalados nesta quinta-feira (28) na Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP), na Grande Natal. O sistema, que promete impedir que os presos façam ou recebam ligações de dentro do presídio, é o primeiro da história do sistema prisional potiguar. Pelo fornecimento e manutenção dos equipamentos, a empresa Neger Tecnologia e Sistemas Ltda vai receber da Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc) R$ 174 mil, divididos em seis parcelas de R$ 29 mil.

    Com informações do Portal G1RN

    Dupla realiza assalto aos correios de Santa Cruz

    A Polícia Militar de Santa Cruz foi acionada por volta das 9:30 desta manhã de sexta-feira (29) a atendeu uma ocorrência de assalto na agência dos correios.

    Segundo informações, dois homens, um usando a farda da Incomisa, empresa prestadora de serviços da Chesf, e outro com colete de mototaxista de Campestre foram os autores do assalto. A PM está em diligência no sentido de deter os indivíduos.

    Dentro em instantes outras informações

    INSS usará dados do IBGE para evitar fraudes

    Para tentar evitar fraudes e pagamentos indevidos de benefícios concedidos pelo INSS, o novo presidente do órgão, Leonardo Gadelha, quer firmar uma parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para unir o banco de dados das duas instituições federais. 

    Com a iniciativa, o órgão pretende fazer uma espécie de raios X dos beneficiários, visto que as informações armazenadas pelo IBGE são amplas e referem-se a todo o país. Dessa forma, ficará mais fácil identificar possíveis fraudes.

    Nos próximos dias, o INSS e o IBGE deverão formalizar um grupo de trabalho que terá a missão de viabilizar o compartilhamento de dados. Extra


    Google direciona internauta que busca por 'anticristo' ao Templo de Salomão

    Foto: Divulgação
    O Google chamou a atenção de internautas que procuram a palavra "anticristo" em seu buscador do Maps.

    Ao escrevê-la, os usuários são automaticamente direcionados ao Templo de Salomão, da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), localizado no Brás, região central de São Paulo.

    "Fui no Google Maps, digitei "anticristo" fiquei abismada que o Google não erra mesmo!", brincou um usuário do Twitter.

    Segundo "O Globo", a informação circula nas redes sociais desde a semana passada. Após descobrirem o erro, internautas passaram a fazer piadas com o resultado da busca.

    A Universal criticou a situação e disse que já pediu ao Google a mudança no mapa. Em comunicado divulgado à imprensa, a instituição destacou que o autor da mudança no endereço quis "zombar da fé de quase 9 milhões de fiéis que têm no Templo de Salomão um local sagrado".

    De acordo com o jornal "O Tempo", o Google argumentou que a falha não foi cometida pela empresa.

    "Os mapas têm muitas fontes, inclusive os próprios usuários. De qualquer forma, todo usuário que encontra erro ou imprecisão nos mapas do Google pode reportá-los através da ferramenta reportar um problema, explicou.  (SRZD)

    111 municípios pedem reforço de tropas federais durante as eleições no RN

    Resultado de imagem para No RN, 111 municípios pedem reforço de tropas federais durante as eleiçõesO Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte recebeu pedidos de 111 municípios potiguares para reforçar a segurança com tropas federais durante as eleições de 2016. Ao todo, os municípios que pediram reforço formam 39 Zonas Eleitorais.

    O número representa mais de 66% dos municípios potiguares. Dentre os municípios que pediram o reforço federal estão Mossoró, Caicó, Ceará-Mirim, Macaíba, Parnamirim, Macau, Acari e Guamaré.

    Os pedidos de reforço ainda serão analisados pelo TRE e enviados ao Governo do Estado. Caso o Governo assuma que não pode garantir a segurança das eleições nas cidades, o TRE envia a solicitação ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

    Por G1/RN

    Vice-prefeito de Monte das Gameleiras adere ao grupo de Oposição

    Foi destaque no blog do meu amigo Erinilson Cunha, a adesão do vice-prefeito da cidade de Monte das Gameleiras ao grupo oposicionista, liderado pelo pré-candidato a prefeito Jailson Félix. 

    O vice-prefeito Erasmo Bento (PR) foi eleito em 2012 na chapa do atual prefeito Rodolfo dos Anjos (PROS) com um total de 1.207 votos, 43%. Segundo o último levantamento divulgado pelo TSE, a cidade de Monte das Gameleiras tem 2.192 eleitores.

    WhatsApp pode ser bloqueado (de novo) e ainda levar Facebook e Instagram junto

    Resultado de imagem para facebook whatsapp e instagramA briga entre a Justiça e o WhatsApp está longe de acabar. Em menos de um ano, já foram três pedidos de bloqueios no Brasil, que, ao todo, deixaram o app 43 horas fora do ar. A Justiça Federal do Amazonas pode ampliar esses números e ser a próxima a pedir a suspensão do aplicativo, e, dessa vez, também do Facebook.

    Ontem, quarta-feira (27), a Justiça Federal bloqueou R$ 38 milhões do Facebook Brasil por descumprimento de uma decisão judicial que obrigava a empresa a fornecer dados de cadastros e quebrar o sigilo de mensagens trocadas tanto pela rede social como pelo aplicativo WhatsApp.

    O valor bloqueado corresponde à soma de multas individuais de R$ 1 milhão estipuladas para cada dia de descumprimento da decisão judicial. A ação –que corre em segredo de Justiça– foi movida pelo MPF/AM (Ministério Público Federal no Amazonas). “Decidimos executar a multa em uma tentativa de obrigar a empresa a colaborar”, disse procurador da República Alexandre Jabur, autor do pedido.

    Segundo ele, a multa diária já estipulada continua a ser contabilizada e, se o Facebook continuar a se negar a colaborar com a Justiça brasileira, novos montantes financeiros poderão ser executados em um futuro próximo. Jabur também não descarta a possibilidade de pedir à Justiça o bloqueio da rede social e do aplicativo. 

    UOL