• Últimas Notícias

    quinta-feira, 5 de maio de 2016

    Prefeitura de Santa Cruz emite Nota de Esclarecimento sobre o Programa do Leite‏

    Clique para obter OpçõesA Prefeitura de Santa Cruz, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, torna público algumas questões relacionadas ao “Programa do Leite”.

    1 – O “Programa do Leite” é de responsabilidade do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, desde a destinação de recursos, passando pelo processo de definição dos fornecedores até o transporte do produto ao município. Como parceira, a Prefeitura de Santa Cruz realiza o cadastramento das famílias seguindo critérios estabelecidos pelo próprio Governo do Estado e distribui o produto para os beneficiários cadastrados no programa.

    2 – Informamos que desde o último dia 12 de abril o fornecimento do leite foi interrompido, sem qualquer comunicado oficial a respeito da paralisação. A Prefeitura de Santa Cruz já enviou um oficio à EMATER, órgão estadual que gere o programa, para obter uma explicação, não tendo obtido resposta até o presente momento.  Em contato telefônico com fornecedores, nos foi repassado que o motivo que levou a paralisação do envio do leite foi a falta de pagamento pelo Governo do Estado, inviabilizando a manutenção do serviço.

    3 - A Prefeitura de Santa Cruz continua com sua estrutura e sua equipe prontas para realizar a distribuição tão logo o impasse entre os fornecedores e o Governo do Estado  seja resolvido e o fornecimento restabelecido.


    Secretaria Municipal de Assistência Social


    Prefeitura de Santa Cruz

    Secretaria de Segurança do RN registra 147 homicídios em abril e aponta redução de 15%

    A Câmara de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) divulgou essa semana o relatório estatístico a cerca de crimes contra a vida no Rio Grande do Norte. Segundo os dados apresentados pela Câmara, os índices voltaram a reduzir no estado, quando comparado com os meses anteriores. 

    Em abril foram registrados 147 crimes violentos no RN, sendo 15% a menos do que março e 8% a menos do que em fevereiro, se equiparando ao índice de janeiro deste ano. 

    As cidades incluídas no Pacto Nacional de Redução de Homicídios, Natal, Mossoró e Parnamirim, também acompanharam a redução estadual. Em Natal, foram registrados 42 CVLIs no mês de abril, ou seja, 25% a menos do que em março, enquanto que em Mossoró, com 16 casos, registrou uma redução de 24% em comparação com o mês passado e 41% em relação a janeiro e fevereiro deste ano. A redução de CVLIs em Parnamirim neste mês foi de 25% em comparação com os meses de março e fevereiro e 55% em relação ao mês de janeiro deste ano. Parnamirim registrou 9 assassinatos em abril.

    Ministro do STF afasta Eduardo Cunha da presidência da Câmara

    No lugar de Cunha entrará outro investigado na Lava Jato, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA)
    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte, concedeu liminar na qual determina o afastamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) do mandato de deputado federal nesta quinta-feira (5), segundo informações do jornal 'Folha de S. Paulo'.

    "Ante o exposto, defiro a medida requerida, determinando a suspensão, pelo requerido, Eduardo Cosentino da Cunha, do exercício do mandato de deputado federal e, por consequência, da função de Presidente da Câmara dos Deputados", diz trecho da decisão.

    O pedido de afastamento foi pedido pelo Procurador-Geral da República (PGR) Rodrigo Janot, que apontou 11 situações que comprovam o uso do cargo em benefício próprio, para "constranger, intimidar parlamentares, réus, colaboradores, advogados e agentes públicos com o objetivo de embaraçar e retardar investigações" e chegou a chamá-lo de delinquente.

    Cunha foi transformado em réu no STF por unanimidade, acusado dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro e de integrar o esquema de corrupção da Petrobras, tendo recebido neste caso US$ 5 milhões em propina de contratos de navios-sonda da estatal.


    No lugar de Cunha entrará outro investigado na Lava Jato, o deputado Waldir Maranhão (PP-MA). *Notícias ao Minuto

    Ficha-suja:Temer está inelegível por oito anos, diz Procuradoria Eleitoral

    Michel Temer
    Foto Marcelo Camargo/Agência Brasil
    O vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) está inelegível pelos próximos oito anos, pelo menos de acordo com a Procuradoria Regional Eleitoral de São Paulo (PRE-­SP). Conforme o órgão, ele pode ser enquadrado na Lei Ficha Limpa, que prevê a inelegibilidade de condenados por órgãos colegiados, após condenação nesta terça-feira (3) pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP) por doações de campanha acima do limite legal. 

    Cerveró acusa Cunha e Henrique Alves de pressionar BR a comprar refinaria

    O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e o ex-presidente da Casa Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), cotado para assumir um ministério em eventual governo de Michel Temer, pressionaram a presidência da BR Distribuidora para que a estatal comprasse a refinaria de Manguinhos, no Rio, com o propósito de receberem propina.
    A acusação foi feita na delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, que também exerceu o cargo de diretor da BR.
    O trecho que trata do assunto foi reproduzido em manifestação enviada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF) no último dia 28. Janot pediu na manifestação a ampliação da quantidade de investigados no chamado inquérito-mãe da Operação Lava-Jato, com o acréscimo de 30 políticos, entre eles Cunha e Alves.
    A lista inclui ainda o ex-presidente Lula e três ministros da presidente Dilma Rousseff: Jacques Wagner, Ricardo Berzoini e Edinho Silva. Este inquérito é o único da Lava-Jato no STF que investiga formação de quadrilha. (O Globo)