• Últimas Notícias

    sábado, 2 de abril de 2016

    Natal: Comerciante é executado com 30 tiros no Pajuçara

    Foto: Sérgio Costa
    Um comerciante de 43 anos de idade identificado como Manoel Balbino Filho, foi executado com 30 tiros, na noite desta sexta-feira (01), na rua Maria Lopes Corrêia, no bairro Pajuçara, zona Norte de Natal. O filho da vítima, um garoto de 10 anos, foi ferido durante o atentado, mas passa bem.
    De acordo com o delegado Marcos Vinicius, da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa), Manoel foi surpreendido por dois atiradores no momento que chegava em casa dirigindo o próprio veículo. "Foi uma verdadeira execução e por um golpe de sorte o filho dele não morreu também", disse. A mulher do comerciante tinha saído do carro para abrir o portão e testemunhou a morte do marido.
    A perícia do Instituto Técnico e Científico de Polícia foi criteriosa e segundo a perita criminal Ana Patrícia todos os detalhes no cenário do crime podem ser fundamentais para o inquérito. O delegado Marcos relatou também que ainda é cedo para definir uma linha e investigação, mas que deverá ouvir testemunhas já na segunda. *Portal BO

    Em São João do Sabugi bandidos agem na madrugada e explodem caixa eletrônico do Bradesco

    são joooSegundo as primeiras informações, por volta das 02h20 deste sábado (2), cerca de cinco homens em um veículo de cor preta explodiram o caixa eletrônico da cidade de São João do Sabugi. O alvo foi a agência do Bradesco local.

    Após a explosão do terminal, os assaltantes começaram a atirar para o alto e ameaçar os moradores, para que estes não saíssem de casa. O grupo fugiu pela estrada que interliga Caicó a São João.

    carroPosteriormente, um veículo usado na ação foi encontrado carbonizado nas proximidades da cidade de Ouro Branco.

    Uma informação chegada ao blog que através de uma denúncia entregue ao MP da Paraíba aponta um esquema político por trás desses arrombamentos a bancos, onde todo o dinheiro é usado em campanhas milionárias de políticos daquele estado. Fontes dizem que o alvo é sempre o Bradesco. 

    (Por Blog do Cardoso Silva)