• Últimas Notícias

    quarta-feira, 16 de março de 2016

    Policial Militar sofre disparo de arma de fogo em Sítio Novo

    O Policial Militar Cabo Laelson foi vítima de disparo de arma de fogo na noite de hoje na cidade de Sítio Novo, região Trairi do estado. 
    Segundo informações preliminares, o Cabo da PM estava na rua, a paisana, quando foi alvejado por um disparo de arma de fogo. Dois homens que iam passando em uma moto são acusados da ação. Ainda não se sabe se foi tentativa de assalto ou atentado. 
    Cabo Laelson foi socorrido para o Hospital Regional de Santa Cruz com um tiro no ombro. Ele foi encaminhado para Natal sem risco de morte. Ainda não há suspeitos de cometer o crime. Por Édipo Natan

    Ministro do STF coloca em dúvida gravações entre Dilma e Lula

    O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello colocou em dúvida as gravações feitas pela Lava Jato que envolvem a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula. "Quem teria determinado esse grampo? Começamos por aí, seria uma prova ilícita?", questionou o ministro. Para ele, é preciso submeter as interceptações a uma perícia.


    Operação Policial prende filha adotiva e dois acusados de tentar matar pai para ficar com herança em Santa Cruz

    Carla Priscila (mandante do crime) e seus comparsas, Rubens Ferreira e Matheus Vinicius
    Policias Civis de 9ª DRP de Santa Cruz montou uma operação policial e prendeu na manhã desta quarta-feira (16) na cidade de Parnamirim, Carla Priscila do Vale Pereira, 24 anos e em conjunto com Policias Civis da cidade de Montanhas prenderam os acusados: Rubens Ferreira de Carvalho, 21 e Matheus Vinicius Silva Medeiros, 19. 

    Ambos são acusados de tentativa de homicídio em Santa Cruz contra idoso de nome Carlos Luiz da Silva, 72, mais conhecido por Carlinhos da Cibrazem.

    Os investigadores da 9ª DRP chegaram até os acusados depois de uma minuciosa investigação. A mandante do crime foi Carla Priscila, a filha adotiva que havia contratado o acusado, Rubens e pago a quantia de 27 mil reais para assassinar o pai adotivo. Fato esse ocorrido em 27 de outubro do ano passado. Segundo investigações enquanto Rubens e Matheus forjavam um falso assalto contra a vítima que estava sentado em frente a sua residência a mandante do crime estava no volante de um automóvel pronta para dar fuga a dupla. 

    Os três acusados ficarão presos em unidades prisionais da grande Natal até que o CDP de Santa Cruz esteja liberado para receber novos presos, ficando então a disposição da justiça.

    Blog O Paralelo 


    Dilma desafia o PMDB

    O PMDB decidiu em convenção que nos próximos 30 dias nenhum filiado ao partido poderá assumir cargo no Governo de Dilma Rousseff.
    A jeitosa e habilidosa presidente convidou o deputado federal mineiro Mauro Lopes, do PMDB, para ser o novo ministro da Aviação Civil.
    E promete empossá-lo nesta quinta feira.
    Dilma desafia o PMDB. (Por RRH)

    Polícia faz operação para prender autores de racismo contra Taís Araújo

    A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro realiza uma operação nesta quarta-feira, 16, para prender autores de ataques racistas a Taís Araújo que aconteceram no ano passado nas redes sociais. A assessoria de comunicação da polícia informou que a operação comandada pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) acontece com apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e das Polícias Civis de mais seis estados.

    "A Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), com apoio da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP) e das Polícias Civis dos Estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Bahia e Minas Gerais, deflagra, nesta quarta-feira, 16 de março, operação para prender criminosos apontados como autores dos ataques dirigidos à atriz Taís Araújo em sua página na rede de relacionamentos.  A operação, coordenada pelo Delegado de Polícia Dr. Alessandro Thiers, titular da DRCI, tem como objetivo desarticular o grupo e cumprir quatro mandados de prisão e onze mandados de busca e apreensão em cidades brasileiras", informou o comunicado.

    Jornalista e namorada são vítimas de sequestro relâmpago em Natal

    Por G1/RN - O jornalista Erick Dias e a namorada foram vítimas de um sequestro relâmpago na noite desta terça-feira (15) no bairro de Capim Macio, na Zona Sul de Natal. O potiguar relatou em uma rede social que cinco criminosos armados participaram da ação. Ninguém foi preso.

    "Fui vítima de um sequestro relâmpago. Graças a Deus está tudo bem, não fizeram nada comigo e com Camila". Erick também informou que ficou cerca de uma hora com a quadrilha. "Foi a uma hora mais tensa de toda minha vida", descreveu.


    Todos os pertences das vítimas foram levados. "Nos levaram telefones, relógios, joiais e dinheiro, além do carro, que foi abandonado em seguida", acrescentou. "Deus nos concedeu a graça de estarmos bem fisicamente, sem nenhum arranhão. Mas, o medo, o trauma e a sensação de impotência diante da insegurança em que vivemos vão demorar a passar", relatou.

    Tudo farinha do mesmo saco: Inquérito contra Aécio sobre Furnas e Banco RuraL

    Investigadores ouvidos pela Folha avaliam preliminarmente que deve ser pedida abertura de inquérito contra o tucano Aécio Neves.
    Em um dos termos de sua delação premiada, Delcídio afirmou que o presidente do PSDB recebeu propina de Furnas, empresa de economia mista subsidiária da Eletrobras.
    Ainda sobre o tucano, Delcídio relatou um caso na CPI dos Correios, que investigou o mensalão, no qual Aécio teria atrasado o envio de dados do Banco Rural para fazer uma "maquiagem" nas informações.
    "A maquiagem consistiria em apagar dados bancários comprometedores que envolviam Aécio Neves, Clésio Andrade, a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Marcos Valério e companhia", afirmou.  Blog do Magno
    Para os investigadores, o caso envolvendo a CPI é o mais grave envolvendo Aécio e deve ser o principal alvo do grupo de trabalho da Lava Jato na PGR.

    Policial militar é baleado na cidade de São Gonçalo do Amarante

    Na noite desta terça-feira (15), um sargento da polícia militar foi baleado no Recanto dos Pássaros, em São Gonçalo do Amarante. O policial estava em casa com a família quando bandidos teriam chegado ao local para assaltar.
    O sargento Henrique teria reagido e trocado tiros com os criminosos, no entanto, acabou sendo atingido por um disparo. Os bandidos fugiram logo em seguida. O policial ferido foi socorrido pouco tempo após ser baleado.
    O sargento Henrique está fora de perigo e passa bem, de acordo com colegas policiais militares. Várias viaturas de São Gonçalo do Amarante e até mesmo de outras regiões foram deslocadas para o local.
    Nenhum suspeito ainda foi preso, mas diligências estão sendo realizadas na tentativa de encontrar os autores do crime. (Portal BO)