• Últimas Notícias

    sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

    Viúva da Mega-Sena é condenada a 20 anos de prisão por planejar morte de marido

    A ex-cabeleireira Adriana Ferreira Almeida foi condenada, na noite desta quinta-feira, a 20 anos de prisão por ter planejado a morte do ex-marido, Renné Senna, ganhador da Mega-Sena, em janeiro de 2007. 

    A sentença foi dada pelo juiz Pedro Amorim Gotlib Pilderwasser, titular da 2ª Vara Criminal de Rio Bonito, na Região Metropolitana do Rio, após três dias de julgamento. 

    Adriana será presa e não poderá recorrer em liberdade por risco de fuga. "Meu tio não vai voltar, mas a mandante foi condenada. Foram dez anos de espera. É muito tempo, mas a justiça foi feita. Tudo tem seu tempo", comemorou Cristiane Ribeiro Senna, 33 anos, sobrinha de Renné. O advogado de Adriana, Jackson Costa Rodrigues, disse que vai recorrer da sentença. "Fiquei surpreso. 

    Entendo que não havia provas. Vou impetrar recurso e pretendo anular o julgamento, com base nessa falta de provas, além de várias falhas na investigação e até documentos adulterados. Também vou recorrer para que ela possa aguardar esses recursos em liberdade", garantiu.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.