domingo, 6 de novembro de 2016

90% dos bebês afetados com microcefalia são pobres

Resultado de imagem para 90% dos bebês afetados com microcefalia são pobres
Nove em cada dez bebês nascidos com microcefalia em Pernambuco, Estado com o maior número de casos da má-formação, vivem em situação de pobreza, com renda per capita familiar de até R$ 220, mostram dados inéditos da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco. 

A pesquisa foi feita com 211 famílias cadastradas em um núcleo estadual de apoio criado pelo governo do Estado depois do início da epidemia. Segundo os dados mais recentes do Ministério da Saúde, Pernambuco já acumula 392 casos confirmados da má-formação, distribuídos em 106 municípios. 

A renda per capita familiar inferior a R$ 220 permite que essas crianças tenham acesso ao Benefício de Prestação Continuada (BPC), valor equivalente a um salário mínimo pago pelo governo federal a famílias com crianças com deficiência ou idosos que se encaixem nos critérios de rendimento. Dados do Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome apontam que, somente em Pernambuco, já foram concedidos 245 benefícios do tipo para famílias de crianças com microcefalia. 

Em todo o País, foram 1.430 pessoas contempladas. O número, no entanto, representa apenas 61% dos pedidos feitos ao órgão desde o início da epidemia. 
Resultado de imagem para jk studio e cartuchos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.