• Últimas Notícias

    sábado, 17 de setembro de 2016

    Justiça Eleitoral do RN prepara mais de nove mil urnas para as eleições municipais

    Resultado de imagem para urnas eletrônicas de votaçãoA Justiça Eleitoral iniciou a alimentação dos dados das 9.240 urnas eletrônicas de votação, que serão utilizadas nas eleições de prefeito e vereador em 167 municípios do Rio Grande do Norte. O coordenador de Logística do Tribunal do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) , Tyronne Dantas de Medeiros, informou que "o trabalho de geração de mídia e cargas das urnas é o principal evento antes do pleito eleitoral", com a inserção de cartões de memórias que incluem dados como tabelas dos candidatos a prefeito e vereador, dos partidos e dos próprios locais de votação.

    Tyronne Dantas disse que a alimentação dos dados nas urnas eletrônicas tem pelo menos quatro etapas, começando pela identificação da caixa da urna, seção, eleitores, em seguida ocorre a carga dos aplicativos, depois elas passam por testes “para ver se estão funcionando normalmente". Dantas disse que o trabalho de alimentação dos dados das urnas eletrônicas, que ocorre no Centro de Operações da Justiça Eleitoral (COJE), na rua da Torre, próximo ao Bosque dos Namorados, começou no dia 15 e vai até 20 de setembro; enquanto de 21 a 23, no mesmo local serão alimentadas as urnas de três municípios da Região Metropolitana de Natal (RMN): Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante.

    Entre os dias 21 e 23 também serão alimentadas as urnas dos municípios restantes do interior do Estado. "O trabalho de geração de mídia e carga das urnas está sendo feito com uma rapidez acima do esperado", afirmou Dantas. A geração de mídias consiste na utilização do sistema GEDAI para a geração das tabelas de candidatos, partidos, coligações, eleitores, seções, agregações e demais aplicativos da urna eletrônica: sistema de apuração (SA), recuperação de dados (RED), verificação pré e pós eleição (VPP), Ajuste de Data e Hora (ADH), etc .

    A preparação das urnas, por sua vez, divide-se em quatro etapas: identificação das caixas de urnas, mais colagem de etiquetas geradas no SAE (Sistema de Apoio às Eleições) nas caixas de urnas, a fim de identificar a Zona Eleitoral, local de votação e seção eleitoral correspondentes aos dados inseridos na urna eletrônica. Depois vem a carga de aplicativos, que consiste na inserção das mídias geradas no sistema GEDAI nas urnas eletrônicas, a fim de gravar os dados nelas contidos nas urnas eletrônicas de seção, de contingência e de Mesa Receptora de Justificativa.

    Em seguida vem o teste de votação, com a realização de votação com eleitores e candidatos reais para validação do comportamento do sistema, além de comparação de hashes de arquivos e aplicativos lacrados. Por fim vem a lacração e embalagem das urnas, aposição de lacres nos compartimentos de mídia de resultado, cartão de memória, impressora, e embalagem das urnas nas respectivas caixas, identificadas com a Zona Eleitoral, local de votação e seção correspondentes.

    A execução dos procedimentos caberá a cada Zona Eleitoral, as quais utilizarão, além dos servidores dos Cartórios, os 344 auxiliares de apoio às eleições contratados para atuar durante a preparação das eleições no Rio Grande do Norte.


    Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA FEMURN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.