Ultimas Noticias

domingo, 7 de agosto de 2016

Transferência de mandantes de ataques no RN é concluída

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) transferiu para outros estados 21 presos do Rio Grande do Norte identificados como mandantes dos ataques ocorridos em Natal e na região metropolitana da capital nas últimas semanas. Por meio de nota, o Depen informou que oito detentos foram para Porto Velho (Rondônia); oito para Campo Grande (Mato Grosso do Sul); e cinco para Catanduvas (Paraná).

A solicitação para a transferência foi feita pelo governo do Rio Grande do Norte à Justiça Federal. O pedido foi analisado e autorizado pelos juízes federais corregedores dos presídios que receberam os detentos. Segundo a nota, a operação, iniciada na manhã de sábado e concluída neste domingo, foi desenvolvida com a ajuda de agentes penitenciários federais e do Rio Grande do Norte, além de policiais militares e federais.

Depois de dois dias de trégua, a Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do estado investiga se um incêndio ocorrido na madrugada deste domingo em Senador Georgino Avelino, município localizado a 50 quilômetros de Natal, tem relação com a facção criminosa responsável pela série de atos de vandalismo. Segundo o site “G1”, as chamas destruíram um ônibus, um caminhão e uma retroescavadeira em uma garagem da prefeitura.


Nas últimas semanas, Natal e cidades do interior do estado viveram uma onda de ataques motivada pela instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim. O primeiro caso ocorreu em 29 de julho. Desde então, foram registradas 107 ocorrências em 37 cidades. Pelo menos 100 pessoas foram presas. 

Por Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.