• Últimas Notícias

    terça-feira, 30 de agosto de 2016

    Padre pode ser excomungado após ser condenado pela prática de estupro de vulnerável no interior do RN

    Resultado de imagem para padre José Irineu da SilvaO juiz Marivaldo Dantas de Araújo, da Comarca de Ipanguaçu, condenou o padre potiguar José Irineu da Silva a oito anos de reclusão em regime fechado pela prática de estupro de vulnerável. O sacerdote foi considerado culpado em decisão proferida em 4 de abril passado, seis anos após ter sido denunciado à Polícia Civil por ter abusado de um menino de 10 anos de idade na Sacristia da Capela de São José Operário, no Distrito de Arapuá, em Ipanguaçu.

    A decisão, considerada inédita no Rio Grande do Norte, garantiu ao condenado o direito de recorrer em liberdade, o que fora feito no dia 12 de abril deste ano, mas sem decisão proferida. A Arquidiocese de Natal, que afastou o padre das atividades sacerdotais desde o ocorrido, não comentou o caso. José Irineu da Silva, que segundo testemunhas chegou a afirmar “que a carne é fraca”, responde a processo canônico no Vaticano e poderá ser excomungado da Igreja Católica.

    De acordo com os autos do processo que se tornaram públicos, o padre teria aproveitado de um momento a sós com o menino de 10 anos de idade para apalpar-lhe nas partes íntimas. “O Sr. José Irineu da Silva, ora denunciado, ao ouvir em confissão o vulnerável (identificação mantida em sigilo), com dez anos de idade, orientou que este se ajoelhasse de costas, logo após colocou-o no colo, e posteriormente lhe colocou em pé, baixando-lhe a roupa, tocou suas partes íntimas; a genitália e os testículos, passou a mão em suas nádegas, deu um beijo (…). Neste contexto fático, após a prática de tais atos libidinosos, pediu que o vulnerável não contasse o ocorrido a ninguém. Em ato contínuo, a criança saiu do confessionário nervosa, trêmula e assustada procurando a mãe dele, e ao encontrá-la contou o acontecido”, destaca a introdução da sentença judicial.


    Tribuna do Norte

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.