• Últimas Notícias

    quarta-feira, 10 de agosto de 2016

    Dilma cogita sair do PT e fazer agenda própria

    Depois das últimas trocas de farpas com a cúpula do PT, a presidente afastada Dilma Rousseff está determinada a deixar a legenda assim que o Senado selar a aprovação do impeachment, que se inicia hoje.
    Assim que ficar inelegível por oito anos, a futura ex-petista irá dedicar sua agenda livre a causas nacionais e internacionais associadas a movimentos feministas e de combate à pobreza, contam amigos próximos.
    Ela procura patrocinadores desde já, embora repita um discurso não muito acolhido pelas hostes e diretores do PT:
    “Vamos virar esse jogo'', tem repetido Dilma aos aliados. Não acreditam que ela fale da votação no Senado.
    Por Leandro Mazzini


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.