• Últimas Notícias

    sexta-feira, 15 de julho de 2016

    Terrorista em solo brasileiro: deportado condenado por terrorismo na França era professor da UFRJ

    Reitor da UFRJ foi para o Galeão para tentar impedir deportação.
    O físico Adlène Hicheur, condenado por terrorismo na França, professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), deve deportado do Brasil nesta sexta-feira (15), de acordo com o Sindicato dos docentes da UFRJ.

    As primeiras informações indicam que o professor estava, por volta das 20h30, no Aeroporto Tom Jobim (Galeão), esperando a deportação. O reitor da UFRJ, Roberto Leher, foi para o local para tentar evitar a medida e pedir mais explicações sobre as acusações.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.