• Últimas Notícias

    sexta-feira, 15 de julho de 2016

    Emater presente em encontro de meliponicultores em Lajes Pintadas

    O município de Lajes Pintadas, distante cerca de 130 km da capital potiguar, recebe neste sábado (16) mais uma reunião da Associação Potiguar de Meliponicultores (Amep), entidade que conta com o apoio da Emater-RN na preservação e incentivo à criação de abelhas sem ferrão. O encontro acontece na Fazenda Canaã, das 08h às 13h30, e espera reunir 50 pessoas, entre sócios e pequenos criadores.

    A associação foi criada em maio deste ano e se dedica à difusão de conhecimento acerca das espécies de abelhas nativas do Brasil, tais como jandaíra (melipona subnitida), uruçú (melipona scutellaris) e jataí (tetragonisca angustula). Estas, ao contrário de outras espécies mais conhecidas, tais como a abelha africana (ou europa, de nome científico apis mellifera scutellata), não possuem ferrão e são mais dóceis. Em tempos de florada são capazes de produzir, a depender do tipo, de 1 a 5 litros de mel.

    O nível de produção é uma variável que depende de fatores climáticos, tais como a frequência e intensidade das chuvas. Os picos de produção no semiárido são alcançados quando há pluviosidade suficiente, o que favorece a florada. No entanto, a chuva não pode ser demasiada, senão a água lava o néctar das flores e afeta a produção de mel.


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.