quinta-feira, 9 de junho de 2016

Menino é enterrado até o pescoço e torturado em praia da PB, diz polícia

Um adolescente de 14 anos foi enterrado até o pescoço nas areias da Praia de Intermares, em Cabedelo, na Grande João Pessoa, na tarde de quarta-feira (8). 

A informação é do delegado da 7ª Delegacia, Ademir Fernandes, que explicou que ele foi torturado por um grupo de cinco pessoas enquanto estava enterrado. Um jovem de 21 anos, chamado Anderson José da Silva, foi preso e um adolescente de 14 anos apreendido. Toda a ação foi filmada no celular do jovem que foi preso. 

O aparelho foi apreendido pela polícia e vai ser usado na investigação. “Na hora que eu tava lá Janjão [Anderson] me pegou, queria me jogar dentro do buraco.

Segundo o delegado, o menino teve os braços e pernas amarrados e foi jogado em um buraco que havia sido cavado na areia. Em seguida, o grupo o enterrou, deixando só a cabeça de fora. 
Enquanto o adolescente estava enterrado e chorava, os integrantes do grupo o xingaram, humilharam, colocaram um balde sobre ele e chegaram urinar na cabeça do adolescente.

G1PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.