Ultimas Noticias

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Ex-professora de Direito vira prostituta e ganha R$ 500 por hora: 'faço por gostar'

Sobre ser livre...
Aos 34 anos, a advogada Cláudia de Marchi, decidiu abandonar um longa barreira no direito para virar prostituta de luxo. Em entrevista ao G1, ela confirmou a informação. A loira agora é acompanhante de luxo em Brasília. 

A decisão de mudar de vida ocorreu em abril de 2015, quando Cláudia foi demitida do cargo de professora de direito. Ela dava aula em uma faculdade e precisou pensar em como viveria a vida dali para frente.

Com muitas contas a pagar, a advogada decidiu inventar um nome interessante para os novos clientes. Como acompanhante, ela usa Simone Steffani. Em um blog na internet, ela conta detalhes da nova profissão e surpreende muitos pela transparência. Até mesmo a mãe da loira já avisou que apoia o novo emprego da filha, que paga muito bem, diga-e de passagem. Por G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.