• Últimas Notícias

    segunda-feira, 23 de maio de 2016

    Pesquisador tem computador furtado e perde parte de pesquisa inédita contra Zika

    Um pesquisador brasileiro teve seu computador furtado no aeroporto Santos Dumont, Rio de Janeiro. Apesar de um furto, infelizmente, não ser novidade no cenário de violência do Brasil, este caso pode afetar todo o mundo. Amilcar Tanuri, que é chefe do laboratório de virologia molecular da UFRJ, guardava em seu equipamento dados de uma pesquisa inédita sobre o uso de uma droga chamada clorofina para inibir o vírus Zika. 

    Um artigo científico estava quase pronto, segundo o jornal O Globo, para publicação na próxima sexta-feira (27). Por conta do furto, alguns testes precisarão ser refeitos, o que atrasará a publicação em, pelo menos, uma semana. "Estava saindo do aeroporto e meu telefone tocou. 

    Larguei a mala só para pegar o telefone do bolso, e quando vi ela já não estava mais lá. Uma senhora que estava atrás de mim disse que viu a ação. Dois homens pegaram a mala, correram para dentro de um carro e fugiram. Foi tudo muito rápido", contou Tanuri. O Globo

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.