Ultimas Noticias

sábado, 23 de abril de 2016

Tomar café reduz risco de câncer endometrial, diz estudo

Resultado de imagem para tomar cafeA pesquisa revela que beber mais de quatro xícaras de café por dia durante um período prolongado de tempo reduz em 25% o risco de desenvolver câncer endometrial, enquanto beber entre duas e três o rebaixa 7%

Tomar café pode ser um fator para reduzir o risco de desenvolver câncer endometrial, segundo um estudo realizado pela Universidade de Harvard, que destaca os benefícios desta bebida, mas recomenda ter cuidado com o açúcar e o creme extra.

A pesquisa revela que beber mais de quatro xícaras de café por dia durante um período prolongado de tempo reduz em 25% o risco de desenvolver câncer endometrial, enquanto beber entre duas e três o rebaixa 7%.


Dividimos a recarga do seu Toner em até 5x no cartão


Em entrevista à agência Efe, Youjin Je, doutorando da Escola de Saúde Pública da Universidade de Harvard e principal autora do estudo, explica que os altos níveis de estrogênio e insulina se associaram a um maior risco de câncer de endométrio, aquele que se origina no revestimento do útero.

Vários estudos epidemiológicos já haviam demonstrado que as mulheres, com um alto consumo de café, tinham menores níveis desses hormônios, comparado com aquelas que bebiam pouco ou nada de café. Daí surgiu a hipótese de que o consumo alto de café poderia reduzir o risco desse tipo de câncer.

"O café contém muitos compostos biologicamente ativos, incluindo os ácidos fenólicos e a cafeína, que têm uma potente atividade antioxidante e podem afetar o metabolismo da glicose e os níveis de hormônios sexuais, que estão relacionados com o risco de câncer endometrial", indica.

Os pesquisadores analisaram os dados de um estudo mais amplo de saúde, com a participação de 67.470 mulheres durante 26 anos. Foram registrados 672 casos de câncer de endométrio.

A equipe de Youjin Je constatou que aquelas que costumavam tomar mais de quatro xícaras de café por dia tiveram 25% menos de probabilidade de desenvolver câncer endometrial, enquanto as que bebiam entre duas e três registraram 7%.

Uma relação similar foi observada no café descafeinado, já que as que disseram beber mais de duas xícaras por dia tiveram 22% menos de probabilidade, algo que o estudo atribuiu a que o café "pode modular os níveis de estrogênios e insulina favoravelmente", e isso reduz o risco de câncer.

O estudo, publicado na revista "Cancer Epidemiology Biomarkers & Prevention", conclui que beber café, dado seu estendido consumo, pode ser uma estratégia adicional para reduzir o risco de câncer endometrial. No entanto, acrescentar muito açúcar ou creme "pode evitar os benefícios para a saúde".

"Não recomendamos que as mulheres bebam mais café somente para reduzir o risco de câncer de endométrio. No entanto, as mulheres que consomem café devem ter a certeza de que esta bebida, em geral, não é uma substância nociva e pode, inclusive, oferecer alguns benefícios para a saúde", destaca a pesquisa.

A autora principal enfatiza que as pessoas que participaram do estudo costumavam tomar café puro ou com pouco leite, açúcar ou creme. "Acrescentar grandes quantidades de açúcar ou creme ao café pode contribuir para o aumento de peso e à resistência à insulina, o que pode elevar o risco de câncer de endométrio, assim como outras doenças crônicas", adverte.


Por EFE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.