• Últimas Notícias

    terça-feira, 12 de abril de 2016

    Maluf sai da lista da Interpol: "só falta o Papa me canonizar"

    O nome do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), 84 anos, e de seu filho Flávio já não constam na lista pública de pessoas procuradas pela Interpol, a Organização Internacional de Polícia Criminal.

    O gabinete do deputado afirmou que a exclusão foi feita há 1 mês e meio. Maluf refere entre “duas e três semanas''. No entanto, segundo o blog do Fernando Rodrigues, do UOL, o deputado não quis revelar como conseguiu que seu nome fosse retirado da lista de procurados internacionais.

    A publicação entrou em contato com o deputado que comemorou e fez uma brincadeira: “Estou fora do mensalão, fora do petrolão, fora da Lava Jato, não estou no Panama Papers e votei a favor do impeachment. Agora, saí da lista vermelha da Interpol. Só falta o papa Francisco me canonizar'', disse Maluf.

    O deputado também foi questionado se achava justo ser “canonizado'' pelo papa (ser tornado santo da Igreja Católica), e respondeu: “Por tudo que fiz pela cidade de São Paulo, acho que eu mereço [a canonização]''.

    “Amanhã [hoje], 12 de abril, completo 49 anos de vida pública. Em 12 de abril de 1967 fui nomeado presidente da Caixa Econômica Federal. Tenho muitos serviços prestados'', destacou Maluf. *Notícias ao Minuto

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.