Ultimas Noticias

quinta-feira, 14 de abril de 2016

Impeachment: Câmara muda ordem da votação para este domingo

O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), voltou atrás e decidiu mudar a ordem de chamada dos deputados para a votação do impeachment neste domingo.
Agora, a votação será feita alternadamente entre deputados de Estados das diferentes regiões do país, chamando alternadamente primeiro uma bancada de um Estado do Norte e, em seguida, a bancada de um Estado da região Sul. Em cada Estado, a votação será por ordem alfabética por nome dos deputados. Votam todos os deputados de um Estado e, em seguida, todos do próximo.
A lista seguirá a seguinte ordem:
1 – Roraima - 8 deputados
2 – Rio Grande do Sul - 30 deputados
3 – Santa Catarina - 17 deputados
4 – Amapá - 9 deputados
5 – Pará - 21 deputados
6 – Paraná - 29 deputados
7 – Mato Grosso do Sul - 8 deputados
8 – Amazonas - 9 deputados
9 – Rondônia - 8 deputados
10 – Goiás - 17 deputados
11 – Distrito Federal - 8 deputados
12 – Acre - 8 deputados
13 – Tocantins - 8 deputados
14 – Mato Grosso - 8 deputados
15 – São Paulo - 70 deputados
16 – Maranhão - 18 deputados
17 – Ceará - 24 deputados
18 – Rio de Janeiro - 45 deputados
19 – Espírito Santo - 9 deputados
20 – Piauí - 8 deputados
21 – Rio Grande do Norte - 8 deputados
22 – Minas Gerais - 55 deputados
23 – Paraíba - 10 deputados
24 – Pernambuco - 25 deputados
25 – Bahia - 39 deputados
26 – Sergipe - 8 deputados
27 - Alagoas - 8 deputados
Mudança de critérios
Antes, Cunha havia definido que a votação seria feita seguindo a ordem dos Estados de Sul a Norte do país. Deputados da base aliada argumentavam que esse método poderia privilegiar a oposição, que espera um maior apoio ao impeachment nas regiões Sul e Sudeste.
A nova decisão de Cunha foi lida no plenário da Câmara pelo 1º secretário, Beto Mansur (PRB-SP), na tarde de hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.