• Últimas Notícias

    terça-feira, 26 de abril de 2016

    Ao Conselho de Ética, delator confirma repasse de R$ 4 mi para Eduardo Cunha

    Fernando Soares, o Fernando Baiano, durante a CPI da Petrobras na sede Justiça Federal Curitiba (PR) - 11/05/2015
    (Vagner Rosario/VEJA)
    O lobista Fernando Baiano, um dos delatores da Operação Lava Jato, afirmou ao Conselho de Ética da Câmara nesta terça-feira que fez pessoalmente repasses no total de 4 milhões de reais ao presidente Eduardo Cunha (PMDB-RJ) entre 2011 e 2012. Esse valor seria referente ao pagamento de propina no esquema de corrupção da Petrobras. Cunha é réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção e lavagem de dinheiro e responde a processo administrativo que pode levá-lo à cassação do mandato.


    A oitiva de Baiano foi marcada por restrições ainda inéditas no colegiado: o lobista, apontado pela Lava Jato como o operador de propinas para o PMDB, foi ouvido sem a presença de câmeras de filmagens ou fotográficas. Dizendo-se "constrangido", ele compareceu ao plenário do conselho somente após a retirada dos aparelhos eletrônicos e de pessoas que, diante da sala lotada, se mantinham em pé. A defesa ainda tentou que a sessão fosse secreta, com a presença apenas de parlamentares, mas o pedido foi rejeitado. (Veja)

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.