• Últimas Notícias

    terça-feira, 15 de março de 2016

    "Sou seu patrão". Diz Prefeito em bate boca em hospital municipal por demora no atendimento a filho

    O Sindicato dos Médicos vai entrar com representação por assédio moral contra o prefeito Eduardo Paes (PMDB-RJ) no Ministério Público do Trabalho. Ele teria sido agressivo com uma médica e a ameaçado de demissão, quando buscava atendimento para o filho Bernardo, de 11 anos, no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, neste domingo, 13. Paes, em entrevista ao site G1, nega a acusação e diz que cobrou da profissional que fosse mais atenciosa.

    Paes levou o filho ao Lourenço Jorge depois que o menino sofreu um acidente em uma partida de hóquei. Ele já havia passado por um hospital particular, mas a fila de espera era muito grande e o prefeito orientou a primeira-dama que levasse o menino para o Lourenço Jorge.

    Testemunhas disseram que o prefeito chegou ao hospital depois do filho e se queixou da demora no atendimento com a médica. Ela teria pedido, então, o documento para abrir o prontuário de entrada na unidade. "O prefeito resolveu agir de forma intempestiva, começou a gritar e a ameaçar a médica de demissão", afirmou o presidente do sindicato Jorge Darze.


    De acordo com funcionários, Paes teria usado a expressão: "Você sabe com quem está falando?". Ao que ele mesmo teria respondido: "Sou seu patrão". 

    *Por UOL

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.