• Últimas Notícias

    quinta-feira, 10 de março de 2016

    Diretor do Instituto de Pesos e Medidas do RN se reúne com presidente do Inmetro

    Na última terça-feira (8), o diretor do Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte (Ipem-RN), Cyrus Benavides, esteve em reunião com o presidente do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Luís Fernando Panelli Cesar, em Rio Comprido-RJ. No encontro, marcado com dirigentes de órgãos delegados do Inmetro de todo o Nordeste, foram apresentadas e discutidas as dificuldades enfrentadas pelas instituições na execução de suas atividades, tendo em vista o contingenciamento de recursos do governo federal para o custeio de todas as unidades regionais do Instituto e a minoração dos repasses aos órgãos delegados.
    Durante a reunião, Benavides ressaltou que, no mês de janeiro de 2016, o Ipem-RN obteve o melhor resultado no percentual das metas de toda a Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro (RBMLQ-I), e que, no entanto, foram repassados ao órgão potiguar 54 mil reais a menos que os valores pactuados em reunião com a Coordenação Geral da Rede (CORED) em setembro do ano passado. “Todos os cortes possíveis já foram feitos, e a fiscalização no interior do Estado encontra-se comprometida pela proibição do pagamento das diárias para fiscais e auxiliares”, expôs o diretor, que entregou um relatório pontuando todas as dificuldades vivenciadas pelo descumprimento do convênio e da repactuação feita para o ano de 2016.

    O diretor do Ipem-RN solicitou ainda que o presidente do Inmetro estivesse mais perto das unidades delegadas, tendo Panelli Cesar se comprometido a vir a Natal para conhecer as peculiaridades do trabalho do órgão na região. Foi entregue, ainda, um documento produzido conjuntamente pelos órgãos delegados do Nordeste, com pleitos e sugestões para amenizar a crise vivenciada pela rede.

    Em sua fala, o presidente do Inmetro pediu compreensão e externou a gravidade do contingenciamento imposto pelo governo federal ao Inmetro, à rede e aos órgãos delegados. “Medidas e estudos estão sendo providenciados para minorar o prejuízo dos órgãos delegados. Ainda serão necessários cortes, em razão do repasse menor, que só deverá se estabilizar em meados do ano”, assegurou o presidente do instituto. Ele ainda reafirmou o desejo de transparência e estreitamento dos laços entre Inmetro e órgãos da rede, e parabenizou o Rio Grande do Norte pelo trabalho desempenhado, mesmo em meio à maior crise já enfrentada pelo atual governo federal.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.