• Últimas Notícias

    sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

    Dados da Sesap mostram aumento de 84,2% nos casos de dengue

    Resultado de imagem para casos de dengueSegundo Boletim Epidemiológico emitido pelo Programa Estadual de Controle da Dengue (PECD), no Rio Grande do Norte foram notificados 3.310 casos suspeitos de dengue no período de 3 de janeiro a 6 de fevereiro, dos quais 264 foram confirmados. 

    Em relação ao ano passado, no mesmo período, se observa um aumento de 84,20% com relação à notificação. O órgão destaca que a maioria dos casos notificados está em processo de investigação (ignorados ou em branco) para conclusão.

    Nesse início de ano, o estado somou 12 municípios com alta incidência acumulada de dengue, que são municípios que notificaram mais de 300 casos da doença por 100.000 habitantes. São 87 municípios silenciosos, ou seja, não notificaram nenhum caso suspeito de dengue nesse período acima citado.

    Conforme a Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap), os municípios silenciosos são os mais preocupantes. Isso aponta para uma subnotificação de casos suspeitos e indica necessidade de sensibilizar os profissionais de saúde para a responsabilidade de notificarem todos os atendimentos que se enquadrarem na definição de caso suspeito para dengue definido pelo Ministério da Saúde.

    Com relação à notificação de chikungunya, foram notificados 13 casos suspeitos nesse mesmo período analisado e todos estão em investigação. Quanto aos casos de zika, foram notificados até a 5º semana epidemiológica deste ano 365 casos e destes cinco foram confirmados. Em 2015 apenas um caso foi notificado.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.