• Últimas Notícias

    terça-feira, 26 de janeiro de 2016

    Mototaxista de Campestre e um colega Passaefiquense morrem em acidente de trânsito em BR Pernambucana

    Fotos via Whatsapp - Foto Montagem O Paralelo
    Um grave acidente grave vitimou na manhã desta terça-feira (26), um campestrense na BR-104, altura do KM 61, nas proximidades do Polo Comercial de Caruaru.

    De acordo com as informações, uma colisão entre uma moto e um carro de passeio resultou em um morto e um ferido. Segundo informações a vitima fatal foi identificada pelo nome de Francisco de Assis Moreira, 28 anos, natural de São José do Campestre. 

    Atualizando.

    A outra vítima de 25 anos, natural de Passa e Fica foi identificado como , ele foi socorrido com várias fraturas e ferimentos para o Hospital Regional do Agreste, em Caruaru mas devido aos ferimentos e fraturas não resistiu e veio a óbito horas depois.

    Junior Cocão não resistiu
    e veio a óbito no hospital
    Ainda de acordo com as informações, o acidente teria sido provocado quando um dos homens, que guiava a moto, não teria usado a faixa lateral para entrar na BR, fazendo com que o motorista do carro de passeio não conseguisse frear a tempo e evitar o acidente, nenhum dos ocupantes do carro de passeio, com placa de Recife, se feriu. 

    Assis mototáxi, como assim era conhecido aniversariou ontem, segunda (25), até o mês passado trabalhou como mototaxista em Campestre e estava trabalhando atualmente em uma fábrica de gesso em Caruaru PE. 

    Veja as imagens:

    informações via WhasApp e portal agreste

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.