• Últimas Notícias

    quinta-feira, 28 de janeiro de 2016

    Invasores e vândalos do MST estão destruindo projeto de pesquisa da EMPARN em Caicó

    emparn_terraCoordenado pelo pesquisador José Araújo Dantas, da EMPARN, o Projeto de Avaliação e Recuperação de Áreas Degradadas da em parceria com BNB e FUNDECI envolve várias espécies florestais nativas e introduzidas, associadas a espécies forrageiras (Sistema Silvopastoril).

    O projeto é financiado com recursos públicos, mas depois de quatro anos de acompanhamento vem sendo objeto de destruição por animais pertencentes a invasores, vândalos do MST e de alguns vizinhos oportunistas, que vem assolando a Estação Experimental Mundo Novo da EMPARN, desde o final de dezembro de 2015.


    “Cercas são violadas, colchetes são derrubados. Um descalabro. O Seridó, região castigada pela seca e pelo processo de desertificação necessita dos resultados de pesquisas dessa natureza para recomposição de suas áreas degradadas, APPs e reservas legais. A EMPARN vem fazendo Por tratar-se de uma pesquisa de longo prazo, se nenhuma medida for tomada, depois de vários anos de acompanhamento, os resultados finais, objetivos e metas do projeto estarão seriamente comprometidos”, diz nota assinada pelos funcionários da EMPARN. *Com informações Robson Pires

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

    IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.