• Últimas Notícias

    quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

    Justiça concede liminar e WhatsApp volta a funcionar

    Aplicativo voltou a funcionarUma decisão desta quinta-feira (17) do Tribunal de Justiça de São Paulo determinou o restabelecimento do aplicativo de mensagens WhatsApp no Brasil. As operadoras de telefonia móvel ainda vão ser notificadas da determinação.
    De acordo com a decisão do desembargador Xavier de Souza, "em face dos princípios constitucionais, não se mostra razoável que milhões de usuários sejam afetados em decorrência da inércia da empresa" em fornecer informações à Justiça.

    Nova Cruz sedia a 1ª Feira de Artesanato Talentos do Agreste promovido pela Sethas RN

    O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas) e RN Sustentável, promove a 1ª Feira de Artesanato Talentos do Agreste, neste final de semana, em Nova Cruz. O evento faz parte da política de incentivo do artesanato que já beneficiou cerca de 3 mil artesãos do Rio Grande do Norte.

    A feira vai beneficiar 150 artesãos da região Agreste, que produzem artigos de diversas tipologias como sisal, crochê e cabaça. Também estarão presentes os trabalhadores dos empreendimentos do projeto Economia Solidária do território Agreste-Litoral Sul. Essa é a terceira feira regional promovida pelo Programa Estadual de Artesanato (Proart). As anteriores foram Seridó e Vale do Assú.

    A feira de artesanato acontece no complexo poliesportivo de Nova Cruz, até o próximo dia 19 de dezembro, das 17h às 22h. A abertura oficial será nesta sexta-feira, a partir das 17h, e contará com a participação do governador Robinson Faria e da secretária da Sethas, Julianne Faria.

    WhatsApp fora do ar? Saiba como usar o app mesmo com o bloqueio

    A Justiça de São Paulo determinou que o aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp seja bloqueado por todas as operadoras de telefonia brasileiras a partir das 0h00 desta quinta-feira, 17 de dezembro.  

    Se a Justiça tiver enviado essa determinação para todas as empresas de internet do Brasil, não apenas as operadoras mobile, o WhatsApp vai ficar bloqueado em qualquer rede, inclusive no WiFi da sua casa. Vai ser basicamente a mesma situação que acontece quando você tenha acessar um site de streaming que não opera no Brasil, por exemplo, e os servidores do site são bloqueados por região. Só que, nesse caso, o bloqueio vai acontecer internamente e não externamente.

    Porém, será possível acessar o mensageiro por meio de uma VPN, camuflando sua localização no globo e redirecionando seu tráfego por outro país. Ainda assim, é preciso que seus amigos e familiares façam o mesmo para que vocês possam conversar durante esse período.
    Qual VPN usar?
    Os três principais sistemas operacionais mobile contam com alternativas de VPN que podem ajudar nesta ocasião. Basta baixar os aplicativos gratuitos, configurar sua conta de usuário e pronto. Você estará navegando na rede como se estivesse acessando o conteúdo a partir de outro pais. 
    *Por TecMundo

    EAJ: Encerram sexta-feira (18) as inscrições em vagas complementares dos cursos técnicos semipresenciais

    Seguem abertas as inscrições para o preenchimento de vagas complementares nos cursos técnicos ofertados na modalidade de Educação à Distância (EaD), com encontros presenciais da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), Unidade Acadêmica de Ciências Agrárias da Universidade Federal do RN (UFRN).

    As inscrições gratuitas podem ser realizadas até sexta-feira (18) no horário das 8h às 11h e de 14h às 16h, nos respectivos polos de apoio do e-Tec/EAJ/UFRN. Os endereços estão presentes no Edital de Convocação.

    Ao todo são oferecidas 287 vagas, nos cursos de Agroindústria, Apicultura, Aquicultura, Comércio Exterior, Cooperativismo e Manutenção e Suporte em Informática ofertados nos municípios de Apodi, Assú, Caicó, Ceará-mirim, Macaíba, Monte Alegre, São Paulo do Potengi e Vera Cruz.

    Mais informações através do portal eletrônico http://www.etec.eaj.ufrn.br.

    Lula prestou depoimento secreto ao Ministério Público

    Hoje, pela manhã e em Brasília, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi ouvido pelo Ministério Público Federal. Você não ficou sabendo disso, nem praticamente ninguém ficou sabendo. A oitiva, de cerca de duas horas, ocorreu durante a manhã no prédio da Procuradoria-Geral de Justiça Militar, ramo do Ministério Público da União que apura crimes militares.

    O edifício fica no Setor de Embaixadas Norte, local ermo de Brasília. A presença do ex-presidente causou estranheza aos funcionários do órgão, cuja atuação nada tem a ver com investigações em curso envolvendo o nome de Lula ou pessoas de seu entorno.

    Lula foi visto no local por empregados do prédio entre 10h e 12h A Diretoria-Geral da Procuradoria-Geral de Justiça Militar informou à reportagem ter recebido um telefonema do Ministério Público Federal (MPF) na véspera, entre as 19h e 20h, solicitando o uso de uma sala no segundo andar para um "atendimento". Os servidores do órgão informaram que souberam que se tratava de uma oitiva de Lula quando o ex-presidente desceu do carro e se dirigiu à sala.

    Muito estranho, aconteceu de novo: Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 187 milhões no sábado

    Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 1.770 da Mega-Sena, cujo prêmio poderia chegar a R$ 175 milhões. O sorteio foi realizado nesta quarta-feira, em Tarumirim, Minas Gerais. A estimativa para o próximo sorteio, a ser realizado no sábado, dia 19, é que o prêmio chegue a R$ 187 milhões. 

    As dezenas sorteadas nesta quarta foram: 11 - 26 - 27 - 30 - 34 - 41.


    A quina teve 110 apostas ganhadoras. Cada vencedor receberá R$ 55.796,09. Já 8.861 apostas acertaram a quadra. O prêmio será de R$ 989,49 cada um.

    Do Paralelo: É de se estranhar tantos sorteios acumulados na mega-sena. Como vivemos em um país onde a corrupção reina em todos os setores, já carece uma investigação. 

    Para criador do whatsapp, Brasil se isola do resto do mundo ao bloquear o aplicativo

    EXTRA - Desde a meia-noite desta quinta-feira começou a valer o bloqueio do aplicativo WhatsApp, por determinação da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, que manteve o autor da ação sob sigilo. O criador do WhatsApp, Jan Koum, postou uma crítica à decisão da Justiça Brasileira, logo após o aplicativo parar de funcionar: “Estamos decepcionados com a decisão míope para cortar o acesso ao Whatsapp (…), e tristes por ver o Brasil se isolar do resto do mundo”:
      
    O assunto já é o mais comentado no Twitter e está em primeiro lugar nos tranding topics Brasil da rede social. Ao tentar enviar uma mensagem, o usuário visualiza apenas o sinal de que o processo não foi concluído (o ícone de um relógio).