• Últimas Notícias

    sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

    Câmara de Cruzeta entrega títulos de cidadania em sessão solene

    Clic na imagem para ampliar
    A Câmara Municipal de Cruzeta promoveu na noite desta quinta-feira (10) a tradicional sessão solene de entrega de Títulos de Cidadania Cruzetense. A honraria foi entregue num evento bastante concorrido que aconteceu no Clube Municipal. Foram 21 homenageados, que por força de lei municipal, passam a ser cidadãos de Cruzeta. Na mesa além da presidente do legislativo Sara Lobo, vereadores, prefeito Nena Dantas, secretários, autoridades locais e os convidados. 

    Ao levar sua palavra a presidente Sara Lobo contou da alegria do povo cruzetense em receber os novos filhos. “A partir de hoje quando nos encontrarmos, por estas ruas largos ou estreitas, aqui ou em qualquer lugar deste planeta, poderemos nos tratar como conterrâneos e dizer que somos filhos da cidade de Cruzeta”. Além da entrega dos títulos, o prefeito Nena Dantas recebeu uma homenagem pela indicação ao Prêmio “The Management Century”.


    Alguns dos homenageados usaram da tribuna para agradecer o reconhecimento e ao mesmo tempo reiterar o desejo de fazer mais pelo município. Os vereadores Aldeilsa Carneiro, Cypriano Pinheiro, Geraldo Raimundo, Itan Lobo e Mônica Maria, também levaram sua mensagem saudando aos novos cruzetenses.

    Padre é acusado de roubar R$ 3,8 milhões e usar dinheiro com namorado

    Uma ação judicial acusa um padre do Bronx, em Nova York, de ter roubado 1 milhão de dólares, cerca de R$ 3,8 milhões, de duas igrejas. De acordo com o jornal “NY Daily News”, o padre Peter Miqueli pagava mil dólares (R$ 3.800) por sessões de sexo com um amante, que exigiu que o sacerdote o chamasse de “mestre” e bebesse sua urina, segundo o processo.~

    Há seis anos, o padre e seu amante compraram uma casa em Brick, em Nova Jersey, e o pároco pagou mais de um milhão em dinheiro. O religioso também foi acusado de roubar dinheiro doado pelos fiéis para o conserto de um órgão da igreja e de usar drogas. “Esta ação busca para finalmente colocar um fim a essa conduta verdadeiramente pecaminosa”, diz um dos trechos da ação, que tem 36 páginas.

    Keith Crist seria namorado do padreO jovem acusado de ser namorado do padre, Keith Crist, é corréu na ação, mas se recusou a falar com a imprensa local. Segundo vizinhos contaram, a casa em Nova Jersey recebe vários visitantes do sexo masculino. A residência tem uma banheira de hidromassagem e, na garagem, há uma BMW.

    O processo foi aberto por paroquianos da igreja onde Miqueli é padre, e de sua antiga igreja. “Essas acusações de roubo e má conduta foram feitas há, pelo menos, 10 anos. É inacreditável que a diocese não possa chegar a uma conclusão sobre a má conduta de Miqueli quando há falta de um milhão de dólares”, disse o advogado Michael Dowd, que representa as duas paróquias. No Facebook, fiéis começaram uma campanha pedindo que o padre seja afastado da igreja.


    *Por Extra 

    PF decide intimar Lula para prestar depoimento na Zelotes, diz Estadão

    A Polícia Federal expediu mandado para que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja intimado a prestar depoimento na Operação Zelotes. 

    O mandado 6262 é do dia três de dezembro e define o comparecimento do ex-presidente na próxima quinta-feira, dia 17, na sede da Polícia Federal em Brasília.

    Governo do RN anuncia pagamento da segunda parcela do décimo

    O Governo do Estado do RN paga na próxima semana a segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos estaduais. O pagamento equivale a 60% do benefício. A primeira parcela, referente a 40% do décimo, foi paga em 19 de junho.

    Na próxima segunda-feira (14) será creditado o pagamento para os aposentados e pensionistas. Já os servidores ativos receberão na sexta-feira (18). O pagamento da segunda parcela do décimo terceiro dos servidores representa um incremento de R$ 215 milhões na economia do estado.

    O governador Robinson Faria (PSD) destaca que o governo tem empreendido todos os esforços para cumprir em dia o compromisso com o servidor público do Rio Grande do Norte. Blog do César Santos

    MPF denuncia ex-governadora Wilma de Faria por lavagem de dinheiro nas eleições de 2006‏

    Campanha de Wilma de Faria se beneficiou de R$ 200 mil doados irregularmente, e originados de esquema ilícito, por empresária condenada na Operação Hígia

    Resultado de imagem para Wilma de FariaO Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) denunciou a ex-governadora Wilma de Faria, sua filha Ana Cristina de Faria Maia e Carlos Roberto do Monte Sena, então esposo de Ana Cristina, pelo crime de lavagem de dinheiro. Os três estariam envolvidos no recebimento de R$ 200 mil para a campanha de reeleição, em 2006. O valor, doado pela empresária Jane Alves e seu marido Anderson Miguel, teve origem no esquema de corrupção desmascarado na chamada Operação Hígia.

    A denúncia do MPF, de autoria do procurador da República Fernando Rocha, aponta que o dinheiro foi repassado a Roberto Monte na agência do Banco do Brasil localizada no Centro Administrativo do Estado. O repasse, confirmado em depoimento pelo ex-gerente da agência, tinha como objetivo, segundo o Ministério Público Federal, ajudar na campanha de reeleição de Wilma de Faria e, assim, garantir a continuidade do esquema ilegal descoberto pela Operação Hígia.

    A Hígia desarticulou uma quadrilha especializada em fraudar licitações, superfaturar contratos e promover corrupção junto a agentes públicos de diversos órgãos estaduais. Os desvios de verbas ocorreram durante a gestão de Wilma de Faria. Em seu depoimento à Polícia Federal, Jane Alves apontou Ana Cristina como beneficiária indireta de propina, paga inclusive durante a campanha de 2006. O fato foi confirmado por Anderson Miguel e outros envolvidos no esquema.