• Últimas Notícias

    terça-feira, 29 de setembro de 2015

    Museu encontra prova de que o FBI encontrou alienígenas

    ET graySupostamente, o FBI ficou preocupado com a abertura de um museu sobre OVNIs, no Japão, de acordo com informações liberadas na semana passada. Notas referindo-se à proposta pesquisa do Centro Hakui para OVNIs, no Japão, parecem ter deixado as autoridades preocupadas pelo que os visitantes do centro poderiam encontrar.

    Arquivos a respeito do museu foram mantidos pelo governo dos EUA, alarmando assim os teóricos da conspiração sobre o porquê deles estarem tão preocupados.

    Informações sobre um caso em particular pareceram ser sobre a alegação de que o museu tinha encontrado um memorando que sugeria o fato do FBI ter encontrado três objetos metálicos, em forma de disco – cada um contendo ocupantes de 1 metro de altura.

    As informações relatavam: “Uma investigação para a Força Aérea declara que três, assim chamados discos voadores, foram recuperados no Novo México.  Eles foram descritos como sendo circulares, com centros elevados, e aproximadamente 15 metros em diâmetro. Cada[disco voador] era ocupado por três corpos de forma humana, mas com 1 metro de altura, vestidos em roupa metálica e de textura muito fina…

    Pátria Educadora: dobram casos de mensalidades escolares atrasadas no país

    Resultado de imagem para Dobram casos de mensalidades escolares atrasadas no país
    Dobrou neste ano o porcentual de famílias que não conseguiram manter em dia o pagamento das mensalidades de colégios e faculdades. De acordo com dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 19% das pessoas que ficaram inadimplentes neste ano citaram o atraso nas mensalidades escolares como o responsável pelo nome sujo. 

    No ano passado, a taxa era de 8%. A inadimplência com essas parcelas supera, inclusive, o porcentual de famílias que disseram estar com o nome sujo por atrasos com contas de água e luz - 9% dos inadimplentes. Na lista do SPC, pendências com o financiamento da casa própria correspondem a 8% e parcelas de condomínio a 7% do total de atrasados. 

    "Houve aumento de inadimplência em todas as áreas. O que preocupa é que todo mundo está com dificuldade de pagar as contas, até aquelas prioritárias, como educação", avalia Marcela Kawauti, economista-chefe do SPC Brasil.

    Recursos da terceira parcela do mês serão depositados na quarta-feira

    Na próxima quarta-feira (30) os municípios receberão a terceira e última parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de setembro.

    O valor depositado será de R$ 1.555.978.065,02, já com o desconto do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).


    Em valores brutos, somada a retenção do Fundo, o montante será de R$ 1.944.972.581,28.

    Água salgada corre na superfície de Marte todos os verões, anuncia Nasa

    De acordo com o novo estudo, as linhas que aparecem e somem em montanhas de Marte s são córregos formados por água salgada escorrendo (Foto: Nasa/JPL/Universidade do Arizona)
    (Foto: Nasa/JPL/Universidade do Arizona)
    A Agência Espacial Norte-Americana (Nasa) anunciou no começo da tarde desta segunda-feira que o planeta Marte possui, em sua superfície, veios estreitos de água salgada líquida que fluem entre montanhas do planeta. Imagens anteriores já revelavam essas formações rochosas e eram indícios de água no planeta vermelho, mas só neste momento a Agência confirmou a descoberta.

    O anúncio traz de volta à tona a discussão se Marte abriga vida microbiológica, ainda que a fonte e a composição química da água descoberta continuem desconhecidas. Os cientistas da Nasa desenvolveram e utilizaram uma técnica que analisa mapas químicos da superfície do planeta vizinho através da nave Reconnaissance Orbiter.

    Foram encontradas impressões digitais de sais que apenas se formam dependendo da existência de água em canais estreitos. Na solução, estão presentes sais de cloro e oxigênio (como cloratos e percloratos), reforçando a informação de que os canais tendem a aparecer e crescer durante os meses mais quentes em Marte e desaparecer durante o resto do ano. O sal reduz o estado sólido da água e, segundo os cientistas, isso explica esses fluxos salgados sazonais.