• Últimas Notícias

    quarta-feira, 6 de maio de 2015

    Suspeito de matar universitário no RN é preso e confessa, diz delegado

    A foto foi postada pelo estudante em uma rede social antes do desaparecimento em Natal (Foto: Arquivo pessoal)
    Foto postada numa rede social antes de desaparecer
    Policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom) prenderam na tarde desta quarta-feira (6), no bairro Pitimbu, na Zona Sul de Natal, dois homens suspeitos de participação na morte do universitário Máximo Augusto, de 23 anos, cujo corpo foi encontrado no último domingo (3) na zona rural de São Gonçalo do Amarante, município da região Metropolitana da capital potiguar.

    Ao G1, o delegado Fábio Rogério afirmou que um dos suspeitos admitiu ter matado o estudante por estrangulamento. O comparsa, ainda segundo o delegado, foi preso por ter ficado com o carro e alguns objetos que pertenciam ao estudante. 

    O veículo, que posteriormente foi abandonado, foi encontrado nesta terça-feira (5). Na mala, foi encontrada a roupa de Máximo. O corpo dele foi encontrado nu e com marcas de espancamento. A identificação só foi possível após análise das impressões digitais, exame realizado no Itep.

    De acordo com a Polícia Civil, Máximo esteve em uma boate na Zona Sul de Natal na madrugada do dia 1º de maio. Ele saiu da boate com duas amigas e as deixou em casa. Em seguida, seguiu para a boate Vogue, no bairro de Candelária, também na Zona Sul da capital.

    Da boate, o universitário foi visto saindo com um homem que segurava um capacete. O segurança suspeitou da situação e chegou a perguntar ao estudante se estava tudo bem com ele. Ao receber uma resposta positiva de Máximo, viu o jovem deixar o local acompanhado do homem.

    Polícia encontra túnel que daria acesso à empresa de transporte de valores em Natal

    FOTOS: SÉRGIO COSTA / PORTAL BO
    FOTO: SÉRGIO COSTA / PORTAL BO
    A Polícia Civil descobriu um túnel que daria acesso a uma empresa de segurança privada, que trabalha com transporte de valores. Escavações estavam sendo feito de uma casa, na rua Santa Teresa, no Bom Pastor, já chegando na rua Osório Tenório, onde funciona a empresa de segurança.
    Uma equipe da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) esteve no local, mas ainda não se pronunciou sobre o caso. A suspeita é que criminosos estivessem fazendo o túnel para ter acesso ao interior da empresa de segurança e roubar dinheiro que estivesse lá.
    Ainda não se sabe também como a polícia chegou ao local, se através de investigações ou denúncia anônima.
    Fonte: Portal BO

    Banco do Brasil de Caraúbas é arrombado e 2 elementos e um policial foram presos

    A Agência Banco do Brasil em Caraúbas, na região oeste do estado do Rio Grande do Norte, foi arrombada na madrugada desta quarta-feira, dia 06 de maio, por volta das 02h10min, por cinco elementos com apoio de um policial.


    Os elementos chegaram em um veículo S10, de cor preta, um ficou fora fazendo a cobertura e quatro entraram dentro do estabelecimento financeiro. Com equipamentos desligaram as Câmeras e todo o sistema de segurança, logo após, abriram alguns caixas eletrônicos com uma furadeira.
    O GTO de Patu, com apoio do GTO de Apodi sob o comando de Capitão Carvalho e outras polícias da região foram acionadas pelo sistema de segurança antes deles desligarem todo o sistema, que chegaram a tempo e prenderam a pessoa de Francisco Wilton Costas Lucena, de 40 anos. Quando os outros elementos que estavam dentro do estabelecimento bancário perceberam a movimentação apreenderam fuga no veículo S10 com destino a cidade de Mossoró levando uma certa quantidade em dinheiro, deixando um estrago grande no interior do Banco.

    Francisco Wilton Costa Lucena, que foi preso em flagrante delito, contou aos policiais e ao Delegado Dr. Erick Gomes, que participou da operação com sua equipe, que o bando contou com a participação de um policial da guarnição de Caraúbas, que estava dando proteção aos elementos, garantindo aos mesmos que nenhuma polícia iria intervir no arrombamento.

    De imediato Capitão Carvalho foi até a 3ª Companhia de Polícia Militar e prendeu o soldado que estava fazendo a proteção dos elementos. De acordo com informação do Delegado Erick Gomes, o policial ligou dizendo que estava tudo tranquilo e não tinha necessidade da equipe sair naquele momento. Em seguida a polícia começou a realizar diligencias e conseguiu prender mais um elemento.