Ultimas Noticias

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Prefeitura do RN lança concurso pública com 60 vagas ofertadas

Quem estiver interessado em participar do Concurso Público da Prefeitura de Equador, deve se inscrever até o dia 7 de janeiro de 2016. O concurso  é organizado pela Associação Técnico Científica Ernesto Luiz de Oliveira Júnior (ATECEL) e prevê salário mensal de R$ 788,00 a R$ 2.053,70, por jornadas de 20 a 40 horas semanais.

Os cargos disponíveis são de Agente de Comunitário de Saúde, Agente de Endemias, Motorista (Transporte Escolar e Transporte de Emergência), Agente Administrativo, Auxiliar de Consultório Dentário, Orientador Social, Técnico em Enfermagem, Técnico em Laboratório, Pedagogo, Assistente Social, Enfermeiro, Fiscal de Tributos, Fisioterapeuta, Medico (Plantonista e ESF), Nutricionista, Odontólogo, Psicólogo, Procurador Jurídico e Professor (Ciências, Educação Física, Ensino Infantil e 1º ao 5º ano).

Para concorrer a uma das vagas, é necessário efetuar inscrição via endereço eletrônico: atecel.org.br ou equador.rn.gov.br, até 7 de janeiro de 2016. É cobrada taxa de inscrição no valor de R$ 50,00 para cargo de nível fundamental, de R$ 75,00 para cargo de nível médio e de R$ 95,00 para cargo de nível superior.

Todos os candidatos serão submetidos à prova objetiva, prevista para acontecer no dia 17 de janeiro de 2016, em local a ser informado a partir do dia 13 de janeiro de 2016. Também haverá análise de títulos, aplicável para alguns participantes, com documentação a ser enviada entre os dias 18 e 25 de fevereiro de 2016.


* Fonte: Prefeitura do Equador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.