Ultimas Noticias

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Deputado Sílvio Costa é punido com censura após criticar Eduardo Cunha

O deputado Sílvio Costa (PSC-PE) foi punido nesta quinta-feira (5) com censura escrita após ter criticado o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
A punição foi determinada pela Mesa Diretora da Câmara, órgão que reúne 11 deputados e é presidido por Cunha, e seguiu recomendação do parecer do corregedor Carlos Manato (SD-ES).Costa tem sido um dos principais críticos do presidente Eduardo Cunha.
A censura escrita é uma das punições mais brandas das previstas no Código de Ética da Câmara. As penalidades vão de censura verbal ou escrita, suspensão de prerrogativas parlamentares (como relatar projetos e discursar em plenário) até a cassação do mandato.

Em julho, o deputado acusou Cunha de “proteger bandido” por ter adiado depoimento de um dos investigados pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) das Próteses. A comissão foi instalada após reportagem do “Fantástico”, da Rede Globo, mostrar negociações entre médicos e empresas para a realização de cirurgias de implantação de próteses, mesmo sem indicação médica.
“Vossa excelência vai ter que explicar por que está protegendo bandido”, Costa afirmou em plenário, se dirigindo a Cunha, em sessão do dia 1º de julho. Naquela data Cunha havia acatado recurso dos advogados de Miguel Iskin, da empresa Oscar Iskin, para conceder mais prazo para o seu depoimento à CPI.
A representação contra Costa foi apresentada pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP). Apesar de colegas de partido, esta não é a primeira vez que Feliciano investe contra Costa após este atacar Eduardo Cunha. *Por UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ATENÇÃO LEITOR: O Blog não se responsabiliza pelas opiniões e comentários. Em geral, o nosso Blog não analisa nem endossa o conteúdo dos comentários. Não permitimos o uso de linguagem ofensiva, spam, fraude, discurso de violência, comportamento violento ou negativo, conteúdo sexualmente explícito ou que invada a privacidade de alguém.

IMPORTANTE: Este Blog aceita comentários anônimos mas repudia a falsidade ideológica. Recomendamos aos leitores utilizarem o seu nome, sobrenome e e-mail (caso tenha algum), dos quais sejam legítimos para identificação.