• Últimas Notícias

    sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

    Sofrencia em alta: para tocar no Réveillon, Pablo vai receber mais que Brown e Daniela

    O astro do arrocha Pablo continua em ascensão no mundo da música. O cantor vai se apresentar no Réveillon em Salvador na Praça Cayru, no Comércio, e vai receber mais pelo show do que cantores já consagrados, como Daniela Mercury e Carlinhos Brown, que também se apresentam no evento de fim de ano da Prefeitura.
    Dos artistas divulgados, Pablo vai receber R$ 250 mil. Brown e Daniela receberão R$ 200 mil, assim como Wesley Safadão. O cantor Saulo receberá R$ 180 mil. Por fim, o grupo de pagode Harmonia do Samba vai faturar R$ 90 mil pela participação na festa.
    Outros artistas que vão se apresentar no Réveillon de Salvador, como Ivete Sangalo, Claudia Leitte e Psirico, não tiveram os cachês divulgados até agora. Os valores acima foram publicados no Diário Oficial do Município do dia 23. A publicação ainda traz valores para o Festival de Jazz na Barra e a Feira da Cidade em São Joaquim, também parte da programação de Ano Novo da cidade.
    No Festival de Jazz, Yamandu Costa receberá R$ 56 mil, Wagner Tiso R$ 24.910, Hermeto pascoal R$ 77 mil, Ed Motta R$ 58.255  e a Orquestra Neojibá R$ 25 mil, entre outros. Para tocar na Feira da Cidade, Otto tem contrato de R$ 65 mil e BaianaSystem de R$ 45 mil. 

    O custo total para os oito dias de festa (de 28 a 4 de janeiro), que ainda inclui a Feira de São Joaquim e um festival de jazz na Barra, deve ser de R$ 6,5 milhões – mas, de acordo com a prefeitura, 70% do valor será bancado pela iniciativa privada. (Correio)

    Vídeos com ameaças contra o tenente Styvenson Valentim “viralizam” no Whatsapp

    Dois vídeos de com palavras ameaçadoras e desafiadoras contra o tenente Styvenson Valentim, do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE), tiveram grande circulação nas redes sociais, especialmente, no Whatsapp, durante o feriado de Natal nessa quinta-feira (25). No 1º vídeo, um jovem ingerindo bebida alcoólica em uma residência na praia de Búzios, litoral sul do estado, faz um desafio a uma possível blitz e, por fim, fala em dar “cinco tiros na cara” do policial militar.

    No segundo vídeo, um homem dirige e na companhia de amigo(s) também desafia o oficial da polícia e algumas frases chocam, como por exemplo: “vou dar um murro naquele policial, o “steves”e, “vamos colocar o carro por cima da blitz dele e passar por cima da perna dele”. Além das frases em tom de ameaça, um carona que não aparece na filmagem pergunta ao motorista pelo revólver, e mais uma vez, em tom “inibidor”, o personagem do vídeo fala que está na cintura.

    Informações extraoficiais dão conta que o tenente já ciente dos vídeos e medidas penais poderão ser realizadas contra os dois personagens.


    *Com informações do BG