• Últimas Notícias

    domingo, 28 de setembro de 2014

    Natal: Ex-vereador morre à espera de um transplante de fígado

    O ex-vereador de Natal, Jorge Araújo, que chegou a se filiar ao PMDB e PSD, morreu hoje (28) em Fortaleza onde fazia tratamento à espera de um transplante de fígado. 

    O corpo chegará ao Rio Grande na madrugada desta segunda-feira (29), sendo velado na zona Norte e sepultado no Cemitério Parque da Passagem, em Extremoz, às 16h. 

    Jorge teve forte atuação no movimento estudantil nos anos 80. Ele deixa a viúva e uma filha de quinze anos.

    RN está entre Estados onde foram criados novos projetos de assentamento rural

    Nesta sexta-feira (26), foram criados 33 novos projetos de assentamentos, em diversas regiões do país, que, juntos, formam uma área de 64 mil hectares destinada à reforma agrária.

    A ação beneficia diretamente 1.600 famílias de agricultores, segundo a informação prestada pela assessoria de comunicação social do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), na capital federal.

    Os assentamentos criados estão em 13 Estados, dentre eles o RN.
    No RN, foi criado oficialmente o projeto de assentamento rural Fazenda Catanduba, localizado entre os municípios de Macaíba e Vera Cruz, com uma área total de 388,2991 ha.
    Ainda segundo a informação do MDA, as demais unidades estão distribuídas nos seguintes Estados: AC, AL, PA, BA, CE, DF, GO, MA, MG, PB, PR, RJ e SE. (Pauta Aberta)

    Carreata de Tomba é vaiada por eleitores em Currais Novos

    rejeição pela classe política no Rio Grande do Norte está alta, principalmente por políticos que já tiveram oportunidade e não mostraram trabalho. 

    A população apresenta um senso crítico mais elevado e cobra propostas e trabalho (dos que já tiveram a oportunidade). 

    Em Currais Novos, mesmo o já deputado estadual Tomba tendo o apoio de várias lideranças, como: Zefinha Moura, Pastor João Batista, Sérgio da CHESF, Dr. Eduardo e outros foi mal recepcionado pela população que rejeitam os políticos que não mostram serviço.

    Tomba está no final de seu mandato de deputado estadual, mas não apresentou trabalho sólido a Currais Novos, apenas um calçamento em vésperas de eleição na rua da escola particular de um de seus apoiadores.


    Apesar desta manifestação ser democrática e essa rejeição ser normal em várias cidades do estado o deputado Tomba figura entre os mais cotados à reeleição, segundo as últimas pesquisas.

    Veja o Vídeo na fanpage Seridoense AQUI

    Cição Bandido, fenômeno nessas eleições e Joana Pires visitam a feira livre de Santa Cruz

    Candidato a Federal Cição e Joana Pires, candidata a deputada estadual em Santa Cruz
    Quase passa despercebida pela imprensa local e visita de Cição Bandido na feira livre de Santa Cruz na manhã desse sábado 27, o novo fenômeno dessas eleições 2014 estava acompanhado da candidata a deputada estadual, Joana Pires (PCdoB). Cição, que é candidato a Deputado Federal pelo PHS, discursou na feira livre e no curral do comércio de gado, onde dezenas de agricultores e comerciantes ouviram as propostas dos dois candidatos. 

    Cição Bandido vem tirando o sono de candidatos de alto prestígio na região do Seridó. Considerado o fenômeno dessas eleições a cada dia ganha admiradores em todo o estado do RN. Cição ficou famoso por fazer protestos inusitados, ano passado ele levou carcaças de bois e despejou na frente do armazém da Conab em Caicó, por essa ação Cição acabou preso e gerou protestos nas redes sociais contra a detenção, a população apoiou a atitude do irreverente, folclórico e novo líder seridoense que teve repercussão na mídia nacional. 

    Em recentes pesquisas, como exemplo, a Certus/blog do BG, Cição aparece na cabeça, preferência total do povo seridoense. Alguns analistas acreditam que o voto de protesto em Cição Bandido poderá tirar do pário alguns caciques na corrida para a Câmara Federal.

    O Paralelo

    Bancários rejeitam proposta de 7,35% e iniciam greve terça-feira 30

    A Fenaban provou mais uma vez que está brincando com a categoria bancária. Em nova reunião de negociação neste sábado (27/9), os banqueiros apresentaram uma proposta de 7,35% para a maioria dos bancários e 8% sobre o piso salarial da categoria. A negociação foi convocada no sábado para tentar enfraquecer o movimento e não atrapalhar a reeleição da presidenta Dilma Rousseff.

    Os bancários rejeitaram a esmola e abandonaram a mesa de negociação. Com isso, a greve geral dos bancários está mantida para a próxima terça-feira, 30 de setembro. No Rio Grande do Norte, a categoria se reúne dia 29 de setembro, às 18h, no auditório do SESC Centro (por trás do Banco do Brasil da avenida Rio Branco, Cidade Alta) para avaliar o movimento e acertar os últimos detalhes da estratégia que será usada durante a greve.
    Fonte: Bancários do RN

    Confira o quadro da pesquisa estimulada para o governo por região

    gov_estim_regiao_770

    Apostas de ES e MS acertam Mega-Sena e dividem R$ 55 milhões

    A Caixa Econômica Federal (CEF) sorteou na noite deste sábado (27) as dezenas do concurso 1.639 da Mega-Sena. O sorteio para o prêmio máximo de cerca de R$ 55 milhões foi realizado em Pinheiros (ES). Uma aposta de Colatina, ES, e outra de Campo Grande, MS, acertaram os números e levam R$ 28.473.749,18 cada.
    Veja as dezenas: 16 - 29 - 34 - 35 - 49 - 51.
    De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), com o valor do prêmio, o ganhador poderá comprar quatro prédios, com 30 apartamentos cada, ou ainda 13 helicópteros de luxo. Se quiser investir, aplicando o prêmio de R$ 55 milhões na poupança, poderá se aposentar com uma renda de de R$ 324 mil por mês, o equivalente a mais de R$ 10 mil por dia.
    A quina teve 228 acertadores e cada vai ganhar R$ 25.837,80, enquanto os 13.321 que fizeram a quadra receberão R$ 631,76 cada. O valor estimado para o próximo sorteio, que será realizado no dia 1º de outubro, é de cerca de R$ 24,5 milhões. Por G1

    Henrique 33% e Robinson 32,3% estão empatados no 1º e 2º turnos, segundo pesquisa Seta

    Os candidatos Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Robinson Faria (PSD) estão praticamente empatados na corrida para o governo estadual, informa a Seta/Nominuto divulgada neste domingo (28). Na pesquisa estimulada, Henrique tem 33%, e Robinson aparece com 32,3%. Robério Paulino (PSOL) tem 1,9%. Araken Farias (PSL) e Simone Dutra (PSTU) têm o mesmo percentual, 0,6%. Brancos e nulos somam 22,8%, e indecisos (não sabe) totalizam 8,8%.
    Espontânea
    Na espontânea, Henrique aparece com 27,5% das intenções de voto, seguido por Robinson com 26,5%, diferença de apenas um ponto percentual. Robério tem 1,6%. Simone tem 0,4%, e Araken, 0,2%. Brancos e nulos somam 18,8%, e indecisos totalizam 25%.
    gov_espon_7702
    Segundo turno
    Na simulação de segundo com os dois mais votados, Henrique e Robinson também estão empatados. O candidato do PMDB tem 35,4%, contra 35,2% dados a Robinson.
    gov_segundo_770

    Rejeição
    No quesito rejeição, Henrique lidera com 26,9%. Robinson é rejeitado por 15,5% dos entrevistados da Seta/Nominuto. Robério Paulino tem rejeição de 6,2%; Araken de 4,5%; e Simone tem de 3,6%. Brancos e nulos somam 23,2%, indecisos são 20,1%.
    gov_rejei_7702
    O Instituto Seta de Pesquisas ouviu 1.700 eleitores entre os dias 23 e 25 de setembro nas principais regiões do Estado do Rio Grande do norte. A margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos. O intervalo de confiança é de 95%. A pesquisa Seta/Nominuto foi registrada no TRE sob o protocolo RN 00035/2014.

    Fátima mantém vantagem de 10 pontos sobre Wilma, aponta pesquisa Seta

    A candidata ao Senado Fátima Bezerra (PT) mantém 10 pontos percentuais de vantagem sobre Wilma de Faria (PSB), informa a Seta/Nominuto divulgada neste domingo (28). Na pesquisa estimulada, a petista tem 37,4% das preferências, contra 27% de intenções de voto na ex-governadora.
    Roberto Ronconi (PSL) está com 1,6% (Ronconi ainda aparece na pesquisa porque a decisão do TRE de cassar seu registro ocorreu durante a coleta dos dados). Ana Célia (PSTU) tem 0,6%, e Lailson Almeida (PSOL) tem 0,5%. Brancos e nulos somam 23%, e indecisos (não sabe) totalizou 9,9%.