• Últimas Notícias

    quinta-feira, 5 de junho de 2014

    A vingança de Rosalba Ciarlini contra José Agripino

    67ui6767u6uuA informação correu como rastilho de pólvora, na manhã desta quinta-feira: caso seja preterida no próprio partido, a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) renunciaria ao governo do Rio Grande do Norte, entregando a gestão aos adversários do DEM, no caso, o vice-governador Robinson Faria (PSD) e o PT. 

    Segundo fontes, ligadas a Carlos Augusto Rosado (marido de Rosalba e secretário-chefe do Gabinete Civil), que pediram sigilo, seria uma espécie de vingança do casal ao fato de estar sendo massacrado no DEM do senador José Agripino Maia, que trabalharia para naufragar a possibilidade de reeleição de Rosalba com objetivos nítidos de fortalecer o palanque de Henrique Eduardo Alves (PMDB) e Wilma Maria de Faria ao governo e ao Senado, respectivamente.

    Há cerca de trinta dias, os bastidores da política foram tomados pela informação de insatisfação do casal que administra o Estado para com o próprio partido administrado pelo senado José Agripino Maia. Mesmo em dificuldades administrativas, Rosalba esperava um gesto político de Agripino pelo fato de ter permanecido no DEM quando foi convidada a migrar para o PSD. O gesto em favor de Agripino significou dificuldades para o governo e afastamento da base da presidente Dilma Rousseff.


    fonte:Jornal de Hoje

    Senado aprova projeto que proíbe revista manual nos presídios

    Foi aprovado nesta quarta-feira (4), no Senado, o projeto de lei que proíbe a revista íntima – na qual os vistoriados precisam ficar sem roupas – em estabelecimentos penais do país. Pela proposta, todos os visitantes devem ser revistados por meio de equipamentos eletrônicos, como detectores de metais ou de raio-x, e, nos casos em que houver necessidade de fiscalização mais detalhada, ninguém poderá ser obrigado a ficar nu. 

    A matéria determina ainda que só devem ser submetidos à revista pessoal, com contato direto entre o visitante e o agente penitenciário, pessoas que não possam passar em equipamentos eletrônicos. A exceção também vale para casos em que os aparelhos flagrarem objetos ou substâncias suspeitas. 

    O texto, aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), segue, se não houver recurso, diretamente para votação na Câmara.

    Policia Militar consegue evitar assalto a agencia do Bradesco de Baraúna e na troca de tiros um dos bandidos foi morto


    Na madrugada de hoje, 05 de Junho a Policia Militar da cidade de Baraúna foi acionada pela empresa responsável pela segurança da agencia do Banco na cidade, para verificar o alarme de arrombamento na agencia. Apenas dois policiais estavam de plantão, sem viatura e com pouca munição no armamento. 

    Os militares encontraram as portas abertas e dois indivíduos no interior do estabelecimento. Enquanto um preparava os equipamentos para abrir os caixas eletronicos o outro cuidava da segurança. Os policiais entraram e chegaram a conversar com os acusados. 

    Um deles se identificou como segurança do local, mas quando percebeu que havia sido reconhecido pelo policial que o abordou reagiu sacando uma pistola. Houve troca de tiros e um deles foi alvejado e morreu a caminho do hospital local para onde estava sendo socorrido. 

    Outro elemento, que os policiais acreditam que tenha sido baleado, conseguiu fugir com apoio de outra pessoa que estava em um veiculo estacionado fora da agencia. O individuo morto portava uma pistola Ponto 40 cromada, usava colete a prova de balas e uma proteção na cabeça “Bala Clava”, para não ser identificado. Ele estava sem documento de identificação.

    As portas de vidro da Agencia foram destruídas durante a troca de tiros. Os equipamentos que seriam utilizados para abrir os caixas foram abandonados dentro da Agencia.

    Mais fotos

    Mundo: Atirador mata 3 policiais e deixa 2 feridos no Canadá

    Um atirador matou três policiais canadenses e deixou outros dois feridos na cidade de Moncton, na província de New Brunswick, litoral leste do país. A informação foi confirmada por agentes oficiais. A Polícia solicitou aos moradores de um dos bairros da cidade que não saiam às ruas e busquem refúgio até que ele seja detido.

    "Permaneçam no interior (de suas casas) com as portas fechadas. Busquem refúgio. Motoristas evitem a área", afirma o twitter da polícia, que não ofereceu nenhum outro detalhe sobre o incidente.

    Senado aprova 'Lei da Palmada' e texto segue para sanção de Dilma

    A apresentadora Xuxa Meneghel (c), o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e a ministra da Secretaria de Direitos Humanos, Ideli Salvatti (d), na mesa da presidência do Senado.

    O Senado aprovou nesta quarta-feira, 4, a chamada "Lei da Palmada", que busca coibir maus-tratos e violência contra crianças. Após quatro anos de tramitação no Congresso, agora a proposta segue para a sanção da presidente Dilma Rousseff. O texto altera o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e determina que pais não podem impor castigos que resultem em sofrimento ou lesões nos filhos. 

    A votação foi acompanhada pela apresentadora de TV Xuxa Meneghel, que se emocionou após a aprovação do projeto. Ela chegou ao plenário do Senado com o neto do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), e ficou ao lado do senador durante o debate. A ministra dos Direitos Humanos, Ideli Salvatti, também estava presente.


    No início da tarde, Calheiros e Ideli precisaram apelar ao senador Magno Malta (PR-ES), para que ele permitisse a votação da matéria na Comissão de Direitos Humanos. Malta tentou obstruir a apreciação com um pedido de vista - o regimento dá aos senadores prazo de cinco dias para esse propósito. A bancada evangélica se colocou contra a proposta desde o início, alegando temer a "interferência" na educação familiar.

    Castigo

    No plenário, Malta voltou a protestar. "Tapa na bunda, colocar de castigo ou cortar mesada? Não existe receita pronta. Às vezes, o último recurso é o castigo. Não é punindo os pais que vamos construir uma sociedade mais fraterna". (Portal 24 Horas)

    Do Paralelo: Se antes dessa lei a molecada casava e batizava em casa, depois dessa irão dar de cassete nos pais. (é "brasil")