• Últimas Notícias

    quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

    Polícia pedirá quebra de sigilo telefônico da mãe da jovem morta com dinamite

    O delegado Rodrigo Luiz Jayme, que investiga a morte do padrasto e enteada encontrados em trilha em bosque em Pirenópolis (GO), vai pedir a quebra do sigilo telefônico da mãe da jovem. No entanto, ela não é considerada suspeita, apesar de a polícia não descartar a possível participação de outras pessoas no crime.  
    O assassinato pode ter sido premeditado por uma das vítimas. A perícia confirmou que Joaquim Lourenço da Cruz, 47 anos, e Loanne Rodrigues da Silva Costa, de 19, morreram após a explosão de dinamite fixada nos corpos dois dois.  
    Segundo Rodrigo Luiz Jayme, existem fortes indícios de que Cruz tenha planejado o crime, já que todos os objetos encontrados perto dos corpos, como cordas, faca e até uma barraca pertenciam a ele. Joaquim Cruz trabalhava em uma pedreira de da cidade, que fica a 150 km de Brasília, tinha conhecimento e experiência com os explosivos.
    Testemunhas disseram ao delegado que o padrasto foi até o local horas antes do crime e teria deixado tudo pronto. Os corpos foram achados abraçados, com os pés amarrados com cordas e fitas na boca. O delegado descreveu que eles estavam dilacerados.  
    Loanne morava em Anápolis (GO) onde estudava enfermagem e estava visitando a mãe em Pirenópolis. Na tarde desta segunda-feira (10), ela e o padrasto saíram para tirar fotos em uma trilha da cidade, para montar um álbum no Facebook. A mãe da jovem chegou a acompanhá-los até certo ponto do caminho, mas foi para casa. Como eles demoraram a voltar, após tentativas de contato com os dois por celular,  a mãe registrou ocorrência na delegacia da cidade como desaparecimento. Os bombeiros começaram as buscas e depois de 15 horas encontram os corpos das vítimas amarrados em uma mesma árvore.
    R7

    Grupo diz ter descoberto como converter pensamentos caninos em palavras

    Um grupo de pesquisadores escandinavos diz ter encontrado a maneira de traduzir pensamentos caninos em palavras humanas e agora eles pretendem colocar um aparelho que faz isso à venda. Portanto, estão pedindo ajuda em uma campanha de financiamento colaborativo.

    Divulgado pelo Indiegogo, o No More Woof é um dispositivo parecido com um fone de ouvido que é encaixado à cabeça do cão e, com ajuda de um pequeno computador e gravadores, garante captar os fluxos de corrente iônica do animal para convertê-los na linguagem conhecida pelo homem.

    O cão seria capaz de "falar" coisas como "estou cansado", "estou com fome" e até expressar curiosidade ao ver um rosto novo com um "quem é você?". Essas opções são as que constam na versão mais modesta do aparelho, que custa US$ 65 e a empresa promete entregar em abril de 2014.

    O problema é que não há garantias sobre o desenvolvimento da ideia. O próprio ST, o laboratório por trás do No More Woof, admite que ainda estão "muito longe" de um produto de massa, embora tenham conseguido "alguns resultados".

    Talvez seja por isso que, faltando 59 dias para o fim do prazo da campanha de financiamento, eles ainda não tenham arrecadado nem um centavo dos US$ 10 mil pedidos.

    Por Olhar Digital

    Comissão da Educação lança manifesto em defesa do piso dos professores

    A deputada federal Fátima Bezerra (PT-RN) participou nesta quinta-feira, 18, na Comissão de Educação, do lançamento do “Manifesto em Defesa do Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério da Educação Básica Pública”.        
    O manifesto aprovado por unanimidade informa que “a instituição do piso salarial foi um passo fundamental no processo de valorização do magistério da educação básica, previsto na Constituição Federal, e que é inaceitável que o Congresso Nacional acolha qualquer proposta que represente um retrocesso, restringindo os avanços promovidos pela lei aprovada em 2008”.
    O texto também apela aos gestores da federação para que busquem alternativas que não gerem prejuízos aos professores brasileiros.

    Governo lança operação para reduzir violência no trânsito

    O governo federal lança hoje (19) a Operação Integrada de Enfrentamento à Violência no Trânsito 2013/2014. Será às 15h, no Ministério da Justiça. Coordenada pela Polícia Rodoviária Federal, a operação tem o objetivo de fazer uma fiscalização intensa nas rodovias federais para alertar os motoristas sobre os riscos da imprudência no trânsito.
    Na mesma cerimônia, o Ministério das Cidades lança a campanha Resgate, que será veiculada até 23 de janeiro.
    Participam do lançamento os ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, da Justiça, José Eduardo Cardozo, dos Transportes, César Borges, e da Saúde, Alexandre Padilha.

    Juiz aponta Lauro Maia agia na residência oficial

    A Justiça Federal no Rio Grande do Norte (JFRN) condenou onze pessoas envolvidas num esquema fraudulento que desviou cerca de R$ 36 milhões no âmbito da secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap).  A quadrilha, segundo o juiz Mário Jambo, era liderada pelo advogado Lauro Maia, filho da ex-governadora Wilma de Faria. O grupo tinha ramificações em diversos setores da secretaria e operava os crimes de dentro da residência oficial do Governo. “Ele [Lauro Maia] transformou um prédio público em um epicentro de corrupção e tráfico de influência”, escreveu o magistrado na sentença de 287 páginas publicada ontem.

    A peça jurídica desseca em detalhes como agiam os operadores do esquema desvendado pelo Ministério Público Federal (MPF) através da Operação Hígia. O juiz faz uma análise das provas apresentadas pelo parquet, bem como contrapõe as informações com os depoimentos prestados pelos então acusados de envolvimento na fraude.

    O resultado é uma decisão que condenou onze pessoas e absolveu mais três pelos crimes de dispensa ilegal de licitação, prorrogação ilegal de contrato administrativo, estelionato, corrupção ativa, corrupção passiva e tráfico de influência. As penas variam entre pagamento de multa e prestação de serviços à comunidade até reclusão superior a 16 anos. Cabe recurso e ninguém será preso até que o processo seja julgado em última instância.

    Em sua decisão, o juiz Mário Jambo ressalta o caráter devastador do crime de corrupção cometido pelos condenados. “A corrupção é um delito devastador em relação à credibilidade da Administração Pública. Além do dano moral, causa gigantesco prejuízo aos cofres públicos e é executado de forma dissimulada e silenciosa”, escreveu.

    Tribuna do Norte

    Atriz de 'Malhação' sofre acidente no Rio e está em estado grave

    Mariana CortinesA atriz Mariana Cortines, de 24 anos, que interpretou Kika na temporada de "Malhação" que terminou em julho, sofreu um acidente de carro na madrugada desta quarta-feira (18), no Rio. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o carro onde estava Mariana bateu em um ônibus. Ela sofreu traumatismo craniano e está internada em estado grave no hospital Miguel Couto, zona sul da cidade. Mariana também fraturou o fêmur.

    Uma amiga próxima de Mariana contou ao UOL que a atriz se submeteu a uma cirurgia nesta tarde e está em coma induzido. Os médicos irão aguardar três dias para saber qual a real gravidade do estado de saúde da atriz.

    "Estou confiante que vai dar tudo certo. Temos um grupo com a galera de 'Malhação' e estamos torcendo para ela", declara.

    UOL

    Lusa encontra brecha no sistema da CBF para se livrar de rebaixamento colocando Flamengo na fogueira

    Torcedores da Portuguesa foram protestar durante julgamento - Marcos de Paula/Estadão
    Um novo fato pode causar uma reviravolta na punição da Portuguesa no Superior Tribunal de Justiça Desportiva pela escalação irregular do meia Héverton, na última rodada do Brasileirão. A defesa do clube utilizará no julgamento do Pleno do STJD, no próximo dia 27, uma falha no próprio sistema da CBF para provar que o jogador poderia estar em campo. No "BID da Suspensão", sistema de acesso apenas para a entidade e para os clubes, consta que o meia já havia cumprido a suspensão e, portanto, estaria apto a atuar.

    Criado em setembro deste ano, exatamente para facilitar a comunicação a respeito de suspensões da CBF com os clubes, o BID (Boletim Informativo Diário) da Suspensão traz todas as informações sobre os jogadores que estão suspensos ou que já cumpriram suspensão determinadas inclusive pelo STJD.

    No dia 6 de dezembro, sexta-feira, data do julgamento que condenou o meia Héverton a cumprir mais um jogo de suspensão, o BID da Suspensão informava que o jogador "cumpriu". No dia 10 de dezembro, dois dias após a partida contra o Grêmio, portanto, o sistema mantém o termo "cumpriu" a respeito da suspensão de Héverton, ou seja, a CBF não teria informado a Portuguesa, por meio do sistema, da punição ao meia.

    Estados terão laboratórios contra lavagem de dinheiro

    O Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional do ministério da Justiça (DRCI) anunciou, nesta quarta-feira (18), em Brasília, a instalação de novos laboratórios contra a lavagem de dinheiro no País. Em 2014, o número de laboratórios chegará a 43, contemplando todas os estados e o Distrito Federal. O DRCI é ligado à Secretaria Nacional de Justiça do MJ.
    As novas unidades serão instaladas na Superintendência de Polícia Federal em São Paulo, Procuradoria Geral da República do Ministério Público Federal, Ministério Público do Rio Grande do Norte, e nas Polícias Civis dos Estados do Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Sergipe, Alagoas, Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Paraná, Goiás, Maranhão, Piauí e Tocantins.