• Últimas Notícias

    segunda-feira, 9 de setembro de 2013

    Mulher morre e homem fica ferido após carro ser alvo de disparos

    Foto: Sérgio Costa / Portal BO
    Um casal foi vítima de um atentado, no início da noite desta segunda-feira (9), no bairro da Cohabinal, em Parnamirim. De acordo com a polícia, as vítimas estavam em um veículo Gol, de cor cinza, quando dois homens em uma motocicleta teriam passado por eles e efetuado vários disparos de arma de fogo.
    Policiais do 3º Batalhão da Polícia Militar informaram para o Portal BO que os bandidos atiraram várias vezes e, com isso, tanto o homem quanto a mulher foram baleados. Sandra Gomes de Freitas acabou morrendo ainda dentro do veículo em que estava.
    Já o homem que estava com ela, que ainda não foi identificado oficialmente, foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levado para o Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. A polícia ainda não sabe informar o que pode ter motivado o atentado.

    Lula e Natan Donadon

    No Facebook de assessor de Doadon
    A turma de Natan Donadon não desiste. Dessa vez, porém, a iniciativa pró-deputado detento não partiu do Plenário da Câmara. Um funcionário do gabinete de Donadon publicou no Facebook, no sábado, Dia da Independência, uma foto do seu chefe com Lula, em frente a um avião da FAB.
    Por Lauro Jardim

    Justiça Federal condena três pessoas por falsificação de documento em Santa Cruz

    Três homens que falsificaram documentos com o objetivo de abrirem uma empresa e conseguirem empréstimos bancários na cidade de Santa Cruz foram condenados. O Juiz Federal Walter Nunes da Silva Júnior, titular da 2ª Vara, condenou Sérgio Fernandes de Oliveira, residente no bairro de Igapó, em Natal; Eudes de Souza Araújo, também morador da capital potiguar, e Abraão Mendes, residente em Santa Cruz, pelo crime de falsificação de documentos. 

    “Pela forma como os documentos falsos desses acusados foram utilizados, depreende-se que eles tinham por objetivo, a partir da criação da empresa River Sul, obter crédito fácil perante as diversas instituições financeiras – Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco Bradesco – e garantir que nunca fosse efetivada a execução dos débitos futuramente contraídos, já que os acusados estariam acobertados, primeiro, pela existência de uma pessoa jurídica e, segundo, pela falsidade dos documentos que utilizavam, de forma que a descoberta de sua real identidade ficaria mais complicada”, destacou na sentença o Juiz Federal Walter Nunes.

    Cantor Naldo pode ser preso por atraso de pensão do filho: 'Só será solto após pagar'


    Nos últimos meses, o cantor Naldo e a dançarina Ellen Cardoso, a Mulher Moranguinho, estão com um foco: o casamento. Os convites para a união, marcada para o próximo dia 23, já foram entregues, mas um problema judicial pode atrapalhar os planos do casal. O artista não paga a pensão do filho, Pablo Jorge, de 15 anos, há dois meses e, se atrasar pela terceira vez consecutiva, poderá ser preso. 

    Em conversa com Purepeople, Thiago Nicolay, advogado da ex-mulher de Naldo, a produtora artística Branka Silva, explica que em julho entrou com uma ação junto à Vara de Família do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro pedindo pagamento de pensão alimentícia ao filho de sua cliente. Na ocasião, o juiz mandou Naldo pagar a Pablo o valor provisório de R$ 30 mil até o final do processo, quando será determinado se esse valor sofrerá reajuste ou não. 

    O cantor, no entanto, não cumpriu a determinação judicial. A quantia não foi paga em julho e nem em agosto. No próximo dia 11, chegará ao fim o prazo de pagamento da parcela de setembro. "O Superior Tribunal de Justiça tem o entendimento que você só pode levar o devedor de ação de alimentos à prisão após três prestações vencidas", informa Nicolay. 


    Operação para investigar desvios de verbas faz prisões em dez estados e no Distrito Federal

    A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta segunda-feira (9), a operação Esopo, contra desvios de verbas no Ministério do Trabalho. Foram expedidos 101 mandados judiciais, incluindo 44 de busca e apreensão, 20 de sequestro de valores e bens, 25 de prisão temporária e 12 de condução coercitiva.
    As investigações apontaram que uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), chamada Instituto Mundial do Desenvolvimento e da Cidadania (IMDC), com sede emBelo Horizonte, realizava convênios de fachada com o ministério no Distrito Federal e em dez Estados. O IMDC possui o Projeto Cisternas que está em 1.031 cidades, incluindo municípios do estado do Ceará.
    Segundo a PF, firmados os contratos, os serviços eram prestados com valores superfaturados ou nem sequer eram realizados. Nos últimos cinco anos, a organização recebeu do ministério mais de R$ 400 milhões.

    Justiça Federal condena advogada a 20 anos de prisão

    A juíza Cristina Garcez, titular da 3ª Vara da Justiça Federal na Paraíba, condenou a advogada Dilza Egídio de Oliveira Pequeno a 20 anos e 1 mês de reclusão, pelos crimes de apropriação indébita e patrocínio infiel cometidos contra usuários dos Juizados Especiais Federais da Paraíba. Além dessa pena, que será cumprida em regime fechado, ela deverá pagar 1.457 dias de multa e quase R$ 61 mil de indenização às suas vítimas. O valor do dia-multa foi fixado em 1/30 do salário mínimo vigente na época dos crimes.
    De acordo com a Ação Penal, de autoria do Ministério Público Federal, de 2007 a 2009 sete pessoas que ingressaram com processos contra o INSS nos JEFs, todos constituintes de Dilza Pequeno, foram lesados financeiramente. Ela recebia e se apropriava de quantias pertencentes aos seus clientes (apropriação indébita). “Nessas mesmas oportunidades, também praticou o delito de patrocínio infiel, uma vez que traiu seu dever profissional, prejudicando o interesse daqueles”, afirma a denúncia do MPF.

    Ex-prefeito de Alexandria é condenado a 24 anos de prisão por apropriação de rendas públicas

    O juiz Fábio Ataíde condenou o ex-prefeito de Alexandria, José Bernardino da Silva, a uma pena de 24 anos e quatro meses de pena privativa de liberdade. À época dos fatos, o acusado era prefeito do município, tendo sido acusado por apropriar-se de bens ou rendas públicas. O ex-gestor foi condenado por treze crimes e terá que pagar ainda uma multa de 500 salários mínimos.
    O processo faz parte do Mutirão contra a Improbidade, iniciativa do Tribunal de Justiça potiguar com vistas ao cumprimento da Meta 18, do Conselho Nacional de Justiça, que busca julgar, até o fim do ano, todos os processos de Improbidade Administrativa e de Crimes contra a Administração Pública ajuizados até o fim de 2011.

    Repórter do "Jornal Hoje" esquece texto e fica perdida em link ao vivo

    Nesta segunda-feira (9/9), a jornalista Liliana Junger, da Globo Minas, afiliada da emissora nacional, acabou passando por uma saia justa durante a exibição do "Jornal Hoje". 

    Crédito:Reprodução
    Após "branco", apresentador cortou o link ao vivo da repórter
    Quando realizava um boletim ao vivo, a repórter teve um branco e ficou olhando, sem reação, para suas anotações em um papel.

    Segundos depois, Evaristo Costa, apresentador do telejornal, resolveu se despedir da jornalista. "Liliana, quando você tiver todas as informações apuradas e escritas a gente volta a se falar, tá bom?".

    Assista ao vídeo:



    Leia também

    Pagamento de internações no SUS terá critérios mais rigorosos

    O Ministério da Saúde publicou na edição de hoje (9) do Diário Oficial da União portarias para aprimorar a metodologia de controle do pagamento de internações de pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS). Com essa finalidade instituiu o Sistema de Regulação, Controle e Avaliação (Sisrca).

    As portarias estabelecem que o preenchimento da Autorização para Internação Hospitalar (AIH) e a consequente autorização do ministério para o pagamento, dependerá da checagem online, pela unidade de saúde, das informações do paciente na base nacional do Cartão Nacional de Saúde - o Cartão SUS.

    PRF prende dez e registra duas mortes durante fim de semana no RN

    José Dantas de Oliveira, 22 anos, foi preso por corrupção ativa na noite do sábado passado (7)
    Nucom/PRF
    A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou duas mortes e prendeu dez pessoas em rodovias federais no Rio Grande do Norte, entre a sexta-feira (6) e o domingo passado (8). Dessas, três delas foram por embriaguez ao volante, duas por receptação de veículos roubados, três por entrega de veículo a condutores não habilitados, uma por furto e uma por corrupção ativa.

    Das mortes, a primeira foi registrada na noite de sexta. Francisco Canindé da Silva, 47 anos, faleceu após colidir com um veículo, no km 111 da BR-101, em Parnamirim. Já na madrugada do sábado, uma colisão frontal entre uma carreta e um Fiat Siena resultou na morte de José Alex Garcia, 31 anos, no km 276 da BR-304.

    Além das prisões, foram registrados pela PRF duas apreensões de motocicletas com queixas de roubo e 31 acidentes, sendo 16 sem vítimas.

    ATENÇÃO: Os gabaritos do concurso público da Assembleia Legislativa do RN já estão disponíveis

    Confira os gabaritos do concurso público da Assembleia Legislativa do RN já estão disponíveis nesse link AQUI

    Avós podem assumir pensão se pais não tiverem condições

     desembargador Amaury Moura Sobrinho, ao julgar um Agravo de Instrumento, manteve uma sentença inicial que determinou o pagamento da 'pensão gravídica', por parte do avô do suposto pai. A sentença foi dada pela 1ª Vara de Família da Comarca de Natal e mantida, após o recurso, no TJRN.
    O desembargador destacou que não há base nas alegações presentes no recurso, da necessidade de transferência do encargo alimentar do avô para o genitor, nem tampouco de suspensão da pensão alimentícia provisória na forma determinada, aparentemente, arbitrada em total consonância com a legislação e os princípios da possibilidade/necessidade que regem a matéria.

    Ambulância de Jacaraú/PB colide com caminhão e motorista morre na hora

    Por volta da  01h00 da madrugada, uma grave acidente aconteceu em um trecho da BR-101, próximo ao posto Jatuarana. Eudes Pessoa, de aproximadamente 35 anos, conduzia uma ambulância tipo Doblô, da cidade de Jacaraú/PB, cidade que faz fronteira com Nova Cruz, quando colidiu na traseira de um caminhão carreta. Informações de Júnior Campos da Talismã FM, são que o condutor da ambulância teria cochilado a 150km/h. O homem morreu na hora.

    Além de Eudes, vinha no veículo uma técnica de enfermagem, identificada como Risonete e mais uma criança acompanhada de sua mãe. A técnica de enfermagem foi socorrida com um corte na cabeça para o Hospital de Emergência e Trauma da capital paraibana e não corre risco de morte. A criança que estava hospitalizada, mas que recebeu alta na noite deste domingo, 08 de Setembro, e sua mãe sofreram apenas lesões, receberam atendimentos médicos e foram liberados.

    Champignon, ex-Charlie Brown Jr. é encontrado morto com um tiro na boca

    O músico Luiz Carlos Leão Duarte Junior, o Champignon, ex-integrante da banda Charlie Brown Jr., foi encontrado morto dentro de seu apartamento, no Morumbi, zona oeste de São Paulo, na madrugada desta segunda-feira (9). 

    Ele morava com a mulher no Condomínio Edifício Morumbi Park, na rua Doutor Luiz Migliano. Vizinhos ligaram para a Polícia Militar após ouvir um barulho de tiro e os gritos da mulher do músico no 10º andar.

    Segundo a Polícia Militar, Champignon e a mulher tinham saído com um casal de amigos para jantar em um restaurante japonês na noite deste domingo (8). Cerca de dez minutos depois de o músico e a mulher retornarem para o apartamento, os moradores do prédio escutaram o disparo de arma de fogo.

    BOMBA: As falácias da MULTICLICK BRASIL e a debandada dos grandes líderes

    MulticlickBrasil, evidências apontam possível bloqueio
    Todos nós já estamos cansados de saber que a maioria das empresas de que se denominam MMN (Marketing Multi-Nível) são nada mais que várias pirâmides disfarçadas. Isso não é novidade para ninguém e esse blog vem sempre demonstrado que é totalmente imparcial e não levanta bandeira de nenhuma delas, ao contrário, tentamos aqui alertar aos inocentes (aqueles que acreditam na conversa da mais pura lavagem cerebral).

    A empresa denominada MulticlickBrasil está sofrendo e muito com os bloqueios de suas coirmãs do MMN, mesmo assim por ironia do destino ou algum poder divino, a justiça ainda não bloqueou nada desta empresa, muita ênfase para palavra “ainda”.

    Porém, a maré não está para peixe. Com a queda das outras, o número de cadastros de “franqueados” diminuiu ao extremo e com isso o fluxo de caixa consequentemente parou. No sistema piramidal sabemos que a empresa não cadastrando, a base começa a desmoronar-se e ninguém recebe.

    A empresa botou a culpa em perseguição bancária, erros de logística, erros de diretores contratados e por isso foi obrigada a congelar todos os saques, mas mesmo assim dizia que tudo estava ótimo e a empresa estava com oxigênio suficiente e que em breve iria revolucionar com uma “fantástica” plataforma de pagamentos terceirizada, a plataforma seria a MultPontos (www.multpontos.com.br).

    Passou-se 30 dias de congelamento e nada de tal plataforma está ativa e sempre desculpas e mais desculpas era repassadas para quem ingressou na rede. E noticia ruim voa. Se já estava péssimo colocar pessoas, sem pagar a situação chegou ao cúmulo. Partiram para o leilão de centavos de carros, para com que o pessoal gastasse seus valores no escritório em lances. Lançaram produtos nutracêuticos com o selo NutriBlue, para que as pessoas também utilizassem seus saldos congelados e comprassem os mesmos para revenda. Apelaram para um vídeo de divulgação dizendo que o tal sistema atual (R$ 160 a R$ 800,00 mensais, dependendo do plano) iria ser reformulado e que o interessado só teria até o dia 20 de Setembro para fazer o cadastro com a fórmula de contrato atual. Tudo isso, pelo visto, não foi suficiente para entrar dinheiro e normalizar.

    Tudo que está ruim, ainda pode piorar um pouco mais. Parece que começaram a bater a porta na cara dos intitulados “líderes”. Apareceram três vídeos polêmicos dessas lideranças, como vocês podem ver abaixo:



    No primeiro vídeo do líder Mauricio Prandi (Facebook: https://www.facebook.com/mauricio.bueno.5203 - Santos/SP), o mesmo fala da desorganização da empresa e que isso precisa ser corrigido e caso não se corrija ele vai polemizar ainda mais a coisa, pois tem satisfações a dar para com a sua rede.



    No segundo vídeo temos Edimilson Teixeira (Facebook: https://www.facebook.com/portalbh - Belo Horizonte/MG) que fala abertamente do seu desligamento para com a empresa e coisas como a empresa está “quebrada”, discórdia em sua mesa diretora e outras coisas mais. O mesmo alega ter gravações da reunião.


    E por último, um líder potiguar conhecido como Myelk Dias (Facebook: https://www.facebook.com/profile.php?id=100003476410950 – Natal/RN) que agradece a empresa, porém está se desligando da mesma e alçando outros voos em outra pirâm...ops...MMN. Nos comentários do vídeo, em seu perfil ele alega que a empresa já não recebe os líderes e a pessoa do Presidente Wagner Alves não atende mais telefones.

    Como os caros leitores podem observar, a coisa não está boa para MultiClick Brasil e não nossurpreenderíamos em nada caso seja expedido algum bloqueio Judicial ainda essa semana, aumentando nossa lista para seis empresas supostamente (sendo coerente) acusadas de pirâmide.


    Matéria exclusiva da Equipe O Paralelo