• Últimas Notícias

    sábado, 20 de julho de 2013

    Pastor pede que Dilma respeite os evangélicos: “Não somos gado”

    Pastor pede que Dilma respeite os evangélicos: “Não somos gado”Pastor pede que Dilma respeite os evangélicos: "Não somos gado"
    A polêmica sobre a participação de 16 cantoras e pastoras numa reunião de oração com a presidente continua.  Geremias do Couto também comentou o assunto em seu blog. Num post intitulado “Não somos gado, Dilma Rousseff”. Além de ser pastor pela Assembleia de Deus também é, escritor, jornalista e conferencista. O tom de seu texto é pastoral, sem ignorar as questões politicas envolvidas no culto de oração realizado no Palácio do Planalto.
    O pastor lembra que Dilma tem aberto seu gabinete para ouvir diversos grupos numa clara tentativa de minimizar os protestos que tomaram as ruas do país pedindo mais transparência por parte do governo.
    O ponto de discórdia, segundo ele, é quando uma pessoa ou grupo de pessoas passa a ser identificado como “representante dos evangélicos”. Afinal “não temos nenhuma voz institucional com procuração para falar em nosso nome. Cada grupo fala, no máximo, representando o próprio grupo. Somos diversificados e as nossas lideranças não são ainda capazes de estar unidas em questões dessa monta”, argumenta.

    Padre é preso suspeito de abusar de menina durante confissão

    A Justiça de São Paulo decretou nesta sexta-feira a prisão preventiva de um padre de Sales, no interior de São Paulo, acusado de abusar sexualmente de uma menina de 11 anos, quando ela participava do ritual de confissão da primeira eucaristia numa sala da paróquia São Benedito, da qual o padre era responsável. A menina, que também o auxiliava como coroinha, tinha sido a última a fazer a confissão, quando foi retida numa sala pelo padre. De acordo com as denúncias, depois da confissão, o padre a teria abraçado, segurado nas nádegas e beijado a boca da menina. Depois de tirar a estola religiosa, o padre teria pedido para que ela acariciasse seu pênis e em seguida, sentasse em seu colo. 

    A garota só conseguiu fugir porque uma amiga, que a esperava do lado de fora, esbarrou e abriu a porta. A menina então se aproveitou do susto do padre para fugir e ainda teve de mentir dizendo que seu pai estava do lado de fora para afastar de vez a investida do religioso. O caso aconteceu em maio, mas só agora veio à tona com a divulgação da decisão da Justiça de decretar a prisão preventiva do religioso. O padre Osvaldo Donizete da Silva está preso desde o dia 15 deste mês na penitenciária de Andradina. No entanto, para a Igreja Católica, a prisão é injusta.

    Recepção para papa Francisco no Palácio Guanabara vai custar R$ 850 mil

    A recepção que está sendo organizada para receber o papa Francisco no Palácio Guanabara, na próxima segunda (22), vai custar R$ 850 mil.
    De acordo com a assessoria de imprensa do Palácio Guanabara, 650 pessoas estão na lista de convidados, o que significa que cada um deles custará em torno de R$ 1.300.
    Para uma recepção em que são servidas entradas, coquetéis, saladas, prato quente e sobremesa, um hotel do porte do Copacabana Palace, que fica na zona sul do Rio, cobra em torno de R$ 250 por pessoa.
    No bufê da recepção ao papa, de acordo com o Palácio Guanabara, haverá apenas café, água e biscoitos.
    A empresa responsável pela recepção, Cenários e Cenas, foi escolhida por licitação, segundo o governo estadual.

    Google estuda oferecer TV a cabo via internet

    O Google estuda oferecer TV a cabo via internet, da mesma forma que se recebe mensagens do Gmail: por uma conexão de internet. Prenunciando um novo desafio aos provedores estabelecidos de serviços de TV paga, o Google é só um dos diversos gigantes da tecnologia que estão tentando licenciar canais de TV para um serviço de TV paga via internet.
    Reuniões recentes entre o Google e grandes empresas de mídia que controlam canais de TV indicam uma nova corrida para vender serviços, semelhantes aos da TV paga, via Internet, o que criaria uma alternativa aos atuais pacotes de TV paga que companhias como a Comcast e a Time Warner Cable fornecem a 100 milhões de domicílios nos Estados Unidos.

    A Intel está trabalhando com afinco em um sistema semelhante, e empresas como Sony e Microsoft demonstraram interesse no passado por esse tipo de serviço, conhecido como “over the top” porque os canais seriam transmitidos sobre as conexões existentes de banda larga. No entanto, para o sucesso do serviço seria necessário o apoio dos proprietários de canais de TV e, até o momento, ele vem sendo pequeno.


    941263_1400348566843545_1020751329_n

    Inauguração segunda 22/07/2013 .
    Rua: Assis Lopes – Próximo ao Posto de saúde- Tangará/RN

    FONE: (84)9694-7318

    MAIS UMA: MALA DE HENRIQUE ALVES IA PARA O DEPUTADO JOÃO MAIA

    :
    O secretário parlamentar Wellington Ferreira da Costa, que há 20 anos trabalha para o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse em depoimento à Polícia Civil do Distrito Federal que R$ 90 mil dos R$ 100 mil que lhe foram roubados no último dia 13 de junho no Setor de Clubes Sul, em Brasília, eram destinados ao deputado federal João Maia (PR-RN), conterrâneo de Alves. Costa recusou-se a dizer qual era o motivo do repasse ao deputado potiguar e assegurou que os R$ 10 mil restantes pertenciam a ele. O peemedebista confirmou que o dinheiro lhe pertencia.
    Segundo apurou o 247 com exclusividade, o assessor foi inquirido e reinquirido por policiais civis de Brasília na tentativa de elucidar o suposto roubo. Segundo o relato de Costa, um Fiat Strada branco teria freado bruscamente à frente do Chevrolet Ômega que conduzia, provocando a colisão traseira. Da picape teriam saído dois homens armados que se apresentaram como policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte. Eles levaram uma maleta com o dinheiro, um iPad e um IPhone.

    PF indicia 23 pessoas por supostas irregularidades em João Pessoa

    A Polícia Federal indiciou 23 pessoas por supostas irregularidades no projeto Jampa Digital - uma rede que levaria internet sem fio e gratuita à população de João Pessoa.
    A investigação concluiu que recursos do projeto foram desviados para financiar a campanha do atual governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, do PSB, e do vice,Rômulo Gouveia, do PSD.
    O publicitário Duda Mendonça, responsável pela campanha, foi indiciado por lavagem de dinheiro.
    Segundo a Polícia Federal, funcionários da prefeitura de João Pessoa e empresários também estão envolvidos.
    O Jampa Digital, orçado em quase R$ 40 milhões, foi financiado pelo ministério da Ciência e Tecnologia.
    Até o momento, Duda Mendonça, o governador e o vice não se manifestaram.
    JN