• Últimas Notícias

    sábado, 29 de junho de 2013

    Governador do Acre determina proteção a juíza ameaçada de morte no caso TelexFree


    Tião VianaO governador do Acre, Sebastião Viana (PT) anunciou na manhã deste sábado (29), em sua página no facebook, que determinou ao secretário de Segurança, Reni Graebner, que adote as medidas de proteção a juíza Thaís Queiroz Borges de Oliveira Abou Khalil, titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco, que bloqueou as contas e novos cadastros na empresa TelexFree.
    Em entrevista coletiva na tarde de ontem (28), a cúpula da Polícia Civil anunciou que Thaís Queiroz estaria sofrendo ameaças de morte supostamente por divulgadores da empresa de Marketing de Multinível. Sebastião Viana recebeu em seu gabinete, na mesma tarde, os principais divulgadores da TelexFree e hipotecou integral apoio para suas reivindicações.
    Sobre o caso das ameaças a Juíza, Sebastião Viana informou: “determinei ao Secretario de Segurança, proteção e ação firmes, à integridade da magistrada Taís, por indícios de ameaça e/ou intimidação. O Estado Democrático e de Direito, sempre terá como imprescindíveis, instituições fortes e livres. Com a verdade e a serenidade, construiremos e preservaremos os melhores valores…”.

    Telexfree faz nova tentativa de derrubar liminar que bloqueia pagamentos


    Os advogados da Telexfree, suspeita de ser uma pirâmide financeira, apresentaram ontem, sexta-feira (29) recurso contra a decisão que, no último dia 24, manteve suspensos os pagamentos e cadastros de novos colaboradores. O pedido pode ser analisado na segunda-feira (1º) pela 2º Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC).
    "Apresentamos um agravo de instrumento que deverá ser analisado já na primeira sessão da Câmara [ que ocorre na segunda-feira ]", disse ao iG Horst Fuchs, um dos advogados da empresa.
    O recurso é a segunda tentativa da defesa de derrubar a liminar obtida no dia 18 de junho pelo Ministério Público do Acre (MP-AC), que obrigou a Telexfree a suspender os pagamentos aos seus associados – chamados de divulgadores –, bem como o registro de novos interessados em participar da rede da empresa. Os bens de Carlos Costa e Carlos Wanzeler, sócios administradores, foram bloqueados.
    Diferentemente do primeiro recurso apresentado pelos advogados, que foi analisado individualmente pelo desembargador Samoel Evangelista em 24 de junho, o atual será analisado pelo colegiado da 2ª Câmara Cível do TJ-AC. Evangelista é o presidente da câmara. 
    IG Economia

    Gêmeas siamesas separadas em cirurgia voltam ao RN


    Do G1RN
    Depois de uma cirurgia de dez horas em São Paulo e um recuperação de meses, as meninas Ana Clara e Any Vitória, que nasceram unidas pelo cóccix (região glútea), voltaram a Natal nesta quinta-feira (27). Agora separadas, as crianças estão prontas para voltar ao município de Alto do Rodrigues, a 339 quilômetros da capital potiguar, onde mora a família.

    No procedimento cirúrgico foi preciso separar o sistema reprodutivo, os órgãos genitais, além do final da coluna e da medula. As meninas estavam em São Paulo desde abril e a cirurgia aconteceu há um mês e meio. Any Vitória e Ana Clara farão fisioterapia motora para se acostumarem à nova condição.

    O nascimento de duas meninas unidas pelo corpo não foi sinônimo de desespero para a mãe das meninas, Eucivânia Cunha, de 27 anos. Natural de Alto do Rodrigues, município da região Oeste, ela fez todo o acompanhamento pré-natal na Maternidade Escola Januário Cicco, na capital potiguar, em decorrência dos riscos apresentados pela gestação.

    Durante o pré-natal, Eucivânia comentou que os médicos lhe diziam que existia a possibilidade das meninas se separarem ao longo do crescimento embrionário. Entretanto, isto não ocorreu. Apesar dos riscos do procedimento cirúrgico, os pais de Ana Clara e Any Vitória decidiram que as filhas serão operadas. "Fiquei assustada no início, mas entreguei a Deus", ressaltou Eucivânia.

    Quadrilha explodiu agência bancária no agreste do Estado da Paraíba


    Uma quadrilha com aproximadamente 15 homens cercou a cidade de Gurinhém, no Agreste da Paraíba, e explodiu a agência do Banco do Brasil do município. A ação aconteceu por volta das 03h da madrugada deste sábado (29).

    De acordo com a polícia, o grupo chegou na cidade - que possui 13.872 habitantes - e se dividiu em três. A primeira parte foi para frente da delegacia do município; outra para o destacamento da Polícia Militar; e a outra para o banco.

    No momento do crime, existiam apenas dois policiais militares no destacamento. Eles chegaram a avistar quatro bandidos que estavam fortemente armados na frente do estabelecimento, mas ficaram receosos em sair e trocar tiros com o grupo.

    Aproximadamente seis homens foram até a agência bancária, no centro de Gurinhém, e explodiram os caixas eletrônicos. O barulho foi ouvido por moradores da cidade que ficaram assustados e acionaram a polícia. Com a explosão, o prédio ficou completamente destruído. Em seguida, os bandidos fugiram levando todo o dinheiro dos caixas, com destino ignorado. A quantia roubada não foi informada pela agência. Até às 10h, ninguém havia sido preso.

    Correio PB


    José Agripino comenta queda de 27% da popularidade de Dilma Rousseff


    “Este é um claro sinal de advertência aos equívocos do PT na forma de governar. É hora de reconhecer os erros e mudar.
    Acabou o tempo de o governo ser exercido em nome de uma reeleição. A crise impõe que tanto governo quanto oposição não pensem em si próprios, mas sim no futuro do país”- disse José Agripino.


    Popularidade de Dilma cai 27 pontos após protestos, diz Datafolha

    Pesquisa Datafolha finalizada ontem mostra que a popularidade da presidente Dilma Rousseff desmoronou. A avaliação positiva do governo da petista caiu 27 pontos em três semanas.
    Hoje, 30% dos brasileiros consideram a gestão Dilma boa ou ótima. Na primeira semana de junho, antes da onda de protestos que irradiou pelo país, a aprovação era de 57%. Em março, seu melhor momento, o índice era mais que o dobro do atual, 65%.
    A queda de Dilma é a maior redução de aprovação de um presidente entre uma pesquisa e outra desde o plano econômico do então presidente Fernando Collor de Mello, em 1990, quando a poupança dos brasileiros foi confiscada.
    Naquela ocasião, entre março, imediatamente antes da posse, e junho, a queda foi de 35 pontos (71% para 36%).
    Em relação a pesquisa anterior, o total de brasileiros que julga a gestão Dilma como ruim ou péssima foi de 9% para 25%. Numa escala de 0 a 10, a nota média da presidente caiu de 7,1 para 5,8.
    Neste mês, Dilma perdeu sempre mais de 20 pontos em todas regiões do país e em todos os recortes de idade, renda e escolaridade.

    Caso Telexfree: Juíza do caso é ameaçada de morte e Polícia Civil identifica alguns dos acusados


    Durante coletiva promotores e delegados confirmaram as ameaças a magistrada e disseram que a Justiça não abaixará a cabeça diante de ações criminosasNo final da tarde desta sexta-feira (28) membros do Ministério Público do Estado do Acre e delegados da Polícia Civil realizaram uma coletiva a imprensa onde afirmaram que a juíza Thaís Queiroz Borges de Oliveira Abou Khalil, titular da 2ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco vem sofrendo ameaças de morte e que a Polícia Civil já está investigando na tentativa de identificar os autores das ameaças.
    Foi a magistrada que determinou que as atividades da empresa Ympactus Comercio LTDA, a Telexfree, fossem suspensas no Estado, ficando vedada a realização de novos cadastros e o pagamento dos divulgadores. A decisão judicial caiu como uma bomba no meio de investidores e divulgadores. Uma série de protestos foi realizado pelos membros da empresa, que afirmam praticar marketing multinível e não pirâmide financeira como foi evidenciada na decisão da juíza.
    Participaram a coletiva os Promotores de Justiça Danilo Lovisaro, que atua como membro do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaecco), do Ministério Público e Rodrigo Curti, além dos delegados de Polícia Civil Nilton Cesar Boscaro, titular da Delegacia de Combate ao Crime Organizado (Decco) e Fabrizio Leonard Sombrera, da Delegacia Itinerante.


    Padre É Preso Acusado De Retirar Cerca R$ 800 Mil Do Banco Do Vaticano


    Um Monsenhor Suspeito De Tentar Ajudar Amigos Ricos A Levar Milhões De Euros Para A Itália Ilegalmente Foi Preso Nesta Sexta-Feira, Como Parte De Uma Investigação No Banco Do Vaticano.

    O monsenhor Nunzio Scarano, conhecido como Monsenhor 500 pelas notas altas na carteira, trabalhava como contador da administração financeira do Vaticano e já estava envolvido em outra investigação realizada por juízes do Sul da Itália. A detenção acontece dois dias depois de o Papa Francisco ter nomeado uma comissão especial de inquérito para investigar as atividades da instituição, que é formalmente conhecida como o Instituto para Obras de Religião (IOR), e tem sido atingida por vários escândalos nas últimas décadas.


    Pastor Silas Malafaia se opõe à Reforma Política e afirma que a proposta é tentativa do governo de “desviar o foco dos problemas”


    Pastor Silas Malafaia se opõe à Reforma Política e afirma que a proposta é tentativa do governo de “desviar o foco dos problemas”
    Os protestos sociais realizados em todo o Brasil nas últimas semanas resultaram numa movimentação política que inclui parlamentares, governadores, ministros e a própria presidente Dilma Rousseff.
    Entre as principais ações governamentais em resposta às manifestações populares, o Senado aprovou uma lei que classifica a corrupção como crime hediondo, e a presidente Dilma convocou políticos e partidos para planejar uma Reforma Política através de plebiscito.
    Essa opção não agradou à maioria dos partidos de oposição, pois no plebiscito, o povo decidirá, por exemplo qual modelo de eleições escolher. O temor é que pela falta de profundo conhecimento sobre o tema por parte da população, é possível que não sejam mudadas muitas regras em vigor atualmente.
    A proposta da oposição é que o governo e o Congresso discutam uma reforma política e a submeta à aprovação do povo num referendo, pois dessa forma, supõe-se que as mudanças sejam mais profundas e positivas.
    O pastor Silas Malafaia criticou a escolha do governo pelo modelo de plebiscito, dizendo que a opção foi feita para “desviar o foco dos problemas”. Segundo o líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), essa estratégia atende apenas aos interesses dos políticos. Gospel +


    Feliciano sobre 'cura gay': 'Projeto já nasceu morto'

    Marco Feliciano. Foto: Reprodução de Internet
    Embora tenha apoiado a polêmico "cura gay", o pastor e deputado federal Marco Feliciano disse que o "projeto já nasceu morto", durante um culto realizado em Valinhos, São Paulo, nesta quinta-feira.
    Feliciano mostrou ter consciência de que o projeto que autoriza psicólogos a realizar tratamento para reverter a homossexualidade de pacientes, jamais será aprovado pelo Congresso, que seria influenciado pelos protestos.
    Durante o culto religioso, manifestantes gritavam "fora Feliciano", "ele não nos representa" e "me cura". Antes da chegada do deputado, a polícia formou um cordão de isolamento para impedir que os protestantes entrassem na igreja.
    SRZD

    Natal: Vereador Marcos do Psol faz barraco e acaba expulso de delegacia


    O vereador Marcos do Psol foi nesta noite até a delegacia em que seu filho se encontrava após ser apreendido durante o #RevoltadoBusão e fez um verdadeiro “barraco”. Transtornado com a situação do filho, Marcos gritou, ofendeu policiais e terminou sendo expulso do local.
    O adolescente foi apreendido depois ser flagrado pelos policiais portando uma mochila com rojões, bombas “bujão” e estilingue.
    Com informações de Jacson Damasceno