• Últimas Notícias

    terça-feira, 28 de maio de 2013

    PRAGA VIRTUAL: 300 mil pessoas já foram atingidas por vírus que se propaga pelo Skype


    Surgida na internet na última segunda-feira (20), uma nova ameaça online propagada pelo Skype já fez mais de 300 mil vítimas, 80 mil delas na América Latina. Segundo a empresa de segurança ESET, a praga se comporta de forma semelhante ao Worm Win32/Kryptik.BBKB, apresentando uma velocidade de disseminação incomum para esse tipo de ameaça.

    A contaminação se dá através de textos e fotografias enviados através do comunicador instantâneo com o auxílio de encurtadores de URL. Caso uma pessoa clique em um dos endereços falsos, sua máquina é contaminada automaticamente pelo malware, que em seguida se espalha por sua rede de contatos.

    Embora já tenha informações detalhadas sobre a praga virtual, a ESET não divulgou quais prejuízos ela pode causar. No momento, a única recomendação de segurança disponível é a de que os usuários do Skype evitem clicar em qualquer link que contenha o encurtador da Google (goo.gl). (TechTudo e IT/Users).


    Mãe passou tarde em motel com genro para planejar assassinato da própria filha


    O crime que chocou o município de Apucarana no Paraná parece estar cada vez mais elucidado. Segundo a polícia local, antes de matar Jéssica Carline Ananias da Costa, de 22 anos, a mãe e o namorado da vítima se reuniram em um motel no dia do crime.

    A polícia afirma que os dois se encontraram para planejar os detalhes do homicídio que aconteceria pouco tempo depois. Os dois eram amantes há quatro anos e planejavam fugir para Rondônia. O crime aconteceu no dia 9 de maio, em Apucarana, no Paraná, mas o detalhe só foi divulgado nesta terça-feira (28).

    Segundo a polícia, o motel fica na cidade de Londrina e os dois ainda foram ao shopping antes de Célia Forti, 48, ir pegar a neta na escola para deixar a filha a sós com o marido, o bacharel de Direito Bruno José da Costa, 26. Lá, ele esfaqueou a própria mulher 25 vezes até que ela morresse.

    O crime aconteceu no dia 9 na casa do casal, na Rua Nossa Senhora da Conceição, no bairro Igrejinha, zona sul de Apucarana. Bruno confessou que a ideia era simular um latrocínio.

    Célia nega que tenha ajudado a planejar o assassinato da filha, mas confessa que mantinha um relacionamento com o genro.

    Porém, familiares e amigos de Jéssica afirmam que durante o velório a mãe ficava ao lado do caixão, passa a mão no rosto da filha, mas não levantava o rosto para encarar as pessoas.
    Bruno José da Costa está preso, mas a amante permanece em liberdade por ter passado o prazo do flagrante.

    Jogo do Bicho: Polícia Federal deflagra operação "Jogada Ilegal" em várias cidades da Paraíba



    A Superintendência da Polícia Federal na Paraíba, com o apoio de policiais lotados na Superintendência do Rio Grande do Norte, deflagrou a operação policial “JOGADA ILEGAL” com a finalidade de dar cumprimento a 49 mandados de  busca e apreensão em estabelecimentos supostamente envolvidos com a exploração do "Jogo do Bicho".

    Os 49 estabelecimentos supostamente envolvidos com a prática da contravenção de jogo de azar estão sendo interditados, oportunidade em que os policiais federais que participam das diligências estão afixando lacres nos estabelecimentos, para garantir o encerramento das atividades ilegais. 

    Estão sendo cumpridas ordens judiciais que foram expedidas pelo Juízo da 8ª Vara Federal de Sousa/PB, no bojo de 03 (três) ações civis públicas movidas contra a Loteria do Estado da Paraíba (LOTEP) e outros.

    Os 49 estabelecimentos estão espalhados por 21 (vinte e um) municípios paraibanos, quais sejam: Santa Cruz, Tavares, Sousa, São João Rio do Peixe, Marizópolis, Cajazeiras, Santa Helena, Catolé do Rocha, São Bento, Riacho dos Cavalos, Queimadas, São José dos Cordeiros, Belém de Brejo do Cruz, Brejo do Cruz, Bom Sucesso, Triunfo, Uiraúna, Lagoa, Mato Grosso, Jericó e Brejo dos Santos.

    Durante o cumprimento dos mandados de busca e apreensão, além dos materiais utilizados na comercialização do "Jogo do Bicho", todo o produto obtido com a prática ilícita em questão (numerário, cheques, duplicatas, notas promissórias e outros títulos executivos) deverá ser apreendido.

    O número de estabelecimentos a serem interditados pode aumentar, haja vista que, além dos 49 já identificados, o Juízo da 8ª Vara Federal de Sousa/PB expediu uma ordem no sentido de que demais estabelecimentos similares eventualmente identificados na exploração do “jogo do bicho” nos 21 (vinte e um) municípios acima especificados também deverão ser objeto de busca e apreensão, sendo interditados na sequência.

    Outras informações poderão ser obtidas na Delegacia de Polícia Federal em Patos, 

    Telefone: (83) 3421-3666, 3241-4247.

    folhadosertao
    com informações da Comunicação Social da SR/DPF/PB


    Enem encerra inscrições com quase 8 milhões de inscritos


    O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) encerrou o período de inscrições com 7.834.017 participantes para a edição de 2013, conforme os números atualizados do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) nesta terça-feira (28). Os candidatos poderiam se inscrever até 23h59 de segunda-feira (27).

    O período de pagamento da taxa de inscrição de R$ 35, porém, termina na quarta-feira (29). Apenas com total de GRU (Guia de Recolhimento da União) paga é que o governo terá um número definitivo de participantes do Enem 2013.

    À exceção de um problema no site do MEC (Ministério da Educação) na madrugada de segunda-feira (27), as inscrições do exame não tiveram complicações. 

    Ainda não há um balanço regional de inscritos, mas, até ontem, São Paulo tinha 1.030.658, Minas Gerais tinha 731.901, e Bahia cerca de 482.800 candidatos. Eram os três Estados com o maior número de inscrições.

    Por hora, já é possível dizer que o Enem bateu seu recorde histórico de inscrições, uma vez que o número até então inédito registrado no ano passado, de 6,4 milhões, foi superado às 13h de segunda-feira.


    Bandidos botam fogo em mais um dentista em assalto em SP


    Dois criminosos atearam fogo em um dentista durante um assalto em um consultório de São José dos Campos, no interior de São Paulo, na noite desta segunda-feira (27). Alexandre Gaddy, de 41 anos, teve 60% do corpo queimado e está em estado grave no Hospital Municipal da Vila Industrial.
    Uma pessoa que passava pela rua logo depois do crime ouviu os gritos do dentista e chamou a polícia. A vítima foi levada ao hospital sedada.   
    As circunstâncias do crime e o que foi levado pelos assaltantes ainda serão investigados pela polícia, que deve utilizar imagens do circuito de segurança de casas e estabelecimentos vizinhos para auxiliar na identificação dos suspeitos.